Litosfera é a camada terrestre com a qual os seres vivos mais têm contato

Inicio » Meio Ambiente » Litosfera é a camada terrestre com a qual os seres vivos mais têm contato
29/08/2019 Por
Litosfera é a camada terrestre com a qual os seres vivos mais têm contato

A litosfera é a mais superficial entre as camadas terrestres e a única em que os seres vivos habitam

Para falarmos sobre a litosfera, primeiramente é necessário voltar ao início da formação da terra, quando ela era apenas uma bola gigantesca e incandescente de fogo. Isso foi há aproximadamente 4,5 milhões de anos, e o solo onde pisamos nos dias de hoje era meramente uma  mistura de gases e rochas líquidas.

Com o passar do tempo essa composição esfriou, formando, entre outras estruturas muito importantes para nosso planeta, a litosfera. Os gases provenientes deste resfriamento, inclusive, são os responsáveis pela formação da atmosfera.

Litosfera

O que é litosfera?

A litosfera é exatamente a camada terrestre localizada entre a a atmosfera e a astenosfera (uma camada viscosa superior ao manto de nosso planeta). Em outras palavras, ela compreende toda a porção de solo em que pisamos, a parte rígida e mais superficial do planeta; onde todos os seres vivos e humanos habitam.

Características da litosfera

A espessura da litosfera pode variar bastante de acordo com a área da camada em que isso é medido. Dessa forma, dependendo da parte do solo em que pisamos, a profundidade pode se alternar entre 40 e 280 quilômetros.

Seu final é definido pela condição das rochas que se localizam abaixo dela. Quando estas começam a ficar pastosas e viscosas, é um sinal que se chegou a astenosfera. Entretanto, este processo de solidificação resulta de vários fatores diferentes, como a condição química local, a temperatura e a pressão em que se encontram.

Além disso, é importante que você saiba que a litosfera é composta, principalmente, por agregados sólidos compostos por minerais e rochas, por exemplo. Mas as rochas presentes na região podem ser divididas em três tipos diferentes: metamórficas, sedimentares e magmáticas.

Também é interessante dizer que, apesar de ser a menor camada da terra, ela é considerada a mais importante de todas. Isso porque é nessa camada que ocorrem os fenômenos formadores das rochas, dos minerais, dos solos e das formas terrestres.

Assim, a importância da litosfera se torna um pouco mais clara; tendo em vista, ainda, o fato de que são estes os fenômenos que permitem que os seres vivos habitem tal camada terrestre.

Transformações na litosfera

Ao contrário do que muitos possam imaginar, a litosfera não é uma camada estática. Ou seja, ela está em constante processo de transformação. Estes podem envolver os minerais, rochas e até mesmo o relevo da região.

Eles são causados por um conjunto de forças que atua nessa área, podendo influenciar nesta camada de forma interna ou externa. As forças que atuam diretamente na litosfera são as seguintes:

Litosfera

Forças internas ou endógenas

Aqui encontramos o conjunto de forças proveniente das camadas mais profundas da Terra. Estas englobam ações relacionadas ao vulcanismo e, principalmente, ao tectonismo. As atividades tectônicas acontecem, principalmente, em função das correntes de convenção; geradas pelo calor irradiado pelo interior de nosso planeta.

Ele faz com que as placas tectônicas se movam lentamente e, uma vez que se encontram, formem regiões montanhosas. Quando esta movimentação é muito agressiva, pode gerar falhas ou até mesmo fenômenos mais expressivos e que podem representar grande perigo para os seres vivos, incluindo episódios como os seguintes:

  • terremotos
  • tsunamis
  • erupções vulcânicas

Forças externas ou exógenas

Neste grupo de forças podemos citar a ação das águas superficiais e subterrâneas, além da gravidade. Mas  vale lembrar que as forças exógenas também englobam a ação do ser humano; algo que, na atualidade, talvez represente a principal formas de mudança na parte externa da litosfera terrestre.

Diferença entre a litosfera e a crosta terrestre

Esta é uma questão que deixa uma pulga atrás da orelha de muitas pessoas. E, apesar de ambas as camadas serem bastante superficiais, é importante estabelecermos a diferença entre elas. Para começar, é interessante destacar que a litosfera envolve a crosta e a camada mais superficial e resfriada do manto.

Trata-se daquela que já apresenta certa solidez e origina as primeiras rochas ígneas plutônicas de nosso planeta. Entretanto, a principal diferença entre litosfera e crosta terrestre é a forma com que a estrutura interna do nosso planeta é assumida.

Assim, enquanto crosta terrestre faz parte de uma classificação que divide a Terra em crosta, manto e núcleo, além das descontinuidades presentes entre uma camada e outra; a litosfera faz parte da divisão que categoriza o planeta em litosfera (crosta), astenosfera (manto superior), mesosfera (manto inferior e núcleo externo) e endosfera (núcleo interno).

Importância da litosfera

Com as informações já citadas até agora, não é difícil compreender que precisamos da litosfera; já que essa a camada em que vivemos. Além disso, é nela que nasce, cresce e se desenvolve toda a vegetação do planeta Terra.

Com isso, fica fácil entender que, sem a litosfera não seria possível a existência da vegetação, da agricultura, da pecuária e, de forma geral, da vida; uma vez que nos encontraríamos em uma superfície extremamente quente e pastosa.

Com isso, entende-se que a litosfera é a grande responsável por nos fornecer alimento e matéria prima para as mais variadas produções e funções.

Litosfera

Combinada com a hidrosfera – onde fica reservado todo o nosso estoque de água – a litosfera atua como uma espécie de suporte para a vida humana. Portanto, podemos dizer que litosfera e hidrosfera são itens fundamentais para a manutenção dos seres vivos na Terra.

Curiosidades sobre a litosfera

A origem da palavra litosfera é grega, e define-se que lithos indica pedra, enquanto phaira significa campo. Dessa forma, a junção dos elementos indica uma tradução que indica um “campo de pedra”.

Outro fato curioso é que, na composição química da litosfera, os elementos mais atuantes são o oxigênio e o silício; seguidos da presença do alumínio. Além disso, as rochas que formam esta região são constituídas de minerais, incluindo, principalmente os seguintes:

  • feldspato
  • sílica
  • mica

Por fim e não menos importante, é válido destacar que na litosfera também ocorre a formação de diversas pedras preciosas valorizadas e cobiçadas no mercado de todo o mundo. Entre elas, podemos citar os rubis e esmeraldas, formadas, majoritariamente, por um conjunto de óxidos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo