Medula espinhal bovina é rica em colágeno, proteínas e carboidratos

Home » Agronegócio » Medula espinhal bovina é rica em colágeno, proteínas e carboidratos
29/09/2019 by
Medula espinhal bovina é rica em colágeno, proteínas e carboidratos

Medula óssea bovina, também conhecida como tutano, é essencial para reparar cabelos e pele danificados

Medula é a designação dada aos órgãos ou parte deles que são caracterizados e influenciados pela estrutura ou local em que se encontra. No corpo humano, temos dois tipos de medula, a medula óssea e a medula espinhal.

A medula óssea, assim como o nome indica, preenche espaços dos ossos por meio de um tecido líquido. Por outro lado, quando há a formação de tecido nervoso, que irá preencher a cavidade da coluna vertebral, temos o caso de medula espinhal.

Confira, neste artigo, mais detalhes sobre o que é medula e entenda suas principais funcionalidades e importância; assim como os seus diferentes tipos.

medula espinhalQual a função da medula óssea?

A medula óssea, também denominada como tutano, é um órgão que trabalha na formação, desenvolvimento e amadurecimento de elementos do sangue. Ela é essencial para a produção de células sanguíneas como os leucócitos, glóbulos vermelhos e as plaquetas. Esta medula pode ser do tipo amarela e vermelha.

A medula óssea amarela é assim conhecida por ser formada por gorduras. Já na medula óssea vermelha ocorre a produção das células do sangue. A medula avermelhada é característica dos recém – nascidos e conforme a pessoa vai envelhecendo, a tendência é que ela fique amarela.

Uma curiosidade a respeito da medula óssea vermelha, é que ela é rica em células-troncos medulares. Algumas pesquisas falam sobre a possibilidades delas se transformarem em neurônios, no entanto, existe também estudos que dizem que tal fato não é possível.

Mas, por outro lado, as células combatem inflamações e ajudam na recuperação daqueles tecidos que foram danificados.

Quais as funcionalidades da medula espinhal?

A medula espinhal é o tecido nervoso responsável pela comunicação entre nosso cérebro e o corpo. Sua principal função é, portanto, realizar a transmissão de impulsos produzidos no sistema nervoso para o nosso organismo como um todo. Isso devido ao trabalho do sistema nervoso periférico.

medula

Qual a importância do tutano do boi?

Nos bois, o tutano é encontrado dentro da medula óssea. Rico em colágeno, esse tecido gelatinoso promove uma série de benefícios para cabelos e pele. Além do colágeno, o tutano é rico em carboidratos e proteínas, que restauram o cabelo danificado pela ação de chapinhas, secadores, químicas, dentre outros. Ele também promove um brilho e maciez aos fios capilares.

Os benefícios do uso do tutano incluem a reconstrução, hidratação e fortalecimento de cabelos. Inclusive, atualmente, a indústria de cosméticos e beleza, sabendo da importância do tecido gelatinoso, já produzem cremes hidratantes e óleo com base nessa matéria.

O tutano, além de ser utilizado nas máscaras capilares, também conquistaram a área gastronômica e muitos chefes de cozinha.

Tutano na gastronomia

O tutano do boi já é utilizado há muito tempo como uma fonte de nutrientes. No Canadá, os primeiros exploradores daquela nação utilizavam dele para se alimentarem. Na Idade Média, ele completava receitas de doces e em outros períodos chegou a ser consumido diretamente no osso.

medula espinhal bovinaPara os gastrônomos, o tutano é um ingrediente versátil, uma vez que pode ser assado, grelhado, cozido ou frito. Uma justificativa para seu uso está no fato de ser enriquecido com gorduras e calorias, que aumentam a energia corpórea.

O tutano é encontrado em qualquer cavidade óssea do boi. No entanto, o tecido da medula óssea encontrado em suas pernas é o “queridinho” para elaboração de pratos diversos. Isso acontece devido a facilidade de extração, sua suavidade e presença em maior quantidade nos bovinos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo