Goiabada cascão, doce de corte, é feito com goiaba com casca

Inicio » Agronegócio » Goiabada cascão, doce de corte, é feito com goiaba com casca
03/10/2020 Por
Goiabada cascão, doce de corte, é feito com goiaba com casca

De Minas Gerais para o mundo, é a goiabada cascão adoçando a vida. Doce mineiro típico, a goiabada cascão é uma das melhores receitas caseiras à base de frutas que você pode preparar. Até porque os produtores artesanais brasileiros costumam manter a iguaria livre de químicos como os conservantes e ainda ganham uma renda mensal.

Por outro lado, o emprego da goiaba nos mais diversos alimentos da nossa culinária ajuda a aquecer o setor e nosso agronegócio. Em outras palavras, seja para combinar com uma generosa fatia de queijo ou investir na cultura de frutas frescas, é interessante você saber mais sobre a goiabada cascão.

Goiabada cascão

O que é goiabada cascão?

Goiabada cascão é uma variedade de doce tipicamente mineiro. A partir das produções artesanais, ele é produzido à base de goiaba e açúcar, resultando em um tipo de barra de doce de corte. Para isso, o processo exige fogo à lenha e largos tachos de cobre, o que é bem típico das regiões mineiras.

Aliás, o doce é produzido a partir do fruto da goiabeira, uma árvore da espécie Psidium guajava que é nativa de climas tropicais americanos. Ainda assim, é preciso saber escolher a goiaba, visto que são inúmeras as variedades.

Em linhas gerais, elas são divididas entre as vermelhas, que possuem interior rosado e casca amarelada, e as brancas, que apresentam o interior amarelo e a casca esverdeada. De qualquer forma, são as variedades de frutas nativas que costumam crescer de forma espontânea e nas mais distintas áreas, principalmente no Brasil.

A goiabada ajuda a superar a crise

Chegando à maior processadora de goiaba do mundo, a presença da fábrica já é notada pelo cheiro do fruto. Isso porque, além de ser brasileira e localizada em Matão, interior de São Paulo, é possível ver milhares de tambores cheios com a polpa fresca.

A partir dessa matéria-prima, a empresa fabrica uma infinidade de doces, como a saborosa goiabada. Em números, ela costuma estocar cerca de sessenta milhões de quilos apenas da polpa de goiaba. Isso tudo só pode ficar armazenado por um tempo máximo de três anos.

A partir de então, o produto é transportado até os portos para ganharem o mercado internacional. Como resultado, a marca já conquistou mais de vinte países apenas nos últimos dois anos.

Contudo, por trás desse processo, está a administração de negócio familiar que tem trinta anos de tradição e quatro mil funcionários distribuídos por quatro parques industriais no território nacional. Apesar disso, a empresa já conseguiu faturar quase dois bilhões de reais em um único ano.

Por ser a campeã mundial no processamento da fruta do tipo vermelha, ela se consolida como a responsável por um quarto de toda a produção brasileira nacional, com mais de trezentas mil toneladas. Aliás, o Brasil é o atual líder no ranking mundial desse produto.

Goiabada cascão

Benefícios do doce de goiaba para a saúde

A goiaba é realmente uma das frutas mais versáteis, já que pode ser utilizada para criar diversas sobremesas e receitas. Porém, além de um doce de goiaba natural, existem ainda outras formas saudáveis para você consumi-las e aproveitar todos os seus benefícios.

Além de ser uma fruta importante para o agronegócio brasileiro, confira algumas de suas melhores propriedades:

  • Quantidades excelentes de fibras;
  • Altos níveis de vitaminas e minerais;
  • Não contém colesterol;
  • Bons níveis de calorias;
  • Carboidratos;
  • Proteínas;
  • É rica em vitamina C;
  • Baixos níveis de gordura;
  • Não contém sódio;
  • Altos níveis de potássio.

Aprenda a receita da goiabada cascão

Como você já viu, esse é um doce de corte feito apenas com açúcar e a fruta com casca. No entanto, conferir uma receita da goiabada cascão ajuda a preparar em casa essa delícia.

Por isso, a seguir vamos ensinar uma receita tradicional com a goiabada cascão sem sementes.

Confira abaixo os ingredientes:

  • Um quilo e meio de açúcar refinado;
  • Um quilo e meio de goiabas maduras.

Em relação ao modo de preparo de uma receita de goiabada cascão, o processo também é bem simples. Basta ficar atento ao nosso passo a passo para não errar na mão.

Sendo assim, comece lavando bem as goiabas e siga as etapas descritas abaixo:

  1. Corte as goiabas ao meio;
  2. Remova todas as sementes;
  3. Reserve as polpas;
  4. Adicione um copo de água no liquidificador para bater as polpas;
  5. Coe todo o conteúdo restante;
  6. Coloque a polpa em uma panela grande;
  7. Adicione todo o açúcar;
  8. Leva a panela ao fogo;
  9. Enquanto cozinha, mexa a mistura sem parar;
  10. Então, aguarde cerca de meia hora;
  11. Espere as goiabas se desmancharem;
  12. Espere o doce se desprender do fundo da panela;
  13. Forre uma assadeira com um saco plástico ou plástico-filme;
  14. Despeje toda a goiabada na assadeira;
  15. Assim que esfriar, desenforme a sua goiabada;
  16. Sirva com fatias de queijo, pão ou coma pura.

Goiabada cascão

Como fazer goiabada cascão?

Agora que você já sabe uma receita caseira, é hora de você conhecer o processo industrial por trás das formas de como fazer goiabada cascão.

Primeiro, saiba que as goiabas são colhidas geralmente pela manhã, no final do verão. Isso ajuda a evitar o calor do sol e garantir a frescura do fruto.

A seguir, elas são lavadas e processadas de forma manual, a fim de retirar pequenos defeitos e separar a polpa com as sementes. Aliás, as cascas que são mais vigorosas e estão em perfeito estado são separadas, ao tempo em que o restante passa por um processo de peneira para conservar o miolo e eliminar as sementes.

Depois, essa massa é levada aos tradicionais tachos de cobre para cozimento juntamente ao açúcar. Após ser mexida constantemente, a casca é adicionada ao tacho e tudo é cozido por cerca de duas horas.

Assim, a goiabada cascão começa a chegar em um ponto em que é preciso batê-la para conseguir a consistência ideal e atingir o chamado “ponto de corte”. De qualquer forma, é até comum que cada mestre doceiro tenha aquele segredinho de família para acertar nessa.

No fim do processo, a goiabada cascão é acondicionada de forma segura e higiênica em recipientes que chegam a comportar trinta quilos do doce.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo