Açúcar refinado se destaca entre as principais culturas brasileiras

Inicio » Agronegócio » Açúcar refinado se destaca entre as principais culturas brasileiras
10/09/2019 Por
Açúcar refinado se destaca entre as principais culturas brasileiras

O açúcar refinado está entre as três principais culturas agrícolas do Brasil

O açúcar refinado é encontrado em uma grande gama de alimentos industrializados e confeitados.

Do ponto de vista nutricional, o açúcar refinado não traz nenhum tipo de benefício. Por outro lado, do ponto de vista dos negócios, as coisas já mudam de figura – positivamente.

Açúcar refinado

O que é açúcar refinado?

Açúcar refinado é o produto obtido a partir do processamento do melado do açúcar mascavo ou da cana-de-açúcar. Por isso, antes do início do processo de refinamento, esse açúcar tem uma cor marrom.

No entanto, esse processo envolve a adição de uma grande variedade de produtos químicos, que alteram tanto sua cor quanto seu sabor natural. É esse processamento que faz com que o açúcar passe a ter a cor branca, tão comum nos lares brasileiros.

Principais produtores de açúcar refinado

O açúcar refinado é considerado um pilar na economia de diversos países que dominam tanto sua produção quanto sua exportação.

Veja os países que mais produzem e exportam açúcar em todo o mundo:

  • Brasil;
  • China;
  • Índia;
  • Tailândia;
  • México;
  • Paquistão;
  • Colômbia;
  • Austrália;
  • Indonésia.

Mesmo com a cana-de-açúcar sendo cultivada em mais de 100 países, cerca de 80% de sua produção está concentrada no Brasil, China e Índia. No Brasil, a cana-de-açúcar também é uma fonte importante de mão de obra nas áreas rurais.

No entanto, grande parte da produção nacional de cana-de-açúcar está concentrada em apenas dois estados. São Paulo responde por mais de 60% de toda a produção nacional, enquanto o estado do Paraná é o segundo maior produtor, com cerca de 8% do que é produzido no país.

Além desses estados, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba também são importantes para a produção de açúcar refinado brasileiro.

Açúcar refinado

Tipos de açúcar

O açúcar branco é, sem dúvida, o mais conhecido e consumido, mas essa não é a única alternativa disponível.

Conheça outros tipos de açúcar:

  • Açúcar mascavo: produto do cozimento do caldo extraído da cana-de-açúcar, possui grãos maiores e sabor mais parecido com o da cana-de-açúcar;
  • Açúcar light: resultado da mistura do açúcar refinado com substâncias adoçantes naturais ou artificiais;
  • Açúcar cristal: muito semelhante ao açúcar refinado, com grãos irregulares e grandes;
  • Açúcar de confeiteiro: possui grãos muito finos, que se assemelham à neve ou talco, muito utilizado na preparação de sobremesas;
  • Açúcar invertido: produto obtido a partir de um processo químico que transforma o açúcar em xarope;
  • Açúcar de coco: rico em nutrientes, esse tipo de açúcar é extraído da seiva do coqueiro, e não da fruta.

Açúcar refinado

Como é o processo de produção do açúcar refinado?

O processo de produção do açúcar refinado é basicamente composto por 5 etapas:

  • Caldo: nessa etapa são retiradas todas as impurezas presentes no caldo da cana, como argila e areia, por exemplo;
  • Evaporação: essa parte do processo é responsável por eliminar toda a água do caldo da cana, restando apenas o xarope concentrado que será utilizado nas próximas etapas;
  • Cozimento: o xarope é aquecido novamente para que ocorra o processo de cristalização e recuperação da sacarose. Durante o cozimento, o xarope se transforma em uma massa;
  • Centrífuga: a massa resultante do cozimento é centrifugada com água e vapor, para que ocorra a separação do mel que é utilizado na produção de etanol;
  • Secagem: máquinas específicas fazem o processo de secagem da massa centrifugada até que se transforme no açúcar refinado que conhecemos.

Assim, depois de passar por todos esses processos, o açúcar refinado está pronto para ser embalado para armazenagem e comercialização.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo