Heinz é gigante alimentícia norte-americana fundada em 1869

Home » Agronegócio » Heinz é gigante alimentícia norte-americana fundada em 1869
30/10/2019 by
Heinz é gigante alimentícia norte-americana fundada em 1869

Heinz é conhecida em todo o mundo pela qualidade de seus produtos, principalmente seu catchup

A Heinz é, sem dúvida, uma das empresas mais conhecidas de todo o mundo, e nos últimos anos ela vem investindo com força no Brasil. Afinal, o país tem um mercado estratégico para as principais empresas alimentícias do mundo que alcança também os países da América do Sul.

Se você ainda não conhece a Heinz, sua história e seu trabalho, acompanhe os próximos parágrafos!

heinz

O que é Heinz?

Heinz é uma empresa do setor alimentício que nasceu no século XIX nos Estados Unidos. Foi fundada por Henry John Heinz.

História da Heinz

O nome Heinz hoje é tão importante nos Estados Unidos quanto outras marcas como Coca-Cola, Levi’s e Pepsi. Por isso, quando se fala em catchup, os americanos só pensam no produto que carrega o nome de seu criador.

A história da Heinz tem início nos anos 60. Fundada em 1869 no estado americano da Pensilvânia, a empresa famosa por seu catchup iniciou suas atividades com outro produto.

Assim, o alemão Henry Heinz iniciou seu negócio produzindo uma conserva de raiz-forte, que era vendida em potes de vidro transparente.

Essa embalagem era um grande diferencial na época, já que os demais produtores utilizavam potes de vidro verde. Com isso, os produtos Heinz eram muito mais vistosos do que os de seus concorrentes.

Isso fez com que, em pouco tempo, suas vendas aumentassem consideravelmente.

Além disso, outros produtos rapidamente passaram a fazer parte do portfolio de Henry Heinz. Com isso ele acabou ficando conhecido como “Rei dos Picles”, devido à qualidade de seus picles.

História do famoso catchup Heinz

O tão famoso catchup Heinz só foi criado em 1876, depois que o negócio de conservas iniciado em 1869 foi à falência.

O motivo da falência foi a produção em excesso, que fez com que Henry tivesse de recuar e iniciar um novo negócio totalmente do zero.

Para isso, ele recrutou seu primo Frederick e seu irmão John para ajudarem na reconstrução da empresa.

Só então, diante da necessidade de refazer sua empresa, Henry Heinz começou a fazer testes com tomates e outros ingredientes, até chegar no que se tornaria o maior sucesso de sua empresa.

A receita final que consagrou o produto em todo o mundo contém apenas:

  • Tomates;
  • Especiarias;
  • Vinagre,
  • Açúcar;
  • Sal;
  • Cebola.

Assim, depois de encontrar a receita perfeita para seu molho, a embalagem escolhida para o novo produto foi uma garrafa de vidro transparente. Com isso, todos podiam ver que não havia qualquer tipo de alteração nos ingredientes utilizados na fabricação do catchup.

Em pouco tempo a novidade caiu nas graças de donas de casa, jovens e adultos da cidade, e depois de todo o país.

heinz

O que significa o número 57 da Heinz?

Durante algum tempo, o número 57 era uma referência ao número de produtos distribuídos pela empresa. No entanto, esse número foi ultrapassado rapidamente, mas continuou a ser utilizado.

Era considerado um número de sorte para H. J. Heinz, que inicialmente se inspirou em uma propaganda de sapatos que divulgava 21 modelos diferentes de calçado.

Principais produtos Heinz

Apesar do catchup Heinz ser mundialmente conhecido, a empresa sempre contou com um portfolio de produtos bastante diversificado.

Assim, em alguns períodos, fizeram parte de seu portfolio:

  • Molho de maçã;
  • Molho de aipo;
  • Repolho em conserva;
  • Carne moída enlatada.

Os feijões enlatados Heinz também foram importantes não apenas para a empresa americana, mas para muitos britânicos.

Isso porque, durante a Segunda Guerra Mundial, a Inglaterra foi um dos países mais afetados, tendo que adotar um sistema de racionamento de alimentos.

Assim, os feijões enlatados eram essenciais para que muitas dessas pessoas tivessem o que comer.

Hoje em dia é possível encontrar produtos como mostarda, molho de pimenta, maionese Heinz, molho barbecue Heinz, além de muitos outros produtos em qualquer supermercado no Brasil e no resto do mundo.

Fusão Kraft Heinz

Em 2015, a Heinz se fundiu com a Kraft Foods. A fusão deu origem a uma das maiores empresas de alimentos e bebidas do mundo.

Com marcas muito conhecidas principalmente na América do Norte, a Kraft já havia sofrido uma divisão de suas forças. Isso porque, um ano antes, nasceu a Mondelez, que ficou com as marcas do segmento de doces e aperitivos.

A Heinz já era controlada pelo grupo brasileiro formado por Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira desde 2013, quando o grupo fez sua compra através do Burger King.

heinz

O tamanho da Heinz

Com a fusão que deu origem à Kraft Heinz Company, a empresa passou a contar com mais de 10.000 funcionários, presente em mais de 40 países.

Além disso, a fusão criou um portfolio de mais de 100 marcas, como Quero e outras.

Concorrência

A nova empresa surgiu como a quinta maior do mercado de alimentos e bebidas, provocando uma grande movimentação em seus concorrentes.

Assim, empresas como Nestlé e Unilever direcionaram seus esforços para seguir as tendências mais atuais dos consumidores, que cada vez mais procuram por produtos mais saudáveis.

Isso fez com que a Kraft Heinz sofresse com quedas nas vendas e na participação de mercado, tendo que procurar formas de atrair mais consumidores.

Uma das formas encontradas para isso foi alterar o rótulo do catchup Heinz. O que fizeram? Passaram a mencionar os ingredientes na parte da frente do produto.

Com isso, a empresa quis ir à contramão dos concorrentes, que sempre escondem tais informações em letras minúsculas na parte de trás de seus produtos.

Ainda assim, a empresa passa por sérios problemas e investigações nos Estados Unidos, que refletem diretamente no restante do mundo.

Crise

Além de perder mercado, a Kraft Heinz já foi denunciada por suspeita de vazamento de informações privilegiadas na época da fusão das duas companhias.

Outro problema são as divergências encontradas em relatórios que apresentaram erros em três anos seguidos. Esses erros somam mais de R$ 800 milhões. São referentes a divergências contábeis encontradas nos exercícios de 2016, 2017 e 2018.

Mesmo diante dos problemas recentes enfrentados pela empresa, é impossível deixar de lado a importância que a Heinz teve e ainda tem em seu mercado. Isso mesmo depois de mais de 140 anos de história de inovação e sucesso.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo