Raízen é uma empresa de energia nascida da união entre Cosan e Shell

Inicio » Agronegócio » Raízen é uma empresa de energia nascida da união entre Cosan e Shell
14/06/2020 Por
Raízen é uma empresa de energia nascida da união entre Cosan e Shell

Raízen é a maior exportadora de açúcar de cana no mercado internacional

A energia elétrica da Raízen é gerada por intermédio dos bagaços da cana-de-açúcar, sendo a primeira a receber certificação no mundo.

A certificação concedida à Raízen foi emitida pela Bonsucro, configurando, por via de regra, uma exigência expressa da UE (União Europeia) para a exportação de etanol e açúcar.

Raízen

O que é Raízen?

Raízen é uma empresa de origem brasileira. A empresa está presente nas áreas produtoras de etanol e açúcar. Além disso, a companhia opera nos departamentos de geração de bioeletricidade e na distribuição e transporte de combustível.

O nome da empresa é uma junção das palavras “energia” e “raiz”, ou seja, os dois elementos fundamentalmente ligados às suas atividades. Nos dias atuais, a empresa é uma corporação de destaque.

De fato, é considerada, em nível mundial, uma das empresas mais competitivas do ramo energético. Além disso, a companhia retém um dos maiores faturamentos do Brasil. Assim, a corporativa se classifica com prevalência na fabricação brasileira de etanol derivado da cana-de-açúcar.

Mas os méritos colecionados pela Raízen não param por aí. No mercado externo, a empresa se consagra como a maior das exportadoras de açúcar derivado da cana.

De fato, as atividades da Raízen abarcam as distintas etapas relacionadas aos seus negócios. Por exemplo:

  • Distribuição e transporte de combustíveis;
  • Produção de etanol e açúcar;
  • Cultivo de canas de açúcar;
  • Logística;
  • Exportação;
  • Varejo de combustível por intermédio das estações de serviço que operam sob a multinacional Shell.

A Raízen é o que chamam de joint venture. Ela é formada pela Shell em conjunto com a Cosan. Atualmente, a companhia possui o incrível número de sessenta e um terminais destinados à distribuição.

A rede da empresa é formada, assim, por setecentas e vinte lojas de conveniência e quatro mil e setecentos postos de combustíveis em parceria com as marcas Shell. É importante ressaltar que a totalidade de usinas da empresa são autossuficientes.

Raízen

Cosan

Na condição de joint venture, a empresa Raízen está associada não apenas à Shell, como também à Cosan. Cosan é um grupo brasileiro privado, com negócios em múltiplas áreas, como gestão de propriedade agrícola, infraestrutura, logística e energia.

Fundada no ano de 1936, a Cosan surgiu no mercado após a Usina Costa Pinto ser inaugurada em Piracicaba. Algumas décadas mais tarde, mais precisamente no ano de 1986, a atuação da empresa no mercado foi diversificada sob direção de Rubens Ometto na presidência.

Isto é, a Cosan passou a investir em negócios e obter aquisições nos mais diversos setores. A partir de seus negócios, a Cosan exporta e produz, hoje, açúcar e etanol, com a geração de energia por meio de bagaço de cana.

Além disso, é também responsável pelo fornecimento brasileiro de gás canalizado. Atua, em conjunto, nas logísticas do açúcar e de outros granéis reservados à exportação. Atualmente, a Cosan exporta produtos para mais de quarenta países da Ásia, Europa e América do Sul.

Shell

Shell (ou Royal Dutch Shell, nome completo da marca) é uma petrolífera multinacional de origem anglo-holandesa. Em suma, as atividades principais da Shell são a extração do gás natural e o refinamento do petróleo.

A Shell ocupa a liderança entre as indústrias de energia solar e petroquímicas do mundo inteiro. Além disso, quando o assunto é receita, a multinacional é a maior do planeta.

Empresa Raízen

Nascida da união entre Shell e Cosan, a empresa Raízen faturou quase oitenta bilhões até o momento. Apesar de jovem, seu faturamento já faz páreo para gigantes. Afinal, a empresa tem menos de uma década de criação, tendo sido fundada no início da década, no ano de 2010.

Como vimos, a empresa é uma joint venture entre a multinacional Shell e a brasileiríssima Cosan. Seu faturamento, dessa forma, é um dos mais animadores entre as companhias do país. Além disso, atualmente, a empresa gera, em média, trinta mil empregos, o que soma pontos à tabela que a faz tão importante.

A atuação da empresa se estende por etapas variadas da cadeia produtiva de bioenergia, açúcar de cana e etanol. Sem dúvidas, um dos méritos mais impressionantes da empresa é sua infraestrutura, como será abordado logo mais.

Contudo, o investimento para manter as engrenagens de funcionamento ativas e operantes é alto. Por ano, a empresa aplica quase três milhões de reais. Essa quantia é distribuída para melhorias no âmbito da inovação, tecnologia e estrutura.

Confira abaixo cada uma das atuações da Raízen abordadas individualmente!

Exportação de açúcar

De fato, a Raízen lidera a exportação internacional de açúcar no mercado. A empresa produz, em média, quatro milhões de toneladas anuais do produto.

Raízen

Produção de etanol

Além disso, o posto de maior fabricante brasileira de etanol da cana-de-açúcar também é da Raízen. Com mais de dois bilhões de litros por ano, a empresa se classifica como uma das maiores fabricantes do mundo.

Os produtos da Raízen são distribuídos para os clientes da indústria tanto quanto para os consumidores finais, a partir da multinacional Shell.

Geração de energia

As fontes de energias mecânicas e térmicas da empresa são produzidas a partir da queima de folhas, palhas e bagaços. Ou seja, das biomassas das canas. Por meio do calor resultante, são feitos o etanol destilado e os processos de evaporação e tratamento de caldo.

A ação dos picadores é possibilitada pelo movimento do vapor da água. O mesmo pode ser dito sobre as turbinas que produzem eletricidade, das moendas e dos desfibradores. Todos, de fato, acionados via vapor.

Assim sendo, por meio da biomassa, todas as usinas têm em comum a autossuficiência no que tange a energia elétrica.

Distribuição de combustível

Dispondo de sessenta e oito terminais destinados à distribuição, a empresa comercializa e distribui cerca de vinte e cinco bilhões de litros em combustível. De fato, esses litros são designados para o segmento da indústria e do transporte. Abastece, além disso, os mais de cinco mil e quatrocentos postos da Shell.

A Raízen marca forte presença, também, em sessenta e oito aeroportos. Nestes locais, distribui combustíveis para aviação executiva e comercial.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo