Plantação é aposta de pequenos produtores para grande lucratividade

Inicio » Agricultura » Plantação é aposta de pequenos produtores para grande lucratividade
25/07/2019 Por
Plantação é aposta de pequenos produtores para grande lucratividade

Produtores rurais de pequeno e médio porte, especialmente, encontram na plantação uma forma de ampliação de suas rendas

Alguns cultivos que sequer aparecem em determinadas pesquisas relacionadas à plantação, sobretudo por causa da pequena produtividade do Estado, ajudam pequenos produtores a aumentar o faturamento.

O setor mais relevante para a economia brasileira sempre foi o agronegócio, do qual a plantação faz parte. O país possui em seu território cerca de 63 milhões de hectares de plantações. Boa parte desses agricultores produz suas colheitas com baixos orçamentos.

Plantação

O que é plantação?

Plantação é o nome dado a qualquer local onde se cultiva plantas. O nome é dado também a terrenos cultivados, roças e lavouras.

O que é um pequeno agricultor?

Um pequeno lavrador tem trabalhos com mão de obra desempenhada, em sua grande maioria, por agricultores familiares. Possui residência e atividade econômicas ligadas à mesma área, geralmente pequenos lotes de terras.

O pequeno produtor também produz uma safra diversificada de cultura com pouca ou quase nada utilização de tecnologia. É assim que uma fatia considerável do setor agrícola no Brasil toca a economia.

Eventualmente essas fazendas vivem com a falta de recursos, tecnologia e instrução. Diante disso, seu resultado agrícola gera lucro baixo. Mesmo com toda essa dificuldade, 70% do mercado interno brasileiro é abastecido com seus produtos.

Onde está o grande agricultor?

No ano de 2018 o Brasil exportou cerca de 84 milhões de toneladas de soja. Isso demonstra que o grande agricultor destina seu produto exclusivamente para o mercado do exterior.

Os grandes produtores agrícolas desfrutam de interesses facilitados com o intuito de atingir concessões de crédito bancário, voltadas às suas produções rurais. Logo, com esse capital, o proprietário estabelece insumos rurais, garantindo um índice elevado de produção, aumentando seus lucros.

Pequenos e médios produtores alimentam milhões de brasileiros

Entretanto, mesmo com esse cenário, pequenos produtores são capazes de estabelecer meios para melhorarem seus resultados e terem um negócio bastante lucrativo.

O mercado interno ainda é muito bem explorado por pequenos produtores e sua influência é de essencial importância para a produção da lavoura no Brasil.

A estimativa é de que esse setor seja incumbido de 70% da produção de feijão, 87% da produção de mandioca, 58% da produção de leite, 59% da carne suína, além de 46% de todo o milho produzido no Brasil.

Mesmo sendo tão relevante para a economia do país, o pequeno e médio produtor tem muita dificuldade para cultivar suas culturas. Vendas dos imóveis rurais para grandes empresas ou latifundiários, falta de recursos financeiros para financiamentos de novas tecnologias, mão de obra de especialistas qualificados, entre outras questões, atrapalham o desenvolvimento do setor.

Por isso, é fundamental que o agricultor de pequeno porte escolha métodos que estimulem seus lucros. Para isso, uma boa saída é o investimento em mercados de nicho como, por exemplo, produtos para exportar ou entrar no mercado de orgânicos.

Plantação

Ideias de plantação

Muita gente comete o mesmo erro no momento em que pesquisa o que plantar e como ganhar dinheiro com isso. Escolhem apenas plantar produtos que dão mais dinheiro, ou que dão retorno em menos tempo.

Mas é preciso analisar muito mais circunstâncias antes de chegar nessa parte. Veja abaixo o que precisa ser considerado antes de sair plantando:

  • Não é qualquer terra que permite plantar qualquer coisa, então, primeiramente, estude seu terreno;
  • Também é igualmente importante analisar o clima local e período de chuva;
  • Avalie o comércio interno e considere as condições de exportação;
  • Pense em melhorar suas aptidões e habilidades da administração gerencial;
  • Procure por parcerias que possam lhe trazer benefícios;
  • Tenha uma estratégia de marketing adequada para seus negócios;
  • Invista em tecnologia de ponta no mercado.

O quê e como plantar?

Algumas plantações são bastante lucrativas para o setor agrícola de pequeno porte. Pensando nisso, fizemos uma lista com alguns itens com mais informações para te ajudar.

Plantação de arroz

É um dos produtos bastante lucrativos nesse ramo, pois está presente em basicamente todas as refeições dos brasileiros. Esse cereal necessita de água abundante para seu desenvolvimento, portanto, evite o seu plantio em regiões secas.

Além disso, esse é um produto que segue sempre estável no mercado por conta de sua alta demanda.

Plantação de feijão

O feijão é outro produto que é consumido quase diariamente pelos brasileiros. O cultivo do feijão é feito para remover suas sementes, que contêm grande valor nutricional.

Climas de temperaturas baixas como o sul do Brasil não são muito adequados para seu plantio. O solo precisa ser fértil e bem drenado, assim como o feijoeiro precisa receber bastante luz solar.

Plantação de maracujá

Por necessitar de investimento médio e trazer retorno rápido, além de ser facilmente comercializado, o plantio de maracujá cresceu 30 vezes no cenário nacional nos últimos 15 anos.

A planta pode se adaptar a qualquer clima, dá frutos em todas as estações do ano, tornando sua renda maior. Com um sistema de irrigação, é possível desenvolver os frutos mais rápido, ampliando sua produção.

Plantação de soja

Outro grão que aparece entre os mais consumidos no país é a soja, pois seu processamento a converte em diversos tipos de iguarias presentes no cotidiano alimentar brasileiro.

O grão é exportado principalmente para o mercado europeu. Além disso, a soja tem um plantio caro e necessita de um alto investimento para se produzir com qualidade.

Plantação

Plantação de milho

Extremamente rico em nutrientes e um dos mais consumidos do mundo, o milho é o principal cereal lavrado no Brasil, com 54,37 milhões de toneladas produzidos anualmente. O seu setor é estável e lucrativo, principalmente por conta da sua exportação.

A planta pode se adaptar a qualquer tipo de solo e as condições climáticas para seu plantio são cômodas. Sua variação comercial contribui para um mercado bastante próspero e uma boa rentabilidade.

Plantação de café

O consumo do café é gigante no Brasil, que hoje é considerado o maior produtor e exportador do mundo. O pé de café se adapta facilmente aos climas do nosso país e seu cultivo se dá em todo o território nacional.

O principal ponto é que a plantação do café é vista como um dos pilares da economia do país. Por ser estável, esse setor encontra baixos riscos de perda financeira.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo