O nicho ecológico e a sua grande importância para o meio ambiente

Inicio » Meio Ambiente » O nicho ecológico e a sua grande importância para o meio ambiente
29/03/2019 Por
O nicho ecológico e a sua grande importância para o meio ambiente

O nicho ecológico é caracterizado pelo modo que os animais sobrevivem

O nicho ecológico é pode ser caracterizado pela maneira como determinados seres vivos agrupam e se comportam dentro do ecossistema. Itens como habitat ideal, necessidades específicas de reprodução, capacidade de adaptação e papel na natureza são alguns dos que fazem parte desse conjunto de variáveis.

Além disso, a existência do nicho ecológico é fundamental para a manutenção e a evolução da vida no planeta. Isso porque ele ajuda a definir de que forma uma espécie será capaz de sobreviver em determinado ambiente; determinando como será a sua relação e interação com o ecossistema e as demais espécies que o habitam.

Pássaro em seu nicho ecológico

O que é nicho ecológico?

Nicho ecológico está diretamente relacionado modo de vida de seres vivos das mais variadas espécies. A maneira como caçam, o poder de adaptação às condições do ambiente, o local e as condições em que se reproduzem são pontos importantes para as definições dos nichos e; por meio dessa seleção natural é que se define o modo de vida de determinadas espécies em seus habitats.

Mesmo sendo um ambiente diversificado, é muito comum que haja similaridades entre os diferentes nichos ecológicos iguais de um mesmo habitat. Dessa forma, não é difícil a ocorrência de competições entre animais por um determinado espaço ou alimento.

Embora esse tipo de acontecimento seja algo bastante comum e até corriqueiro na natureza, de uma forma geral; há casos em que a ocorrência de confrontos pode alterar bastante o modo de sobrevivência dos animais. Isso pode influenciar, por exemplo, a migração de animais de certas regiões em busca de evitar o embate com espécies de porte maior e que possam ameaçar a sua integridade física.

Joaninha em seu nicho ecológico

Conceito de nicho ecológico

Embora possa demonstrar características relativamente parecidas, os tipos de nicho ecológico são facilmente identificáveis e divididos em duas bases principais. São elas:

  • Nicho fundamental: o nicho fundamental é caracterizado por englobar todo o conjunto de condições e aspectos que permite a vida e a evolução de uma espécie em particular. Nesse tipo de nicho, não se incluem os perigos de disputa ou confronto com animais de diferentes portes e necessidades, por exemplo; já que a existência de inimigos naturais é excluída.
  • Nicho efetivo: ao contrário do que ocorre no nicho fundamental, no tipo de nicho efetivo a existência de predadores e inimigos naturais é uma realidade. Por isso, sua definição engloba – além de todas as condições necessárias para a sobrevivência da espécie – também as condições adversas que podem se apresentar no habitat.

Habitat e nicho ecológico

O habitat está relacionado ao local onde diferentes espécies de animais vivem. Os fatores são variados e podem influenciar diretamente no modo de sobrevivência dos animais, permitindo – ou não – que tenham boas condições de sobrevivência e bem-estar na vida, de maneira geral.

Em diferentes casos, quando animais são retirados de seus habitats e levados até outras regiões, é comum que eles não consigam se adaptar. Com isso, podem se encontrar frequentemente em situações desfavoráveis a sua sobrevivência; chegando, inclusive, ao óbito em função disso.

O habitat e o nicho ecológico estão interligados, porém não são a mesma coisa. É importante definir que habitat é o local onde os diferentes seres vivos habitam, enquanto o nicho ecológico está associado às condições que o animal tem, dentro daquele habitat, para sobreviver e evoluir.

A existência de habitats artificiais pode ajudar diretamente o nicho ecológico. Quando um animal se machuca e não pode caçar sozinho, por exemplo, empresas especializadas como o IBAMA entram em ação. Elas recolhem os animais para tentar viabilizar a sua readaptação ao meio ambiente. Dessa maneira, eles aprendem novamente a realizar as atividades fundamentais para a sua sobrevivência em um ambiente artificial que simula o seu habitat natural.

Desenvolvimento do nicho ecológico

O nicho ecológico se define de forma natural. Desde sempre, diferentes animais já apresentavam modos de vida específicos; sempre de acordo com suas necessidades e com a região em que estivessem inseridos. Essa evolução e processo de adaptação acontece ainda nos dias hoje, impulsionada pela forma evolutiva dos próprios animais.

Tendo em vista a importância dos animais para o desenvolvimento do planeta, fica claro o quanto é essencial a manutenção de habitats e nichos. Isso porque a atividade de determinados animais é o que garante o desenvolvimento de elementos essenciais, também, para a sobrevivência humana.

Com isso, fica explícito o fato de que a ajuda de um animal acaba influenciando na sobrevivência do outro. Um bom exemplo disso é que quando novas plantas árvores são geradas, por exemplo, o fato afeta diretamente a alimentação de um outro animal.

Nicho ecológico e o meio ambiente

A importância da preservação do meio ambiente caminha junto com a manutenção dos nichos ecológicos, uma vez que a boa sobrevivência dos seres vivos depende diretamente do equilíbrio do planeta. A realização de queimadas e outras  formas de degradação do ambiente podem afastar animais de variadas espécies de seus habitats. Dessa forma, se criam dificuldades para que se adaptem à novos ambientes e para o estabelecimento do equilíbrio do ecossistema.

Além das queimadas, as mudanças climáticas também podem ser responsáveis pela possibilidade da extinção de diferentes animais. Elas ocasionam o calor ou frio excessivo; fazendo com que algumas espécies não sobrevivam por necessitarem de condições diferentes para sobreviver.

Diferentes estados de alerta são emitidos anualmente por grandes organizações, mostrando sempre a importância de se preservar o meio ambiente. Lembrando sempre que a vida humana, de acordo com a ciência, é a única considerada racional. Portanto, a responsabilidade de cuidar do meio ambiente é unicamente desses indivíduos.

Peixe em seu nicho ecológico

Nicho ecológico de peixes

O nicho ecológico dos peixes inclui algas, espécies menores de peixes e outras também presentes nas porções claras do oceano. No caso dos peixes, a proporção do habitat está relacionada a profundidade do oceano, e não à sua extensão. Dessa maneira, em cada espaço de profundidade existem espécies diferentes.

A falta de cuidado com o meio ambiente pode atingir diretamente os oceanos, interferindo na vida de todas as espécies presentes nesse ambiente. Industrias que despejam resíduos impuros no oceano ou descartam materiais sólidos prejudicam muito esse habitat específico; podendo, portanto, ocasionar a morte de e atá a extinção de diferentes animais.

Produtos feitos de materiais como plástico, por exemplo, estão entre as principais causas de agressão ao nicho ecológico de diferentes espécies e, consequentemente, à vida presente no oceano de forma geral. Por isso, na atualidade, discussões tem sido abertas sobre o uso frequente desse tipo de material; já que o seu descarte errado é extremamente prejudicial para diferentes espécies de animais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo