Pulgão branco é uma praga comum em diversas plantas

Inicio » Agricultura » Pulgão branco é uma praga comum em diversas plantas
02/12/2020 Por
Pulgão branco é uma praga comum em diversas plantas

O pulgão branco é uma praga perigosa que pode ser eliminada com o controle biológico. De fato, a infestação de pragas nas plantações pode trazer muitos prejuízos aos produtores. Contudo, no caso do pulgão branco, sua população pode ser evitada ou controlada com técnicas naturais.

Para aprender como combater o pulgão branco, bem como entender mais sobre a sua reprodução e desenvolvimento, confira o artigo que preparamos hoje. Continue conosco e boa leitura!

Pulgão branco

O que é pulgão branco?

Pulgão branco é uma espécie de inseto que ataca os ramos e galhos de plantas lenhosas, de frutos e ornamentais. Embora seja comumente chamado de pulgão branco, seu nome científico é Icerya purchasi e ele é um tipo de cochonilha, a cochonilha australiana.

Apesar do seu nome e seus sintomas serem parecidos com os da infestação de pulgão preto, esses insetos são de espécies diferentes.

Os pulgões brancos adultos têm forma oval, são de cor roxa-alaranjada e apresentam manchas escuras no dorso. Esses insetos medem cerca de 1 mm na fase larval e 10 mm na fase adulta. De fato, quando a cochonilha australiana ainda é uma larva, ela é mais avermelhada, com patas e antenas compridas e negras.

Além disso, o pulgão branco infesta as plantas principalmente nos períodos de seca. As árvores que são mais atacadas por essa praga são as figueiras, as acácias, os crisântemos, a amoreira silvestre, as videiras, os gerânios, o alecrim, as roseiras, os loureiros, as palmeiras, as sálvias e muitas outras plantas ornamentais.

Por conta de sua rápida reprodução, esse inseto é sempre encontrado em colônia. Além disso, a infestação de pulgão branco costuma atrair formigas, já que elas se alimentam da secreção açucarada que ele deixa sobre a planta. Em contrapartida, as formigas ajudam a espécie a se proteger contra seus inimigos naturais.

Reprodução e desenvolvimento do pulgão branco

Os pulgões brancos são insetos hermafroditas e ovíparos. Quando atingem a fase adulta, eles ficam cobertos por uma secreção cerosa e geram uma bolsa com nervuras para depositar os ovos. O saco formado é branco e tem cerca de 16 sulcos longitudinais. Ele serve para proteger e abrigar os quase mil ovos gerados pelo inseto.

Depois de os ovos eclodirem, as larvas ficam por dois dias no saco ovígero. Em seguida, elas se deslocam sobre a planta e ficam por 30 dias se alimentando nas nervuras medianas ou nos seus ramos. Logo após esse período de crescimento, a larva do pulgão branco se desloca para o pecíolo e folhas jovens, ficando ali para se alimentar por mais 20 dias.

Por fim, ao chegar na fase adulta, a cochonilha australiana se fixa na parte lenhosa do tronco para continuar se alimentando e iniciar um novo ciclo de postura. Depois que as larvas nascem, o pulgão branco morre agarrado ao órgão parasitado.

Pulgão branco

Consequências da infestação de pulgão branco

O grande problema da infestação de pulgão branco em plantas é que eles se alimentam da sua seiva, o que causa enfraquecimento e envenenamento. Assim, as árvores atacadas podem ficar deformadas, crescer menos, parar de dar fruto e ficar com as folhas amareladas.

Além disso, a secreção que o pulgão branco deposita na planta favorece o aparecimento de fungos, como a fumagina. Esse fungo cobre as folhas de negro e dificulta a respiração da planta por meio da fotossíntese. Em resultado, a planta fica extremamente debilitada e pode morrer.

Como eliminar pulgão branco?

A melhor forma de eliminar o pulgão branco em plantas é através do controle biológico. Nesse caso, são utilizados inimigos naturais da praga restabelecer o controle ecológico na plantação e diminuir a população da cochinilha australiana.

O inimigo natural do pulgão branco é a joaninha, pois tanto na fase larval como na adulta, ela se alimenta de pulgões. Contudo, para que o controle biológico seja eficaz, é preciso primeiro combater a infestação de formigas, já que elas ajudam a espécie e a se espalhar e lhe confere proteção.

De fato, são necessárias somente 50 larvas de joaninha para combater a praga em até 30 árvores. Todavia, em condições normais, o inimigo natural do pulgão branco já existe na natureza e não é preciso introduzi-lo.

Por outro lado, a aplicação de inseticidas deve ser feita somente em casos extremos, quando a praga já está amplamente distribuída e o número de predadores naturais está diminuído. Entretanto, a pulverização só pode ser feita quando os insetos estão na fase adulta e instalados na brotação.

Nesses casos, é recomendado usar o mesmo produto químico recomendado para minadores de folhas e outros tipos de cochinilha. Além disso, é importante mencionar que aplicar um inseticida de largo espectro pode eliminar também a população de insetos auxiliares importantes para o equilibro biológico.

Outra opção para controlar e eliminar a infestação de pulgão branco é através da pulverização de óleos naturais no inverno, pois eles criam um ambiente desfavorável para a postura de ovos. Além disso, pode ser aplicado Neem ou Piretrina como repelentes.

Pulgão branco

Como prevenir o aparecimento de pulgão branco?

Decerto, a melhor forma de eliminar essa praga é prevenindo o seu aparecimento. Para isso, é importante realizar podas regularmente a fim de permitir a entrada de luz solar e circulação de ar no interior da copa das árvores. Assim, a população da praga permanecerá estável e diminuirá no verão.

Por outro lado, com o intuito de criar um ambiente desfavorável para a sobrevivência do pulgão branco, deve-se limpar e retirar os ramos infectados, bem como realizar regas moderadas. Além disso, deve-se realizar adubações de acordo com as necessidades da planta, o que exigirá análises periódicas do solo.

Em contrapartida, é preciso criar condições favoráveis para o aumento da população dos inimigos naturais da espécie. Nesse caso, pode ser útil manter o solo ao redor da planta com vegetação herbácea controlada, seja ela semeada ou natural.

De fato, o pulgão branco pode prejudicar muito a saúde de diversas plantas. Entretanto, com a ajuda do controle biológico e algumas medidas de prevenção, essa praga pode ser eliminada. Gostou das dicas? Então dê uma olhada nos outros conteúdos do portal Agro 2.0 e fique por dentro de mais assuntos importantes!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo