Fenótipo é o conjunto de características observáveis nos seres vivos

Inicio » Veterinária » Fenótipo é o conjunto de características observáveis nos seres vivos
24/03/2019 Por
Fenótipo é o conjunto de características observáveis nos seres vivos

O fenótipo pode ser usado para deduzir as diferentes funções de um gene presente em um ser vivo

O fenótipo pode ser descrito como o conjunto de características dos seres vivos que são observáveis, sejam elas físicas, morfológicas ou comportamentais. Esses atributos são perceptíveis desde sempre, e podem incluir  características que vão desde a cor do cabelo e dos olhos de uma pessoa até o comportamento de um animal na hora da caça.

Ao longo da vida, é comum que o fenótipo dos seres vivos se modifique das mais variadas maneiras. Isso porque a interação dos genótipos (a composição genética de um ser) com diferentes organismos e o ambiente provoca uma série de alterações naturais. O envelhecimento, por exemplo, mostra o quanto os fenótipos podem ser dinâmicos, e como a morfologia dos seres – entre outros itens – podem mudar com o passar do tempo.

Fenótipo engloba características como a cor dos olhos

O que é fenótipo?

A definição de fenótipo pode ser explicada como o conjunto de características observáveis e modificáveis em um ser vivo. Isso engloba todos os aspectos morfológicos deste ser (aparência externa); incluindo tanto as características da aparência física como os aspectos que envolvem o comportamento, o desenvolvimento, as necessidades e as propriedades fisiológicas.

Dito isso, não é difícil concluir que aspectos neurológicos do ser também possam ser levados em consideração quando falamos no significado de fenótipo. E isso vale tanto para os seres humanos quanto para os animais, já que possíveis alterações ou a própria formação genética dos seres pode influenciar muito no tipo de comportamento que terão ao longo da vida.

Alterações do fenótipo

Conforme citado anteriormente, o processo natural de desenvolvimento e de envelhecimento dos seres vivos provoca uma série de alterações no fenótipo. Isso é bastante lógico, uma vez que pensamos na aparência dos seres humanos ao longo de todas as fases e idades pelas quais passam no período de uma vida.

Com o tempo, as características físicas dos seres se transformam; fazendo com que as necessidades dos seres se tornem diferentes, assim como sua fisiologia e seu comportamento. Tudo isso faz parte do conjunto de informações observáveis em um ser vivo e, portanto, do fenótipo.

Além das alterações naturais que envolvem o desenvolvimento e o envelhecimento dos seres, no entanto, também há outros fatores que podem influenciar muito nas alterações de fenótipos. Um bom exemplo disso são alterações ambientais que, em muitos casos, são responsáveis por grande mudanças no estilo de vida dos seres.

Características relacionadas ao fenótipo

Embora os seres humanos costumem fazer alterações cotidianas em parte de seus fenótipos – muitas vezes em busca de resultados estéticos; há um conjunto de itens que é mais comumente observado quando se deseja analisar esse aspecto específico. Entre as principais características, são observados:

  • Cor do olhos
  • Cor da pele
  • Cor dos cabelos
  • Altura
  • Estrutura corporal
  • Tendências fisiológicas
  • Tipo sanguíneo
  • Comportamento

Embora itens como o tipo sanguíneo do ser não façam parte do grupo de características que é possível observar pelo simples olhar; ele também faz parte do fenótipo da pessoa, visto que é uma qualidade que pode ser identificada por meio de exames de laboratório.

O mesmo vale para as tendências fisiológicas do ser, como a velocidade de funcionamento do metabolismo, por exemplo; que pode variar bastante de um indivíduo para o outro.

Animal que passou por evolução do fenótipo

Importância do fenótipo para a pecuária

No ramo da pecuária, o fenótipo se mostra como algo extremamente vantajoso por esse ponto de vista; levando em conta que a determinação de raças mais dóceis, territorialistas ou até agressivas pode fazer toda a diferença na hora de planejar os animais que devem fazer parte de um rebanho.

A partir dessa observação é possível adquirir o gado ideal, de acordo com os objetivos do criador, para alcançar os objetivos de sua criação; sejam eles de produção ou proteção, entre outros.

Embora a evolução natural dos seres sempre tenha uma papel garantido nesse tipo de observação; as mudanças no fenótipo dos animais estão mais relacionadas às condições em que ele vive. Dessa forma, o clima e o tipo de manejo podem ser considerados fatores bastante importantes nesse conjunto.

Manter as características de um bovino pode ser um fator crucial para o seu produtor e a economia que gira o setor. Isso porque certas raças são mais desejadas, justamente, em função de características bastante específicas que fazem parte de seu fenótipo; com isso, a perda dessas qualidades implicaria, também, na perda de possíveis consumidores.

Vale lembrar que aspectos como o nível de higiene também podem ser determinantes para mudanças nas características de um ser e; por isso, é sempre importante prestar atenção na sanidade do abrigo dos animais – garantindo a manutenção de suas qualidades.

Fenótipo e genótipo

Genótipo é todo conjunto que determina a construção genética de um ser vivo, que determina as suas principais características. Geralmente, essas caraterísticas são hereditárias, e sobrevivem dentro das famílias sendo transmitidas de pais para filhos. A propensão a ter determinado porte físico, doença e até a tendência à calvice são exemplos clássicos disso.

Na pecuária, a procriação do gado por meio do cruzamento entre macho e fêmea de uma única raça é comum; justamente pelo fato de o objetivo ser a manutenção das principais e mais comerciais qualidades daquele animal.

No entanto, também é possível notar o cruzamento entre animais de raças diferentes e com determinadas características igualmente desejáveis para o comércio. Neste caso, objetivo se torna manter e unir as qualidades mais desejáveis do animal em uma nova raça; fazendo o uso de suas cargas genéticas para a formação de um novo e melhorado fenótipo.

Influência do ambiente no fenótipo

Conforme citado, o fenótipo é algo moldável e que pode variar de acordo com diferentes situações e ambientes. Por isso, não é incomum que determinadas características de seres humanos e animais sejam alteradas de acordo com o clima de um local.

Um exemplo bastante simples disso é o escurecimento de peles mais claras ao ficarem expostas ao sol; ou mesmo o clareamento de peles bronzeadas ao permanecerem em locais de clima frio e nublado por períodos muito longos de tempo.

Animal com mudança no fenótipo

Tendo em vista o grande poder de alteração de fenótipo que o clima pode exercer nos seres, fica mais clara a possibilidade de problemas que isso também pode trazer.

Um cão da raça husky siberiano, por exemplo, é conhecido por habitar regiões geladas; e está muito adaptado com esse tipo de clima. No entanto, atualmente é possível encontrar a raça nos países mais variados do mundo; incluindo Brasil e Tailândia, por exemplo – conhecidos pelas temperaturas altas.

Além de provocar alterações no fenótipo do animal, esse tipo de situação também representa um grande perigo para a raça; já que o cão certamente encontrará dificuldades para se adaptar em função de seu genótipo e sua fisiologia natural.

Agro20 | Portal Vida No Campo