Conheça os 5 principais tipos de carne e suas características

Inicio » Pecuária » Conheça os 5 principais tipos de carne e suas características
03/10/2020 Por
Conheça os 5 principais tipos de carne e suas características

Protagonista da cultura brasileira, a carne é fundamental para a economia mundial. Por ter um passado totalmente ligado ao investimento na pecuária, a forte ligação do brasileiro com os tipos de carne é fruto de uma relação que já dura séculos. É o produto que mais circula dentro do país, rendendo lucros exorbitantes para comerciantes, empresários e restaurantes. E o ritmo econômico forte também pode ser observado em relação ao mercado mundial, que está sempre de olho nestes produtos.

Atualmente, o Brasil é o principal produtor de tipos de carne do mundo (principalmente quando o assunto é carne bovina). Já são muitos anos de investimento em tecnologias que auxiliam todo o processo, trazendo maior produtividade e lucro para o mercado externo. Esse empenho fez com que o produto brasileiro chegasse em mais de 150 países, atendendo todas as variedades possíveis.

tipos de carne

O que é carne?

Carne é a parte muscular do corpo dos seres vivos, com exceção das bactérias e dos vegetais. Assim, o uso mais comum deste termo diz respeito ao ramo de alimentação, pois é assim que nos referimos aos músculos retirados de vacas, porcos, cabritos, bois, coelhos e muitas outras espécies.

De acordo com a cadeia alimentar, todo ser vivo se alimenta da carne de outro ser vivo. Por isso, a carne é responsável por trazer uma infinidade de nutrientes importantes para o corpo humano, como é o caso das proteínas, minerais e lipídios.

Sempre abaixo da pele dos animais, este item pode contar com a presença de até mil compostos durante a fase de produção e preparação. Para um comércio eficiente, estes elementos são importantes para trazer mais sabor e alongar a vida útil.

Entre os recursos adicionados, podemos destacar o álcool, os furanos e o carbono. Também existem cuidados especiais em relação aos tipos de corte e ao armazenamento, pois são fatores primordiais para que o alimento possa ter alguma alteração no sabor. Fora do ambiente culinário, a carne também assume uma série de significados religiosos e filosóficos.

A carne na economia mundial

De acordo com números analisados durante o ano de 2019, o Brasil continua com grande força no mercado mundial. Só em acordos com a China, as vendas aumentaram em 80% durante os oito primeiros meses do ano. Foram cerca de 980 mil toneladas negociadas com o governo chinês, representando um aumento de 54% no volume em comparação com 2018.

No entanto, apesar dos excelentes números recentes, os dados indicaram que o Brasil perdeu espaço no mercado mundial em um recorte referente aos anos de 2007 e 2017. No início desta análise, o país apresentava um volume de 23,5%, liderando o ranking das exportações globais e apresentando um lucro de US$ 11,1 bilhões por ano. Hoje, o Brasil ocupa a segunda posição atrás dos Estados Unidos, apresentando 17,4% mesmo com lucro de US$ 15,3 bilhões.

E até no mercado interno foi constatada uma oscilação impactante. Entre setembro e dezembro de 2019, o preço dos tipos de carne ficou mais caro para o consumo da população. O Governo justifica a inflação citando os acordos com os chineses, o aumento do dólar e a comum procura potencializada pelas festas de fim de ano. Carnes simples, como o coxão mole e o contrafilé, tiveram aumentos de taxas superiores a 40%.

Ainda neste cenário, entretanto, o interesse do brasileiro pelos tipos de carne está longe de diminuir. Entre os meses de novembro e dezembro de 2019, as buscas por carne no Google foram as mais constantes em todo o Brasil. As pessoas procuravam saber por quais motivos os preços aumentaram tanto, além de procurarem por peças que poderiam ser úteis para as festas de final de ano.

tipos de carne

Carne bovina

A carne bovina é o principal produto do Brasil. Mas para entender mais sobre este alimento, é preciso saber que os cortes do boi são divididos em duas categorias.

As chamadas “carnes de primeira” são extremamente mais macias e estão nas regiões menos exercitadas do corpo, contendo um menor volume de gordura. Entre elas, podemos citar picanha, maminha, contrafilé, filé mignon, baby beef, alcatra e patinho.

Já as “carnes de segunda” se caracterizam por serem mais rígidas, estando em regiões totalmente expostas dos animais. No entanto, é importante destacar que esta classificação diz sobre a consistência da carne, não interferindo no sabor. As mais famosas são o coxão duro, acém, costela, fraldinha, paleta, capa de filé e músculo dianteiro.

Carne branca

É chamado de carne branca o alimento que é proveniente de animais como aves e peixes. Entre as mais famosas, podemos citar o salmão, o atum, o bacalhau e outros pescados. Já falando das aves, o frango é o que mais domina o mercado nacional, também sendo um dos fatores de destaque para que a exportação de carne atinja excelentes resultados.

Entre os benefícios, a carne branca traz excelente volume de ômega 3 e ômega 6, além da presença de ácidos graxos. Alimentar-se desta carne com regularidade fará com que todo o corpo funcione de forma regular, trazendo um fortalecimento importante para a saúde do cérebro e também cardiovascular.

tipos de carne

Carne de porco

Rivalizando com a carne bovina e, em muitos casos, sendo mais vantajosa por questão de preço, a carne de porco também oferece muitas possibilidades. Os cortes derivados dos suínos são extremamente valorizados pela culinária, podendo compor pratos saborosos e sofisticados. Até para o consumo mais popular, a linguiça aparece como um dos alimentos de destaque.

Carne de soja

Rica em proteína vegetal, a carne de soja é uma excelente opção para quem segue a dieta vegana. Ela é processada por meio de um maquinário, que se utilizada dos grãos de soja aplicados em alta temperatura. Com o processo de desintegração, os farelos formam uma espécie de farinha insolúvel em água. Com um tratamento de textura, o produto acaba ficando parecido com a carne moída.

Carne de sol

Famosa em todo o Nordeste do Brasil, a carne de sol não é, efetivamente, exposta aos raios solares. Assim, trata-se de uma modalidade de conservação da carne, normalmente bovina, utilizando-se de espaço ventilado e sal para conserva. Estes detalhes fazem toda a diferença no sabor do produto final.

Outros tipos de carne importantes no mercado também fazem sucesso dentro e fora do Brasil, como a carne de carneiro, a carne seca, a carne de pato e a carne de avestruz.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo