Ácido fólico é uma vitamina hidrossolúvel de importância no organismo

Inicio » Agronegócio » Ácido fólico é uma vitamina hidrossolúvel de importância no organismo
10/10/2019 Por
Ácido fólico é uma vitamina hidrossolúvel de importância no organismo

Ácido fólico é essencial para mulheres grávidas

Ácido fólico é uma vitamina importante, sobretudo para gestantes e mulheres que pretendem engravidar. Afinal, ele previne algumas malformações em recém nascidos.

O ácido fólico é um tipo de vitamina B e deve ser tomado em suplementos ou consumido através de alimentos que o tenham na composição.

Ácido fólico

O que é ácido fólico?

Ácido fólico é um tipo de vitamina B, é normalmente encontrado em alimentos como:

Em suma, o ácido auxilia o corpo na produção e mantimento de células novas. Além disso, previne alterações anormais no DNA que podem desencadear cânceres.

Enquanto medicamento, o ácido é utilizado para tratar sua deficiência e algumas variações de anemia. Ou seja, ausência de glóbulos vermelhos provocada pela deficiência no ácido fólico.

Às vezes, o ácido é combinado a outros medicamentos no tratamento da anemia perniciosa, aplástica ou normocítica.

No entanto, não trata a deficiência de vitamina B12 e não previne danos eventuais na medula espinhal. Portanto, é importante tomar todos os medicamentos conforme as instruções.

Para que serve o ácido fólico?

Saber para que serve o ácido fólico é essencial para quem está pensando em inclui-lo em sua dieta. Como dito, a vitamina B9 inclui folato e ácido fólico, sendo importante para várias funções no corpo.

Em suma, o fólico é vital para a produção de glóbulos vermelhos, bem como:

  • Reparar DNA e RNA;
  • Auxiliar no crescimento e rápida divisão celular;
  • Melhorar a saúde do cérebro.

Ácido fólico

Quem deve tomar?

O folato não pode ser armazenado no corpo, então, é preciso adicioná-lo em sua dieta todos os dias. As mulheres precisam de 400 microgramas de folato por dia.

Assim, mulheres e adolescentes que pretendem engravidar precisam de 400 microgramas extras de fólico como suplemento todos os dias. Além disso, é imprescindível combiná-lo a uma dieta saudável.

Muitas mulheres não consideram o fólico relevante porque não estão planejando uma gravidez. Contudo, pesquisas mostram que metade das gestações não é planejada.

Portanto, especialistas recomendam que todas as mulheres que possam engravidar tomem um suplemento diário. Isto é, independentemente de pretenderem ou não engravidar.

A pesquisa mostra que as mulheres não recebem ácido fólico suficiente de seus alimentos. Assim, tomar um suplemento de ácido fólico diariamente é a melhor maneira de reduzir o risco de ter um bebê com um problema no tubo neural como a espinha bífida.

Ácido fólico na gravidez

De fato, o consumo adequado de fólico é particularmente importante entre mulheres grávidas.

Afinal, o ácido fólico na gravidez é de grande ajuda para impedir que o feto acabe desenvolvendo alguma deformidade congênita na coluna ou no cérebro. Incluindo, como dito acima, defeito no tubo neural, tais como anencefalia e espinha bífida.

Quanto às mulheres que planejam uma gravidez, a ingestão do medicamento deve ser feita por um ano inteiro antes de haver a concepção. Assim, reduzirão o risco de desenvolver deficiências.

Contraindicações

Esse medicamento não deve ser administrado em pacientes que já manifestaram reações alérgicas ao ácido fólico.

Antes de consumir a substância, comunique seu doutor caso tiver infecção ou doença renal. Além disso, avise se lidar com alcoolismo ou algum tipo de anemia não confirmada por exames laboratoriais ou diagnosticada pelo médico.

Consulte seu médico sobre a administração de ácido fólico durante a amamentação ou período gestacional. Não é esperado que o ácido fólico cause prejuízos ao bebê. No entanto, a necessidade por um aumento na dose pode acontecer durante a gravidez.

Por isso, consulte seu médico a respeito da quantidade de fólico indicada no período gestacional. Além disso, caso esteja amamentando, a quantia da dose também pode variar.

Tome ácido fólico estritamente de acordo com a maneira como será prescrita pelo seu médico. Isto é, não exceda o tempo ou a quantidade recomendada pelo doutor. Em suma, procure sempre seguir as instruções prescritas no rótulo.

De modo geral, tome ácido fólico acompanhado de um copo com bastante água. Ocasionalmente, a dose pode ser alterada pelo médico para certificar-se de que a paciente obtenha os melhores resultados com o medicamento.

Armazene o fólico longe do calor e umidade e em temperaturas ambiente.

Ácido fólico

O que devo fazer se perder o horário do remédio?

Caso esqueça de tomar uma dose, procure tomá-la o quanto antes possível. No entanto, se a hora da próxima dose estiver se aproximando, pule a dose esquecida e aguarde pela seguinte, ou seja, não tome medicamento adicional para compensar aquela dose esquecida.

Como devo proceder se sofrer uma overdose?

No caso de ingestão excessiva do medicamento, procure imediatamente por unidade médica de atendimento de emergência.

Os sintomas de overdose costumam incluir:

  • Formigamento ou dormência;
  • Dor na língua ou na boca;
  • Fraqueza;
  • Confusão;
  • Sensação de cansaço;
  • Dificuldade de concentração.

Quais são as restrições para o uso do ácido?

Consulte as recomendações do seu médico quanto a quaisquer restrições de atividade, alimento ou bebida.

Efeitos colaterais do ácido

Caso apresente algum desses sinais de reações alérgicas, procure uma unidade de emergência:

  • Urticária;
  • Respiração difícil;
  • Inchaço na garganta, língua, lábios ou rosto.

Reações e colaterais mais brandos são incomuns, mas podem incluir:

  • Rubor;
  • Perda de apetite ou náusea;
  • Gases ou inchaço;
  • Gosto desagradável ou amargo na boca;
  • Distúrbios do sono;
  • Depressão;
  • Irritação.

Esta não é uma lista completa de efeitos colaterais e outros podem ocorrer, portanto, fique atento.

Doenças ligadas à carência de ácido fólico

  • Autismo

Um estudo ligou o autismo às deficiências no  ácido fólico. No estudo, foi concluído pelos investigadores que:

“O ácido fólico periconcepcional pode diminuir a incidência da desordem de espectro do autismo naqueles cujo metabolismo é ineficiente em folato”.

  • Fenda labial e palatina

Um estudo realizado no ano de 2014 concluiu que a suplementação feita com o medicamento pode reduzir o risco de uma fenda palatina.

  • Artrite reumatoide

A substância é usada regularmente para substituir as prescrições do metotrexato para casos de artrite reumatoide.

O metotrexato, por sua vez, se trata de um medicamento eficiente para tratar o quadro. Entretanto, seu efeito também causa a remoção do folato do corpo.

Isso pode desencadear efeitos colaterais gastrointestinais entre 20 e 65% dos pacientes que utilizam o medicamento.

No entanto, os suplementos do ácido fólico tendem a demonstrar uma redução em 79% nos efeitos gastrointestinais negativos do metotrexato.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo