Gases nobres são utilizados na fabricação de diversos produtos

Inicio » Meio Ambiente » Gases nobres são utilizados na fabricação de diversos produtos
25/03/2019 Por
Gases nobres são utilizados na fabricação de diversos produtos

Os gases nobres não têm cheiro nem cor, e praticamente não reagem com o meio ambiente ou com outros elementos químicos

Os gases nobres fazem parte da produção de diversos produtos e são muito utilizados no cotidiano: desde lâmpadas comuns, passando por tubos de oxigênio usados por mergulhadores, até balões de festas infantis.

Os gases nobres, portanto, são essenciais para o funcionamento de alguns objetos. Eles também estão no ar que respiramos, entretanto, por não apresentarem reações, não promovem alterações no corpo dos seres vivos.

Gases nobres

O que são gases nobres?

Gases nobres são um grupo de elementos químicos que possuem as mesmas características, são inodoros, incolores e de baixa reatividade química. Portanto, são quase imperceptíveis. Eles são importantes pois são quase sempre irreativos, ou seja, reagem somente em condições extremas.

Justamente por não apresentarem reações, eles são úteis para serem utilizados onde se deseja inércia entre os elementos. Os gases nobres são os chamados gases da família 18 na tabela periódica.

Para descrever ainda mais, estes são gases que não se combinam com outras substâncias. Alguns estão presentes no ar, entretanto, não promovem alterações na respiração. Como não são utilizados pelos seres vivos, entram e saem do corpo sem alterações.

Quais são os gases nobres?

Conforme as características descritas, existem seis tipos de gases nobres com diferentes, que ocorrem naturalmente. Confira cada um deles:

  • Hélio (He)
  • Neônio (Ne)
  • Argônio (Ar)
  • Criptônio (Kr)
  • Xenônio (Xe)
  • Radônio (Rn)

Onde os gases nobres são utilizados?

A utilização de gases nobres pelos humanos é feita, especialmente, na fabricação de diversos produtos. Na maioria das vezes, eles são inofensivos diante do contato com seres vivos.

Entre eles, o argônio é um dos gases mais comuns. Ele é utilizado em lâmpadas, pois sua produção é barata. Quanto ao neônio, você já deve ter visto os efeitos dele muitas vezes pelas ruas, mesmo sem perceber. Ele é utilizado em letreiros luminosos, chamado também de gás néon.

Os elementos químicos também têm outras funcionalidades: são utilizados no flash de máquinas fotográficas e ainda em alguns tipos de bexigas, balões a gás e dirigíveis – como o hélio.

Já o radônio, por exemplo, pode ser perigoso de utilizado em excesso. Ele é radiativo e, então, em determinadas concentrações pode fazer mal aos seres vivos. Contudo, ele é um dos gases que fazem parte do tratamento de câncer.

Gases nobres

 Como estas substâncias podem ser obtidas?

A obtenção varia conforme o gás desejado. Neônio, argônio, criptônio e xenônio, por exemplo, podem ser obtidos através da separação do ar. Este processo é realizado por meio da liquefação de gases, entre outras etapas.

Já o hélio tem origem em alguns campos de gás natural. Ele é, então, separado  e envasado  utilizando-se técnicas específicas.

Curiosidades sobre gases nobres

O argônio é o elemento que mais está presente na atmosfera, em uma comparação com os outros elementos da mesma família. Já o hélio, entre eles, é o elemento mais abundante no universo (fica atrás apenas do hidrogênio).

Por fim, a nomenclatura gases nobres ocorre pois ela se refere ao gás que é raro, difícil de ser encontrado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo