Poda é uma profilaxia que auxilia no desenvolvimento das plantas

Inicio » Agronegócio » Poda é uma profilaxia que auxilia no desenvolvimento das plantas
29/08/2019 Por
Poda é uma profilaxia que auxilia no desenvolvimento das plantas

A poda pode trazer diferentes benefícios para a vegetação, como distribuição correta de nutrientes e mais iluminação solar

O processo de poda deve ser realizado conforme as necessidades e o ciclo de cada espécie. O produtor deve se assegurar que a planta está na época do desbaste antes de realizar a técnica.

Existem vários tipos de poda e cada uma delas apresenta um objetivo diferente para os cultivares. Assim, ela pode auxiliar no crescimento, frutificação e fortalecimento dos galhos.

poda

O que é poda?

Poda é um processo realizado de tempos em tempos, em determinados cultivares. O procedimento é realizado sempre respeitando o ciclo de cada espécie e, assim, tem o objetivo de retirar algumas partes da planta. A técnica é realizada para oferecer melhor forma, equilíbrio, e retirar possíveis folhas antigas ou parasitas da árvore.

Antes de realizar o procedimento, contudo, é necessário que o produtor conheça o crescimento, floração e frutificação da espécie.

Existem vários tipos de poda e, assim, cada uma delas tem uma função diferente. Portanto, a técnica pode influenciar na produção de flores, crescimento e controle de doenças.

poda

Tipos de poda

Como vimos, o procedimento pode ser utilizado para diversos fins. Vamos conhecer as principais técnicas utilizadas em cultivos:

  • Poda de limpeza: como o próprio nome diz, o procedimento tem o objetivo de remover as partes indesejadas da planta. Em alguns momentos, então, pode ser considerada uma poda drástica, dependendo das necessidades da planta.
  • Poda de formação: a intenção desta técnica é oferecer à planta uma forma básica. Geralmente ela é realizada na formação inicial dos indivíduos, em viveiros por exemplo.
  • Poda verde: pode ser realizada em qualquer época do ciclo da planta. Seu objetivo melhorar e manter a forma da árvore, eliminando ramos mal posicionados. Através dela, os ramos que se voltam para o interior da planta também são retirados, facilitando a iluminação.
  • Poda de frutificação: neste tipo de técnica a intenção é equilibrar os ramos com frutos e os vegetativos. Além disso, o procedimento mantém a forma da copa, evitando que a árvore cresça em demasiado.

Os benefícios da poda

A quantidade de plantas dispostas em um pomar não necessariamente representa qualidade. Isso porque, muitas vezes, as plantas preferem espaço, luz solar e aeração para produzirem potencialmente.

A poda pode auxiliar muito nesse sentido. Um dos benefícios do processo, então, é focar e centralizar a absorção de nutrientes pelas plantas.

Isso porque, quando cresce de forma descontrolada, as vitaminas que o cultivar necessita são mal distribuídas. Galhos enfraquecidos, e que provavelmente não irão produzir frutos, acabam absorvendo nutrientes que poderiam ser melhor aproveitados.

poda

Assim, o ideal de cada uma das etapas da poda é que sejam retirados galhos bifurcados, quebrados ou ressecados. Com isso, os nutrientes são canalizados para partes saudáveis da árvore e, consequentemente, ela irá aumentar a produção dos frutos e apresentar mais qualidade.

Outro benefício da poda é a iluminação sobre a planta. Com mais capacidade de fotossíntese, o vegetal é induzido a produzir novos brotos. Entretanto, o produtor deve ter cuidado com cortes muito avassaladores, que podem prejudicar o desenvolvimento do indivíduo e causar prejuízos no campo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo