Piçarra é o nome de uma espécie de rocha semidecomposta

Inicio » Meio Ambiente » Piçarra é o nome de uma espécie de rocha semidecomposta
01/11/2020 Por
Piçarra é o nome de uma espécie de rocha semidecomposta

A piçarra é muito utilizada em pavimentação de estradas. O material chamado piçarra é resultado de uma mistura de fragmentos de rocha e alguns outros elementos e pode ser utilizado para diversas finalidades, entre elas, a pavimentação.

Além disso, é possível chamar a piçarra de cascalho, pois é um dos sinônimos utilizados para denominar esse material rochoso.

Piçarra

O que é piçarra?

Piçarra é um tipo de mistura que é basicamente feita de pedra, terra e areia. Para entender o que é piçarra, é preciso saber que ela é composta a partir da união de fragmentos de rochas e possui textura idêntica ao tipo de rocha originalmente utilizada na composição.

Sendo assim, ela pode ser encontrada com diferentes características, a depender do tipo de mistura que destinou a composição do material. Portanto, é preciso escolher o tipo da pirraça de acordo com as necessidades de uso que você tiver.

Ademais, para que essa análise seja feita com maior segurança de obter um resultado correspondente, é ideal que um bom profissional faça a análise e verifique as características de composição do material antes de ser utilizado em algum local.

Tendo esse cuidado você evita que uma série de imprevistos ocorram e que seja necessário refazer aterros e compactações já feitas anteriormente, o que causariam retrabalho e maiores gastos, sem contra no tempo perdido com a utilização de um material que não era o ideal para finalidade em questão.

Além disso, a piçarra é composta por vários grãos bem pequenos e por minúsculos cristais de formato arredondado. Inclusive, as características da piçarra podem ser comparadas ao saibro.

Essa comparação com o saibro existe pois o saibra também é um tipo de material que é resultado de várias alterações rochosas como gnaisses e granitos. O saibro é chamado de terra batida pois é bem fino e de fácil compactação.

Onde encontrar piçarra?

Ela é encontrada em vários locais, como em escavações e é muito utilizada para o revestimento de estradas. Além disso, é comum encontrar esse material em aterros de construções.

Por ser um tipo de rocha, a piçarra precisa ser escavada com auxílio de algum tipo de equipamento. Geralmente se utiliza picaretas ou pás para possibilitar a escavação.

Ademais, a piçarra pode ser denominada como um tipo de solo. Inclusive faz parte das divisões de solo feitas na construção civil.

Pois, cada tipo de solo encontrado e usado como base de uma construção, precisa ser levado em consideração para o cálculo de inclinação e outras características da obra, inclusive o solo piçarra.

Outrossim, esse material é muito utilizado também em acessos para a produção de petróleo, junto a terra e no segmento de terraplanagem em geral.

Piçarra

Piçarra para aterro

Aterrar significa colocar terra ou material parecido para proporcionar maior resistência e nivelamento do solo antes de uma construção.

E existem regras para construções que sejam superiores a determinadas alturas e metros cúbicos de extensão.

Por isso, é sempre recomendado que um profissional técnico faça os cálculos e indique qual a melhor forma de aterrar determinado terreno.

Dependendo do tipo da obra é que escolhido o tipo do aterro.

Além disso, existem algumas opções que podem ser utilizadas para aterro como a piçarra para aterro, areia e terra.

É importante nunca utilizar argila orgânica ou turfa, pois esses materiais não servem como aterro e não garantem a estabilidade e resistência necessárias. Se utilizados, podem causar prejuízos à estrutura e colocar em risco a saúde dos ocupantes, provocando rachaduras e desníveis.

Piçarra na pavimentação de estradas

Para pavimentar uma estrada, algumas etapas são necessárias. Antes de mais nada é definido o design e o planejamento da pavimentação.

Além disso, a pavimentação é composta por várias camadas, que são:

  • Reforço do subleito;
  • Sub-base;
  • Base;
  • Camada de regularização.

Porém, duas dessas etapas são cruciais para que o resultado da pavimentação seja seguro e resistente, que é a parte de sub-base e base.

Depois, é na fase de revestimento que a piçarra pode ser utilizada. Após, é feita uma mistura asfáltica que proporciona um acabamento preto, liso e brilhante à estrada.

Ademais, assim como outros materiais, é essencial verificar se os parâmetros da piçarra atendem a necessidade de compactação. Outrossim, somente assim é que ela pode ser utilizada como aterro ou como preparação de leitos de estradas.

Além disso, como esse material costuma preservar as características das rochas originais, é importante ver o tipo de combinação existente na piçarra.

Geralmente são combinações que envolvem fragmentos de material argiloso, cascalho, pedregulho e areia.

No entanto, se a mistura não for consistente e de qualidade, não é recomendado o uso para finalidades de aterramento ou revestimento, pois pode não ofertar a resistência e a compactação que são necessárias nesses casos.

Extração de piçarra

Um dos principais locais que Brasil onde ocorre extração de piçarra é a Caatinga.

Além disso, os principais locais que comercializam materiais para a realização de terraplanagem, comercializam a piçarra.

Por isso, não é muito difícil encontrar esse material, sendo de fácil acesso em praticamente todas as regiões do país.

No entanto, muitos locais acabam sofrendo com a extração da piçarra, pois o processo quando feito reiteradas vezes, pode acabar causando erosão no solo e prejudicando a vegetação ao redor.

Por isso é importante sempre verificar se a origem da piçarra adquirida é legal e comercializada dentro das normas de extração de materiais dos solos.

Depois de todas essas explanações você já sabe o que é a piçarra e as principais finalidades que são dadas a ela.

Além disso, pode entender um pouco mais de como funciona um processo de aterro e de revestimento de estradas, que são situações onde o material rochoso mais é aproveitado.

Dessa forma, sempre é essencial lembrar que todos os tipos de escolhas de materiais para compactação, seja de que tipo de obra for, precisam passar por análise minuciosa de profissionais qualificados.

Com isso, você pode ter a tranquilidade de escolher a piçarra ou qualquer outro tipo de material próprio para o aterro, sem preocupação de alguma consequência não positiva para sua obra.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo