Variados tipos de brócolis contribuem para o consumo do vegetal

Inicio » Agricultura » Variados tipos de brócolis contribuem para o consumo do vegetal
08/12/2020 Por
Variados tipos de brócolis contribuem para o consumo do vegetal

Tipos de brócolis produzidos no Brasil geram lucros de mais de R$ 1 bilhão ao ano. O cultivo de vários tipos de brócolis no país se concentra nas regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste, principalmente no estado de São Paulo, sendo fonte de renda para pequenos produtores.

A produção dos variados tipos de brócolis no Brasil tem crescido nos últimos anos. Em 2018, foram colhidas mais de 300 mil toneladas, tanto do tipo ramoso, quanto do tipo cabeça.

tipos de brócolis

O que é brócolis?

Brócolis é um vegetal da família Brassicaceae, a mesma da couve-flor, rúcula, mostarda e repolho, entre outras, de nome científico Brassica oleracea italica.

Conforme registros, o brócolis e sua família já eram cultivados durante o Império Romano. Entretanto, anotações apontam seu local de origem onde hoje se localiza a Turquia.

O vegetal, então, assim como são encontrados atualmente, foi domesticado e levado à Itália, um dos países mais consumidores de brócolis.

No Brasil, o consumo per capita anual de brócolis é de 900 gramas, aproximadamente. Já na Itália, esse número sobe para quase 10 kg/anuais.

O tipo de brócolis mais consumido não só na Itália, mas também em toda a região do Mediterrâneo, é a variedade comum.

Essa variedade, também conhecida como brócolis ramoso, broccolini, bimi ou italiano, possui caules grossos e longos, com folhagens verde-escuras.

Mas, aqui no Brasil, a variedade mais consumida é o brócolis ninja, também conhecido por brócolis americano e brócolis japonês.

Propriedades e benefícios do brócolis

Os tipos de brócolis mais comuns encontrados são resultados de manipulação genética, mas todos eles possuem alto valor nutricional.

O brócolis é fonte de fibras, vitaminas A, C e do complexo B, ácido fólico, além de minerais como cálcio, ferro, magnésio e potássio.

Ainda, é pobre em gorduras e possui baixas calorias: 100 gramas do alimento oferecem aproximadamente 20 calorias.

Entre os benefícios que o consumo regular de brócolis proporciona ao organismo, podemos destacar:

  • Auxilia no bom funcionamento intestinal;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Auxilia no controle do diabetes;
  • Previne a oxidação celular;
  • Combate e previne a anemia;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Auxilia a digestão.

tipos de brócolis

Cultivo de brócolis

Os tipos de brócolis, em princípio, são classificados pelo número de “cabeças” que possuem, ou seja, ramificações que apresentam flores.

Os chamados brócolis de cabeça possuem apenas uma inflorescência, compacta e firme, como é o caso do brócolis ninja.

O brócolis ramoso possui várias inflorescências, além de folhas e caules vigorosos.

As regiões com temperaturas mais baixas são as ideais para que a produtividade dos vários tipos de brócolis cultivados seja satisfatória.

Entretanto, a variedade híbrida (ninja) se adaptou bem às regiões mais quentes. Dessa forma, pode ser cultivada durante todo o ano.

O cultivo de brócolis deve ser realizado em locais com luz solar direta, em solo fértil e bem drenado.

Seu cultivo pode ser realizado tanto em canteiros quanto em vasos, além de áreas maiores, dependendo das pretensões do produtor.

A colheita do brócolis ramoso se inicia após 75 dias de sua semeadura, sendo colhido por várias vezes. Essa variedade, contudo, é bem mais perecível que o tipo ninja. Seu prazo útil, após a colheita, é de no máximo 18 horas.

Já a colheita da variedade híbrida (ninja) se inicia após 100 dias de seu plantio, sendo realizada uma única vez. Em comparação ao tipo ramoso, a variedade híbrida tem uma via útil maior, se conservada sob refrigeração.

A praga que mais acomete a plantação de brócolis é a podridão mole, que pode ser causada tanto por alguns fungos quanto por determinadas bactérias.

Ainda, a mancha de alternaria, causada por vários tipos de fungos, lagartas e pulgões, também podem acometer a plantação.

Tipos de brócolis

O brócolis é classificado em dois tipos: de cabeça única e ramoso.

Brócolis de cabeça

Os tipos de brócolis com cabeça única apresentam somente uma inflorescência central e grande. Essa variedade também é conhecida como brócolis japonês, ninja, americano e calabrês.

A variedade apresenta talos (pedúnculos) pequenos de coloração verde-brilhante, além de inflorescências pequenas. Não possui folhas.

Tanto as flores quanto os talos podem ser consumidos. O preço por unidade dessa variedade in natura pode ser encontrado por R$ 4,00 aproximadamente.

A versão congelada, embalagem com 300 gramas, pode ser encontrada entre R$ 3,90 a R$ 6,20, conforme a marca.

No Brasil, grande parte de sua produção se destina às indústrias de congelamento. Mas também pode ser encontrado in natura em feiras e supermercados.

tipos de brócolis

Brócolis ramoso

O brócolis tipo ramoso apresenta talos longos com várias ramificações de coloração verde. Além disso, possui inflorescências grandes também de coloração verde.

As flores, talos e folhas podem ser consumidos, ou seja, todo o vegetal é aproveitado. O brócolis ramoso é comercializado em maços com preço aproximado de R$ 12,00.

Entretanto, outra variedade também oferece nutrientes importantes para o organismo, o brócolis ramoso roxo.

Também conhecido com brócolis violeta da Sicília, a espécie híbrida apresenta inflorescências de coloração ora violeta-escura ora roxa. A variedade é comercializada em maços com preço aproximado entre R$ 19,00 e R$ 23,50.

Outra variedade híbrida, aliás, pouco conhecida, de nome brócolis romanesco, é resultante do cruzamento entre o brócolis e a couve-flor.

Seu formato encanta a muitos, pois possui florezinhas em espirais, umas sobrepostas às outras, de coloração verde-clara.

Mesmo que seu formato seja diferente em relação aos tipos mais comuns de brócolis encontrados no Brasil, traz muitos benefícios ao organismo.

É rico em ácido fólico, vitamina C, fibras, além de minerais como potássio e ferro.

A variedade pode ser encontrada em alguns supermercados, bem como em hortas, diretamente com o produtor.

É comercializado por unidade, sendo seu preço médio aproximado entre R$ 14,00 e R$ 17,90.

Como consumir brócolis?

Tanto o tipo de brócolis cabeça quanto o ramoso e o romanesco são altamente nutricionais.

Para que todos esses nutrientes não se percam, o ideal é que o cozimento seja feito no vapor ou assado. Entretanto, em nenhum dos métodos de cozimento, sua textura pode ficar macia demais, pois altera seu sabor.

Todas as variedades de brócolis podem ser servidas como acompanhamento de massas, carnes e aves grelhadas, por exemplo.

Além disso, também podem ser o ingrediente principal de diferentes pratos como sopa-creme e quiche, entre outros.

O cultivo de vários tipos de brócolis é de grande importância econômica no agronegócio. Além disso, gera milhares de empregos diretos e indiretos, desde o seu plantio até o processo de industrialização.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo