Propriedades organolépticas são percebidas pelos sentidos humanos

Inicio » Agronegócio » Propriedades organolépticas são percebidas pelos sentidos humanos
10/10/2020 Por
Propriedades organolépticas são percebidas pelos sentidos humanos

Propriedades organolépticas são fundamentais para a percepção. As propriedades organolépticas são uma informação que nos permite identificar coisas e seus estados. Através dos nossos cinco sentidos, é possível perceber, analisar, escolher e até antever possíveis eventos desagradáveis.

Examinando as propriedades organolépticas de um alimento, certamente saberemos dizer se ele é próprio para o consumo, se podemos comprá-lo e se fará algum bem ao nosso corpo. Basta usarmos os nossos sentidos físicos para chegarmos a uma conclusão.

Propriedades organolépticas

O que são propriedades organolépticas?

Propriedades organolépticas são as características de um determinado produto que podem ser percebidas pela nossa visão, olfato, tato, paladar e até audição. Assim sendo, podemos constatar se uma determinada coisa é própria para aquilo que desejamos usá-la.

Uma propriedade organoléptica é uma característica intrínseca de um determinado material. Existem diversas propriedades organolépticas e também diferentes sentidos para percebê-las de forma correta. Veja abaixo algumas das principais propriedades:

  • Cor;
  • Brilho;
  • Odor;
  • Sabor.

Ao examinarmos algum material, através destas propriedades citadas acima, poderemos tirar conclusões úteis sobre o uso. Desta forma, estaremos agindo de forma premeditada e efetiva, evitando erros e surpresas desagradáveis.

Estas propriedades são muito importantes para seres exploradas no marketing de qualquer produto que se possa vender. Não apenas em propaganda, mas também extremamente útil na hora de examinarmos um determinado alimento para consumo.

As propriedades organolépticas da matéria são fundamentais na hora de definir o uso ou descarte de um material. Igualmente, para resolvermos um problema, criamos em nossa mente o material ideal à ser usado.

No caso de ocorrer a necessidade de pregar ou parafusar uma peça de madeira, já sabemos mentalmente qual a textura do material que usaremos para parafusar a peça. Assim sendo, será necessário um parafuso de tamanho “x” com uma rosca determinada, entre outras características.

Para melhor compreender o que são propriedades organolépticas, vamos abordar uma a uma as mencionadas anteriormente, a fim de esclarecer a importância dessas características no dia a dia.

Propriedades organolépticas

Cor

Percebida através da visão, a cor possui grande importância na hora de identificar um material específico. Assim também, a cor é importantíssima na hora de examinarmos se um alimento é próprio para o consumo.

Um ótimo exemplo que podemos usar é a água. Sabemos que a água é incolor, logo, podemos perceber a pureza da mesma pela cor. Ao comprar uma garrafa de água, ou até mesmo pegar um copo na torneira, pela cor conseguimos facilmente perceber se é límpida ou não.

No caso de alimentos, pela cor podemos saber se um fruto está maduro, se um vegetal está sadio, se uma carne está assada, entre outras características.

Igualmente, a cor é importante na hora de encontrarmos um objeto que desejamos. No caso de chegar a um local com uma fachada vermelha, poderemos facilmente distingui-lo entre diferentes imóveis em uma determinada rua.

Brilho

Assim como a cor, o brilho é outra importante característica igualmente captada pelo sentido da visão. Desta forma, se um material consegue refletir a luz, podemos afirmar que ele possui brilho, podendo ser de baixa ou alta intensidade.

Cada material pode emitir uma quantidade de brilho. Geralmente, metais e cristais possuem alto nível de brilho. Já madeiras foscas e rochas quase não brilham. Assim sendo, é importante analisar aquilo que se quer e usar desta característica para facilitar a decisão.

No caso de alimentos, podemos perceber pelo brilho se um alimento é novo ou velho. Igualmente, na hora de comprarmos um peixe, podemos ver pelo brilho de seu olho se este é um peixe fresco ou não.

No marketing, o brilho é usado para chamar a atenção. Uma placa luminosa com uma fonte de luz irá consequentemente emitir um alto volume de brilho e irá chamar a atenção das pessoas com maestria.

Odor

Identificado através do sentido do olfato, o odor é importantíssimo na hora de examinar um alimento. Podemos facilmente constatar o bom estado de um determinado alimento pelo odor que ele exala.

Um aroma agradável é garantia de um alimento fresco e próprio para consumo, assim como um odor ruim indica que algo não está certo. Igualmente no marketing, o odor possui uma importância enorme.

Através do cheiro que um estabelecimento comercial exala, ele pode deixar um cliente à vontade e até induzir em seu cérebro uma sensação de bem-estar, que fará com que o cliente compre mais facilmente.

Em contrapartida, um odor desagradável irá afugentar qualquer cliente. Imagine a importância disto em um estabelecimento que ofereça alimentos.

Por exemplo, podemos usar a água novamente. Sabemos que a água é inodora, ou seja, não tem cheiro. Ao encontrarmos em algum lugar uma água que possui odor, seja ele qual for, saberemos que se trata de uma água impura.

Propriedades organolépticas

Sabor

O sabor é sentido através do paladar. Através das papilas gustativas, podemos saber se um sabor é agradável para nós ou não. Desta forma, podemos também identificar se um alimento é próprio para consumo através de seu sabor.

Por ser o mais profundo, o marketing muitas vezes se ocupa de despertar nos clientes a vontade de que eles sintam o sabor de um produto. O sabor certamente está no âmago das propriedades.

A água é insípida, portanto, não tem sabor. Podemos, através desta característica, saber se a água é pura ou não. O sabor pode ser considerado como o guardião do organismo. Se algum sabor for ruim, certamente o guardião não o deixará passar.

No caso de outros materiais, devemos utilizar sempre os outros sentidos para analisar outras propriedades antes de sentirmos o sabor de algo. Pode ser perigoso sair ingerindo qualquer material que encontramos em nosso caminho.

Textura

A textura pode ser parcialmente identificada através da visão, mas só pode ser completamente sentida através do tato. A visão e o olfato sempre devem ser utilizados antes do tato e do paladar. Igualmente, a audição é boa para captar informações sem riscos.

Podemos sentir a textura de um material para identificarmos a aptidão para a nossa necessidade ou até mesmo a textura de um alimento antes do consumo. Desta forma, evitaremos surpresas desagradáveis.

De um modo simples, ao tocarmos uma verdura ou fruta, sabemos se esta é nova ou velha. A textura nos revela informações importantíssimas.

Som

O som é captado pela audição e, muitas vezes, pelo som podemos evitar choques e acidentes. Um som pode igualmente ser agradável ou desagradável. Geralmente, sons desagradáveis indicam que devemos ter atenção.

O som é muito útil no marketing e propaganda, e ajuda muito na divulgação de produtos e serviços. Desta forma, o som é tão importante quanto as propriedades organolépticas descritas anteriormente e pode permitir-nos evitar situações desagradáveis.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo