Tomate cereja é uma espécie menor, entre 3 e 10 cm de diâmetro

Inicio » Agricultura » Tomate cereja é uma espécie menor, entre 3 e 10 cm de diâmetro
20/10/2020 Por
Tomate cereja é uma espécie menor, entre 3 e 10 cm de diâmetro

O tomate cereja é uma excelente opção para quem deseja plantar em casa. O tomate cereja apresenta baixas calorias, sendo apenas 32 a cada 200 g. Decerto, é um fruto apetitoso, leve e uma ótima alternativa para os períodos mais quentes. Isto é, o fruto é menos ácido e mais adocicado que os demais tipos de tomate, caindo bem em quaisquer saladas.

Principalmente, o tomate cereja contém os mesmos nutrientes e propriedades que os demais frutos (consideravelmente maiores). Semelhantemente aos vegetais pequenos, ele é bem fácil de plantar.

Tomate cereja

O que é tomate cereja?

O Solanum lycopersicum (nome científico do tomate cereja) consiste em uma espécie que, conforme mencionado, é de menor tamanho. Inegavelmente, o seu sabor é mais doce quando comparado ao dos tomates comuns.

No entanto, é utilizado in natura, em enfeites de pratos ou saladas.

A princípio, seu diâmetro não excede os 10 centímetros e seu formato é similar ao de uma esfera.

Ademais, vale ressaltar que a espécie é cultivada desde os primeiros anos do século XIX e se originou nas regiões que, na atualidade, integram o Chile e o Peru.

Posto que a espécie mais comercializada nos dias atuais foi elaborada no Oriente Médio, os pesquisadores israelenses buscavam um fruto mais resistente ao apodrecimento.

Benefícios do tomate cereja

Muitos pensam que o tomate cereja é, na verdade, um legume ou uma verdura, porém, todas as variedades de tomates são consideradas frutos. Entretanto, esse fato não reduz os benefícios do tomate cereja à saúde.

Dessa forma, o tomate cereja tem sido alvo de constantes dúvidas. Em contrapartida, ele possui características idênticas às de outros tipos. Conforme reconhecido pelos especialistas, o único elemento diferente consiste em seu sabor.

Ademais, isso ocorre por ele amadurecer mais rápido, sem chegar às dimensões “normais”. Apesar dessas observações, há claras vantagens na inserção deste fruto em sua alimentação diária. Entre elas, destacam-se:

Tomate cereja

1. Saúde dos olhos

O tomate cereja é bastante rico em antioxidantes. Dessa maneira, ela ajuda a retardar o enfraquecimento e o envelhecimento muscular. Além disso, a presença de licopeno (carotenoide, ou seja, pigmento natural que confere a tonalidade vermelha) e vitamina A contribuem para a manutenção da saúde dos olhos.

2. Ganho muscular e perda de peso

Em suma, devido ao fato de ter baixos teores calóricos, quando o tomate cereja é adicionado às suas refeições, ele contribui para equilibrar a dieta, sem engordar. Isto porque é extremamente rico na substância chamada “tomatidina”, capaz de inibir a atrofia muscular, ajudando na síntese proteica.

3. Prevenção da diabetes

Importante fonte de cromo (um mineral que auxilia a insulina na tarefa de regular os níveis de açúcar na corrente sanguínea), o tomate cereja exerce uma função essencial no organismo, reduzindo ou prevenindo os efeitos nocivos da diabetes.

Desse modo, ele é um excelente aliado para os indivíduos que pertencem a este grupo de risco e para quem já recebeu um diagnóstico confirmando a existência da enfermidade.

4. Fonte de potássio

Primeiramente, o potássio é tido como um dos mais abundantes nutrientes do tomate cereja, sendo crucial para evitar distúrbios digestivos, câncer e doenças arteriais. Precipuamente, carregar consigo uma pequena porção do fruto para saciar a fome entre refeições é, certamente, uma ótima ideia.

Como plantar tomate cereja?

Para ter como plantar tomate cereja eficientemente, lembre-se de que o controle incorreto de pragas e a falta de correção dos solos são, ainda, os principais equívocos cometidos pelos grandes e pequenos produtores.

Enfim, trata-se de uma variedade que apresenta frutos diminutos, com polpa fina e duas cavidades. Portanto, o tomate cereja é uma boa alternativa para quem deseja plantar os frutos em casa.

Eventualmente, a profundidade de sua raiz gira em torno de 60 centímetros, com a colheita sendo iniciada cerca de três meses após o plantio. Os equívocos supramencionados causam desenvolvimentos insatisfatórios, visto que o manejo inadequado de doenças e pragas leva as plantas a um menor período produtivo.

Tomate cereja

Preparo do solo

Aliás, antes de começar o plantio, é necessário averiguar se o solo no qual o tomate cereja será plantado tem boa drenagem e relevo suave. Nesse sentido, a observação do clima também é importante, à medida que o cultivo pode ser efetuado ao longo de todo o ano em regiões que se apresentem mais amenas.

Sobretudo nas regiões de climas mais quentes, o verão pode prejudicar consideravelmente o desenvolvimento do fruto em campos abertos. Assim, para obter boas produções de tomate cereja nas regiões de altas temperaturas, é preciso investir nos cultivos em estufas.

Plantio de tomate cereja

Surpreendentemente, conseguir boas sementes não depende, apenas, de comprar os produtos nos supermercados e, depois, retirá-las das embalagens para o plantio; é imprescindível que os tomates cultivados sejam oriundos de sementes híbridas. Dito de outra forma, as sementes devem ter passado por processos de melhoramento genético.

Igualmente, é necessário adquirir sementes, prioritariamente, em pontos de vendas fiscalizados e devidamente autorizados. Certamente, essa iniciativa assegura a procedência, a qualidade e a padronização das sementes. Isto é, seu potencial e vigor germinativo.

Posteriormente, dada essa hibridação, será possível verificar a inexistência de uniformidade dos frutos, que poderão ser menores ou maiores. Porque, no caso dessas sementes serem efetivamente utilizadas, a chamada “planta filha” terá características distintas de sua “planta mãe”.

Com efeito, após comprar as sementes, é preciso realizar uma análise do solo a fim de verificar a necessidade (ou não) de correções a partir da utilização de adubos ou calcário, antes de iniciar o plantio.

Este deverá ser feito em sulcos ou em covas, nas quais serão colocados os adubos orgânicos ou químicos e, na sequência, plantadas as mudas, já previamente preparadas (cerca de 25 dias de antecedência).

Antes de mais nada, é preciso aguardar esse período. Primordialmente, as plantas apresentarão cerca de 5 folhas definitivas. Porquanto, as mudas de tomate cereja devem ser transportadas à lavoura, estufa ou jardineira.

No caso das lavouras, os espaçamentos para o plantio podem ser de 60 centímetros entre as plantas que se encontrarem nas linhas de plantio e 1 metro entre cada uma dessas linhas.

Irrigação

Contudo, o tomate cereja é muito sensível ao clima. Analogamente, é altamente recomendável que os cultivos sejam irrigados. Por certo, as irrigações variam segundo as especificidades de cada região, devendo ser muito cuidadosas. Isso significa que os produtores devem utilizar equipamentos capazes de analisar precisamente os níveis de umidade do solo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo