Açougues precisam de boa refrigeração e controle de qualidade

Inicio » Agronegócio » Açougues precisam de boa refrigeração e controle de qualidade
13/09/2019 Por
Açougues precisam de boa refrigeração e controle de qualidade

Qualidade das carnes nos açougues deve ser sempre checada com cautela

O armazenamento correto de carnes, bem como dos demais perecíveis, em açougues, precisa apresentar constante preocupação. Tal atenção é devida no recebimento, manuseio e armazenamento nos balcões refrigerados.

Isso garante que todos os produtos mantenham uma boa qualidade nos açougues. Assim sendo, chegarão ao consumidor conforme condições padronizadas e adequadas.

Açougues

O que são açougues?

Açougues são estabelecimentos comerciais que vendem carnes frescas e salgadas. A palavra vem da língua árabe as-suq, que significa “feira”, “mercado”.

Em 1254 ocorreu o registro primórdio como azougue. Contudo, somente em 1269 é que evolui para aaçougue para, em seguida, tornar-se “açougue”.

A incredulidade do Açougue Vegano

O veganismo atualmente vem ganhando cada vez mais um número maior de adeptos. Tanto que, em São Paulo, existe um estabelecimento chamado Açougue Vegano.

Parece brincadeira, mas é verdade. Neste açougue não existe nenhum produto que tenha origem animal.

O mais curioso de tudo é que aproximadamente 60% da clientela do Açougue Vegano não é vegetariana. Muitas pessoas frequentam o lugar por conta das opções saborosas e saudáveis à venda.

Lá se encontra uma variedade enorme de carnes de origem vegetal, assim como uma gama de derivados, como queijos.

Existe açougue ético?

Ainda com relação ao respeito pelos animais, como os vegetarianos e veganos pregam, agora também existem os açougues éticos. Nesses estabelecimentos são oferecidas carnes de animais tratados em pastagens diferentes.

Mas como? O criadouro tem como objetivo o bem-estar, conquanto a conservação ambiental.

É um contraste forte em relação à agricultura de escala industrial, pois esta produz o maior percentual de carne do Brasil.

Em vários estados há críticas e até mesmo investigações acerca de:

  • Resíduos inconvenientes;
  • Utilização excessiva de antibióticos;
  • Condições perigosas e desumanas de tratamento dos animais.

O alvoroço acerca do assunto vem sendo desmedido, tanto que vários produtores já alteraram suas práticas. Este sistema de açougue ético está enraizado da pecuária ao pasto, onde animais que usam a pastagem para se alimentar possuem um papel relevante na sustentabilidade.

Para isso, é fornecido adubo para os fertilizantes, estimulando o crescimento de uma gama de gramíneas. Sem contar com o arado leve do solo com os cascos, permitindo que águas da chuva alcancem as raízes.

Os fiéis defensores desse sistema afirmam que ele é capaz de regenerar diversas e grandes áreas para pastagens. Estas têm bastante potencial para reter carbono ao invés de emiti-lo, tal fazem as operações das fazendas industriais.

Alguns críticos dessa abordagem alternativa comentam que não são todas as pesquisas que mostram bem o “sequestro” do carbono nas pastagens. Assim, também, que os sistemas “éticos” não conseguem produzir carne o bastante para o atendimento da atual demanda.

Açougues

Nossa Carne

O Burguer Shop Nossa Carne é bastante conhecido em Vila Prudente, bairro da cidade de São Paulo. É basicamente um açougue que tem dentro de suas instalações um restaurante e hamburgueria.

Não é comum ver esse tipo de estabelecimento em nosso país. No entanto, ao que parece, no exterior é diferente. Existem vários dentro desse molde, levando a interessante junção da “fome com a vontade de comer”.

Uma das dicas primordiais para se obter um hambúrguer delicioso e de qualidade é o trabalho que se faz com boas carnes. Pensando por esse lado, um açougue tem todas as condições básicas de preparo de hambúrgueres com níveis altíssimos. Somando tal ponto com os pedidos feitos pelo público, surgiu o Nossa Carne.

A fachada do local não condiz muito com o das hamburguerias convencionais. Na verdade, se parece muito com a mistura inusitada de restaurantes convencionais.

A parede é de tijolinhos, tendo uma boa rampa para acesso frente à porta principal, algo essencial nos dias de hoje quando pensamos na inclusão de pessoas com deficiência. A logomarca na fachada passa o sentido de que ali funciona somente um lugar que vende comida, nada de hamburgueria ou açougue.

Logo quando se entra, é possível encontrar um clima delicioso em vários sentidos por conta da “mistureba”. De um lado há as cadeiras e mesas típicas do restaurante; do outro, bancadas bem refrigeradas com as carnes. Tem também acessórios e utensílios de churrasco.

O Nossa Casa é algo original que os paulistas podem desfrutar com prazer.

Açougues

O Açougue Central é a casa de carnes do Alex Atala

Se você for ao Açougue Central com certeza a expectativa da visita será demasiada alta. Isso porque este estabelecimento leva a assinatura de ninguém mais, ninguém menos que o famoso chef de cozinha Alex Atala.

A proposta do restaurante é valorizar determinados cortes de carne que são menos conhecidos. A boa localização, em um dos endereços mais bem quistos de São Paulo, também contribui para o sucesso.

Essa aposta acertada do chef vem valorizando combinações únicas com as carnes servidas de forma ímpar. Assim, vale muito a pena conferir!

O nome sugere que o clima traga o ar chique-rústico de um estilo pouco popular no Brasil. E é isso mesmo o que acontece. O estabelecimento faz várias associações bem interessantes quanto a temática de açougue na decoração, bem como na roupa dos funcionários e até na fachada.

Os cortes das carnes ficam expostos no fundo desse restaurante, onde o cliente pode ver o preparo das mesmas também. Os pratos se dividem em:

  • Entradas;
  • Grelhas (onde há a chance de se escolher o corte, bem como os acompanhamentos);
  • Panelas;
  • Fornos;
  • Pratos sugeridos pela casa.

A grande sacada de Alex Atala em seu Açougue Central, entretanto, é demonstrar para seu público fiel o outro lado dos cortes das carnes. Os menos nobres também são deliciosos quando bem feitos. Dessa forma, não se encontram aqueles cortes tão clássicos, tal como T-Bone, por exemplo.

Como não poderia ser diferente, as escolhas das carnes são responsáveis e rigorosas. Seguem vários padrões de boa qualidade, que o chef faz questão que seja evidenciado nos versos dos cardápios.

Açougues, hoje em dia, não se resumem apenas em estabelecimentos comerciais onde se vende carne de diversas origens animais. É possível encontrar o diferencial da ética e responsabilidade com o produto oferecido ao consumidor.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo