Irrigação de pastagem garante pastos de qualidade o ano todo

Inicio » Pecuária » Irrigação de pastagem garante pastos de qualidade o ano todo
25/03/2021 Por
Irrigação de pastagem garante pastos de qualidade o ano todo

As técnicas de irrigação de pastagem são diversas, em todo o canto do país. Com a necessidade de pasto verde em todas as estações, é preciso buscar alternativas para os temidos períodos de seca. Afinal, sendo o Brasil o país com o maior rebanho comercial de gado do mundo, a necessidade de pastos que oferecem alimentação de qualidade para os animais é real.

Pastos bem irrigados têm ligação direta com alta produtividade de carne e leite, subprodutos que também colaboram para o desenvolvimento do agronegócio. Para aqueles produtores que não querem e não podem contar com a sorte, a técnica da irrigação de pastagem torna a produção bem mais rentável.

irrigação de pastagem

Projeto de irrigação de pastagem

Antes de iniciar qualquer método e sistema para suprir a necessidade de água no solo, os produtores devem se atentar ao desenvolvimento de um projeto de irrigação de pastagem. Além disso, seguir alguns passos é importante, planejando o investimento. O que é preciso fazer para desenvolver um projeto?

  • Conhecer a área que será irrigada. Ou seja, é o momento de fazer um levantamento para conhecer o terreno.
  • Compreender o nível de infiltração de água no solo por meio de testes.
  • Analisar o manejo adotado na área e conhecer o sistema de produção desenvolvido na região.
  • Escolher o método de irrigação e quais equipamentos utilizar.

A partir daí, os produtores podem escolher o sistema de irrigação que mais se adeque ao local, sempre considerando o manejo de pastagens adotado para alimentação do gado. Saiba como fazer irrigação de pastagem:

Irrigação de pastagem com canhão

O sistema de irrigação com canhão utiliza pressão para jogar água no terreno. Esse método promove uma irrigação mais uniforme e, além disso, promove o efeito da chuva natural.

Irrigação de pastagem com carretel

A irrigação com carretel se aplica em diferentes tipos de solo. Trata-se de um sistema com mais autonomia no manejo, já que possibilita movimentar o equipamento por diferentes pontos do terreno. Ou seja, um canhão hidráulico é movimentado em cima de um carrinho e necessita de mão de obra dos produtores para ser utilizado.

Irrigação de pastagem por aspersão

É um método comum em pequenas propriedades e tem um custo considerável. Um equipamento chamado aspersor é instalado no local e faz o lançamento de jatos de água nas gramíneas. Também simula a chuva e necessita de instalação de tubulações.

Irrigação de pastagem por gotejamento

O sistema possui tubulações enterradas, com gotejadores que distribuem a água de forma regular, sem desperdícios. Os canos são enterrados em uma profundidade suficiente para que os animais não quebrem ao pisar nos equipamentos. Ainda mais, diversos produtores também utilizam a estrutura para fertirrigação.

Irrigação de pastagem por gravidade

Neste sistema, a água é depositada em caixas d’água ou açudes suspensos, conectados em canos que levam a água até o local que necessita de irrigação, utilizando a força da gravidade no processo.

Por fim, neste artigo você conheceu a importância da irrigação para pastos, visando a produção de qualidade na pecuária o ano todo. O Censo indica que o número de hectares irrigados no Brasil está em 6,6 milhões, apesar de não especificar o quanto disso representa a agropecuária. Ainda assim, estamos falando de milhões de hectares que, certamente, também dizem respeito à irrigação de pastagem.

Imagem: Peter Fazekas

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo