Lençol freático é importante para a extração de água no país

Inicio » Meio Ambiente » Lençol freático é importante para a extração de água no país
01/03/2019 Por
Lençol freático é importante para a extração de água no país

Lençol freático é conhecido por ser uma camada próxima a superfície do solo, permitindo a extração de água

O lençol freático é conhecido por ser uma espécie de nascente de água que fica logo após a superfície do solo. Além disso, o lençol freático é permeável, assim sendo útil para o fim de extração.

O lençol freático se forma por conta de absorver toda a água chuvosa que cai sobre o solo. Essa água chega ao subterrâneo e vai se adequando, até atingir a camada impermeável; onde termina o lençol.

Nascente do lençol freático sendo extraida

O que é lençol freático?

Lençol freático é uma parte próxima ao solo que se forma pelo acúmulo de água natural. Assim, toda água que entra na terra é filtrada pela própria natureza e volta para as nascentes. Os lençóis freáticos geralmente está a aproximadamente 1 km da superfície do solo. Passando dessa distância, seu nome muda para lençol artesiano.

Lençol artesiano

Portanto, o lençol artesiano é conhecido por estar numa camada inacessível sem o uso de equipamentos. A extração de sua água é mais delicada e exige paciência. A vantagem é que, por ser uma camada mais profunda que a do lençol freático, a probabilidade de se deparar com água contaminada é menor.

Desse modo, o lençol artesiano se tornou popular entre empresas especializadas em extração de água. Isso porque, por ter menos riscos de conter água contaminada, não é preciso investir em processos de biorremediação.

Lençol freáticos e aquífero

Ainda que os lençóis freáticos e os artesianos sejam extremamente populares no Brasil, outros tipos de aquíferos também chamam a atenção por toda a gama de variedade que possuem. Dentre eles:

  • Fratura: Esta camada de solo tem um processo extremamente delicado para extração, uma vez que a água faz buracos nas rochas subterrâneas e acabam se dividindo em espaços de difícil acesso.
  • Poroso: Assim como o de fratura, o aquífero poroso faz grandes fraturas nas rochas subterrâneas. Porém, por conta da grande pressão de água eminente no local, ele faz a fissura por um todo, assim aumentando a proporção de todo o local e ainda mantendo a água no mesmo ambiente. São conhecidos por formar grandes rios subterrâneos que chegam a atravessar a fronteira do país, como no caso do Guarani.
  • Cárstico: Assim como o poroso, sua quantidade de água é incalculável e o subterrâneo é formado por grande espaço, que forma um grande confinamento de água para extração.

Nascente do lençol freático jogando água por cima de rochas

Se deparar com um lençol freático no campo não é algo raro. Por isso, é comum que fazendeiros contratem equipes especializadas em checar se o local possui o subsolo com água. Caso haja, é necessário um processo de rebaixamento do lençol, para assim poder introduzir atividades pecuárias no local.

Construir por cima de nascentes poderá trazer sérios prejuízos, uma vez que o solo não possui estrutura suficiente para receber construções.

Em suma, o lençol freático é importante em todas as suas proporções. E ajuda desde grandes cidades a se manterem em todos os setores por conta do uso de água, até pequenas locais onde o acesso de água é menor.  Além disso, as nascentes ajudam a fertilidade do solo e a melhorar o ecossistema.

Agro20 | Portal Vida No Campo