Peixe abotoado (ou armau) é encontrado em vários rios brasileiros

Inicio » Agronegócio » Peixe abotoado (ou armau) é encontrado em vários rios brasileiros
10/11/2020 Por
Peixe abotoado (ou armau) é encontrado em vários rios brasileiros

Peixe abotoado é comum no Brasil. Ele é muito conhecido por pescadores e demais pessoas acostumadas com a água doce ou conhecedoras de espécies. Essa espécie é muito comum em território brasileiro e comumente vista em águas doces.

No entanto, o peixe abotoado possui características diferentes das demais espécies e é um dos peixes mais pré-históricos existentes. Dessa forma, desperta grande curiosidade em pescadores e demais pessoas.

Peixe abotoado

O que é peixe abotoado?

Peixe abotoado é um dos peixes de água doce mais conhecidos no território brasileiro. Conhecido por ser da família Dradidae, possui a presença de focinho longo e olhos grandes. Além disso, é um animal frequentemente visto em rios doces do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Peixe abotoado e a economia

Em geral, o peixe abotoado, conhecido também como peixe armau, não apresenta grandes e vantajosas características para a economia. O principal motivo disso é que não tem grande valia para a culinária, já que o seu consumo é baixo.

Características do peixe abotoado

O peixe abotoado, como dito anteriormente, possui características muito diferentes de outras espécies também conhecidas no Brasil. O grande motivo disso, é que ele possui uma espécie de armadura, por isso é considerado um peixe de couro.

Além disso, é justamente por isso que é conhecido como peixe armado ou peixe cuiú-cuiú. Também é importante ressaltar que o animal é diferente por possuir uma espécie de capa protetora em sua cabeça.

O cuiú-cuiú ou mandi capeta também tem dois ferrões laterais e um dorsal. Essas características são dificilmente vistas em peixes de outras espécies, por isso, desperta curiosidade de muitos pescadores, mesmo que não seja um peixe muito procurado para pesca esportiva.

Os ferrões e o dorsal são capazes de machucar seriamente qualquer pessoa desavisada que entre em seu caminho ou que tente manuseá-lo de forma inadequada e incorreta. Ademais, o peixe também é conhecido por possuir barbilhões curtos, diferente dos bagres, por exemplo.

Outra característica muito presente nessa espécie, é o fato de conseguir suportar teores baixíssimos de oxigênio. Isso porque consegue nadar mais profundamente do que outras espécies, conseguindo suportar temperaturas diferenciadas e oxigênio variável.

A caça do peixe abotoado é considerada difícil, já que possui uma boca pequena e isso pode oferecer problemas na hora da pesca. Além disso, o abotoado é um tipo de peixe que primeiro prova a isca para somente depois carregar a linha.

Peixe abotoado

Habitat e alimentação do peixe abotoado

Como dito anteriormente, esse peixe consegue suportar águas profundas e de pouco oxigênio. Ademais, também é muito encontrado em poços de extrema profundidade e matas inundadas com água doce.

Mesmo que o habitat principal seja o rio, o peixe abotoado pode sentir que o seu território original não tem tanta opção de alimentos para ele. Assim, como possui grande capacidade de procurar comida, rastreia facilmente o fundo das águas para saber até onde o seu instinto o leva.

É por isso que muitas vezes é encontrado em locais estranhos, como é o caso do fundo de poços. A partir do momento em que encontra comida, o peixe abotoado sempre preferirá se alimentar de moluscos e camarões, sempre de água doce.

No entanto, também é possível encontrar peixes dessa espécie que se alimentam frequentemente de larvas, frutos, sementes, detritos e peixes de menor tamanho. Por conta de se alimentar também de detritos, a poluição de águas doces é um grande problema para esse animal.

Não raramente, o peixe abotoado é encontrado com uma série de materiais nocivos em seu estômago, como plástico, vidro e demais substâncias tóxicas em geral.

Reprodução e comportamento do abotoado

Em geral, o peixe abotoado é pacífico e indiferente com a presença de peixes grande porte. Mesmo que ele possua tamanho grande, não é considerado um peixe predador e perigoso, já que o couro serve como uma proteção.

Em relação à sua reprodução, é muito comum que essa espécie desove o ninho e em rios profundos ou barrancos. Além disso, sabe-se também que se trata de um peixe que não oferece nenhum tipo de cuidado parental.

Por conta disso, a desova ocorre e os filhotes precisam sobreviver por conta própria a partir do seu instinto. Além disso, o peixe abotoado também não apresenta nenhuma característica conhecida de um dimorfismo sexual evidente em sua aparência.

O que se sabe é que geralmente as fêmeas apresentam um corpo muito mais robusto e esbelto do que os machos. No entanto, não há como saber com certeza a questão da sexualidade e reprodução desse peixe.

O motivo é que, por se tratar de uma espécie pré-histórica, existe um estudo muito superficial sobre ela e não há nenhum registro aprofundado sobre a história, hábitos e demais características.

Peixe abotoado

Sobre a criação em aquário

Não é comumente visto sendo criado em aquários, já que é um peixe de grande porte. No entanto, sabe-se que o peixe abotoado deve ser colocado em um aquário de no mínimo 200 cm de comprimento e 60 cm de largura.

No entanto, essas dimensões podem mudar, já que ele pode atingir tamanhos maiores. Além disso, o peixe deve ser criado em substrato arenoso e macio, já que se trata de uma espécie sedentária e de hábito noturno.

Por conta disso, no aquário, devem estar presentes alguns objetos que sirvam como uma imitação de refúgio para que ele se sinta abrigado e protegido. O peixe não precisa de nenhum tipo de atividade ou alimentação especial, pois se trata de uma espécie muito tranquila.

No entanto, caso ele seja criado junto de outra espécie, é indispensável optar por outros peixes de tamanho grande. O motivo é que o peixe abotoado adora se alimentar de espécies menores, o que pode fazer com que se alimente de qualquer espécie pequena que conviver com ele.

Como pescar o peixe abotoado

Mesmo que não seja uma espécie tão indicada para pesca por conta do risco que oferece ao pescador por conta de seus espinhos laterais, o peixe abotoado pode ser pescado com iscas naturais, como moluscos e pedaços de peixe.

Além disso, também não exige nenhum tipo de equipamento específico, desde que seja um equipamento médio pesado e com linhas de 20 a 30 lb para que seja compatível com o peixe abotoado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo