Irrigação localizada aplica a água em somente uma área da plantação

Inicio » Agronegócio » Irrigação localizada aplica a água em somente uma área da plantação
24/06/2020 Por
Irrigação localizada aplica a água em somente uma área da plantação

Com baixos volumes de água, a irrigação localizada é capaz de manter a umidade do solo em altos níveis

Está claro que o elevado nível de sofisticação e tecnologia de diversas operações do agronegócio anda definindo novos rumos para o trabalho no campo. Neste artigo, vamos abordar alguns pontos interessantes sobre a irrigação localizada.

Uma técnica que visa a economia de água ao passo em que é eficiente para a hidratação de culturas, a cadeia produtiva ganha uma nova perspectiva de produção com a irrigação localizada. Até porque a conquista de novas melhorias e o avanço econômico e social sempre foram o sonho de quem vive do campo.

Irrigação localizada

O que é irrigação localizada?

Irrigação localizada é um dos métodos mais eficientes para você realizar a umidificação do solo utilizando pouca água e sem prejudicar a hidratação de culturas. Na prática, ela consiste na aplicação de água apenas na parte superficial do terreno, área na qual as plantas cultivadas requerem nutrientes.

Como grande benefício, a técnica demanda volumes baixos de água em relação a demais métodos, mas ainda tem a capacidade de manter o solo com uma umidade adequada. Aliás, em relação ao local a ser umidificado, vale lembrar que ele precisa englobar especificamente a raiz das plantas.

Enfim, a definição de o que é irrigação localizada pode ser resumida como uma técnica na qual é aplicada apenas a água necessária para tirar o melhor das culturas cultivadas. Dessa forma, é provável que você tire proveito eliminando custos extras com a perda de água.

Irrigação localizada

Quais os tipos de irrigação localizada?

São praticamente dois os tipos de irrigação localizada mais comuns: o sistema de microaspersores e o sistema de gotejadores.

Em linhas gerais, o microaspersor distribui a água por uma pequena área setorial ou circular, enquanto o sistema gotejador aplica a água apenas em pontos estratégicos do solo.

Na prática, a irrigação por microaspersão chega a apresentar uma eficiência maior frente à técnica da aspersão tradicional empregada em culturas perenes. No entanto, esse modelo tem uma vazão maior que a de gotejamento.

Como funciona a irrigação localizada por gotejamento?

Em uma abordagem mais técnica, a irrigação por gotejamento funciona com a água sendo levada por tubos sob pressão até o ponto determinado do solo. Isso acontece por meio de emissores que estão previamente situados na raiz da planta, o que podem conferir até 90% de eficiência.

Contudo, esse sistema de irrigação tende a apresentar elevados custos de implantação. De qualquer forma, ele é amplamente empregado em áreas de fruticultura, hortaliças, flores e culturas perenes.

Enfim, você também pode instalar gotejadores enterrados ou na superfície, dependendo de análises técnicas criteriosas.

Irrigação localizada

Como funciona a irrigação localizada por microaspersão?

No caso da irrigação por microaspersão, em geral ela requer uma linha de filtragem menos rigorosa frente à técnica de gotejamento. Afinal, o emissor utilizado aqui apresenta orifícios maiores para que a água passe na quantidade adequada.

Em contrapartida, neste caso de irrigação localizada, é comum que haja um desgaste elevado dos bocais. Contudo, isso depende apenas da baixa qualidade da água e da falta de manutenção adequada dos equipamentos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo