Valor agregado incentiva inovação e produtividade no campo

Inicio » Agronegócio » Valor agregado incentiva inovação e produtividade no campo
30/04/2019 Por
Valor agregado incentiva inovação e produtividade no campo

Valor agregado é uma noção que permite a mensuração do valor criado por um agente econômico

O valor agregado é um conceito que, no mercado, também é conhecido como valor econômico adicionado ou simplesmente valor adicionado.

Valor agregado pode ser definido, portanto, como o valor adicional que bens, produtos e serviços adquirem quando são transformados de alguma forma durante o processo produtivo.

Valor agregado

O que é valor agregado?

Um produto de alto valor agregado é deve apresentar o que é conhecido como valor percebido, ou seja, o que o consumidor percebe. Afinal, esse tipo de produto ou serviço costuma ser mais caro.

Portanto, o consumidor precisa ser convencido dos motivos que o levarão a investir mais para adquirir o produto.

No agronegócio, assim como em outros segmentos, agregar valor a um produto depende uma série de variáveis. Porém, a equação qualidade percebida por custo percebido deve estar obrigatoriamente presente quando o assunto é valor agregado ao produto.

Sendo assim, o consumidor deve entender o que é valor agregado. Então, será convencido quando encontrar a proporção perfeita entre qualidade e custo.

Trabalhar a imagem de uma marca, por exemplo, é uma ação que pode agregar valor ao produto. Muitas pessoas aceitam pagar mais caro por um produto por admirarem a marca e compartilharem dos seus valores, por exemplo.

No agronegócio, é cada vez maior o número de consumidores que procura produtos de produtores e empresas que respeitam o meio ambiente e executam ações sustentáveis. Criadores que valorizam a qualidade de vida dos animais e promovem abates humanitários, por exemplo, são cada vez mais procuradas.

O abate humanitário é que um conjunto de técnicas que visa minimizar o sofrimento dos animais que são destinados ao abate. São soluções que incluem desde o transporte da fazenda até o frigorífico em um manejo calmo e sem estresse, até o insensibilização, que é a perda da consciência desses animais. Esse tipo de prática, portanto, entra na definição de valor agregado.

Como agregar valor

O mercado está cada vez mais competitivo, tanto no âmbito nacional quanto no internacional. Neste cenário, vender commodities e produtos agrícolas é um desafio difícil para produtores e cooperativas.

O mercado de commodities, além de muito concorrido, é sensível à oscilações de preço e a barreiras sanitárias, entre outros fatores. O valor de exportações do agronegócio brasileiro foi de US$ 90 bilhões nos últimos anos. No entanto, segundo especialistas,ainda é preciso garantir uma menor dependência de commodities.

Para garantir a competitividade do agronegócio, é fundamental investimento em inovação e na agregação de valor ao produto agrícola. Por isso é importante descobrir como agregar valor à sua produção.

Selo de certificação como valor agregado

O empresário rural, portanto, deve buscar estratégias para conseguir se destacar nesse cenário. Afinal, o consumidor está cada vez mais inclinado a comprar artigos e serviços diferenciados e únicos.

Uma alternativa é buscar, por exemplo, certificação especial para os produtos. Essa estratégia já é amplamente utilizada pelos produtores de orgânicos. Produtos com selo de origem controlada ou que comprovem a sua a sua cultura regional também podem ser vendidos como mercadorias com valor agregado.

Além deles, artigos que tenham sido produzidos de forma ambientalmente responsável devem conter selos que os diferenciem. Desta forma, o preço pago pelo consumidor final é significativamente maior e a margem de lucro do produtor também.

Outros exemplos de produtos com valor agregado são aqueles comercializados em uma embalagem especial, os vinculados a alguma atração turística ou os que têm receitas exclusivas.

Sustentabilidade pode aumentar valor agregado de um produto

Valor agregado gera mais emprego e renda

Um exemplo de estratégia para agregar valor é incluir o consumidor no processo de produção. Um produtor de vinho que promove um evento não só para vender, mas que permita aos turistas acompanhar e até ajudar na colheita das uvas pode ser uma opção atrativa.

O resultado é que o produtor deixou de vender apenas vinho para vender uma experiência turística, cultural e gastronômica.

Agregar valor aos produtos produzidos agrícolas é ajudar a garantir a sustentabilidade das propriedades rurais e a geração de emprego e renda. O valor agregado, portanto, eleva os padrões de qualidade, incentiva a inovação e a implantação de novos processos no meio rural.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo