Herbário é coleção de grande importância para conhecimento de espécies

Inicio » Meio Ambiente » Herbário é coleção de grande importância para conhecimento de espécies
15/04/2019 Por
Herbário é coleção de grande importância para conhecimento de espécies

O herbário é um conjunto estudado por ambientalistas como forma de analisar diferentes espécies

O método de estudo que envolve o chamado herbário é utilizado desde o século XX, na Europa. Isso porque essa forma de identificar um tipo de espécie ajuda muito na análise de uma determinada flora.

O herbário é uma maneira de agrupar um conjunto de espécies que auxilia em diversos ramos da biologia. Além de ser muito presente na área da ciência, é também visto na medicina a partir das propriedades das plantas que beneficiam o ser humano.

folhas que iram passar pelo método de estudo herbário

O que é herbário?

O herbário é o termo utilizado para denominar uma série de plantas prensadas e secas, agrupadas numa espécie de coleção. Estas plantas são dispostas em ordem determinada e, em seguida, disponíveis para estudo. Um herbário pode conter centenas de espécies de plantas colhidas de um determinado local. Em âmbito geral, boa parte dos exemplares destas plantas é armazenada ao longo dos anos. A partir delas, é possível estudar e documentar a flora de variados locais ao mesmo tempo.

A atividade que leva a formação de herbários para estudo se iniciou no século XX, nas províncias da Itália. O método para secagem das plantas para estudo era feito por meio do papel. As folhas das plantas eram prensadas entre as folhas de papel e, em seguida, as deixavam secar; sendo, por fim, armazenadas horizontalmente.

Para que serve um herbário?

O herbário serve para a organizar as espécies das plantas e classificá-las, seja por meio de etiquetas ou por outros métodos de organização. A partir de determinada classificação, é possível identificar o local, data, tipo de colheita, espécie de planta e até nome de quem fez a sua extração, entre outras informações.

Além disso, o método é utilizado para melhor identificação das espécies de plantas e o estudo da flora do local. Neste tipo de análise das plantas acontece a distinção entre as famílias, gêneros, espécies e até mesmo categorias de caráter taxonômicas dos vegetais.

Em razão disso, as chamadas “chaves” de identificação, que podem ser também denominadas como etiquetas, são feitas a partir de identificações morfológicas da planta. Para que estas características sejam identificadas, é necessário o uso de lupas.

Para nomear uma planta é necessário seguir o modo científico de atribuir uma nomenclatura. O primeiro termo da palavra deve fazer referência ao gênero desta planta, e o segundo deve fazer referência à espécie dessa mesma planta.

Herbário

Herbariologia

A herbariologia é um ramo da botânica que tem como objetivo estudar as plantas de um herbário. Além disso, este segmento da biologia tem como objetivo colaborar para o estudo da biodiversidade de diferentes tipos de flora. Para que isto aconteça, o ramo fornece uma variedade de coleções de espécimes populacionais naturais de um ambiente para análise.

Este tipo de estudo é de interesse dos ambientalistas e biólogos como forma de controle das espécies. Por meio desta pesquisa, é possível preservar e conservar a biodiversidade, uma vez que se torna sabido quais tipos de plantas que habitam em determinados ambientes. O método do herbário voltado para a preservação tem grande reconhecimento por quem atua neste meio de sustentabilidade.

O uso de uma coleta de dados no método herbário é visto como uma forma de extrair e atualizar informações sobre espécies. Este tipo de pesquisa é utilizado pela biologia, fisiologia, ecologia, farmacognosia, etnobotânica e agronomia.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo