Adubação foliar proporciona cultivos mais saudáveis

Inicio » Agricultura » Adubação foliar proporciona cultivos mais saudáveis
26/04/2019 Por
Adubação foliar proporciona cultivos mais saudáveis

A adubação foliar apresenta grande importância no setor agrícola pela manutenção  da sustentabilidade das plantas

Essencial para boa fertilização do solo, a adubação é a prática agrícola mais importante para os agricultores. Com isso, a adubação foliar também ocupa amplo espaço para uma rápida contribuição com a vegetação.

A técnica de adubação foliar, aperfeiçoada para facilitar o desenvolvimento positivo das plantações, preza pela qualidade da produção até a fase final do produto, de sua comercialização e consumo.

Adubação foliar

O que é adubação foliar?

Adubação foliar é um procedimento agrícola que maneja a infiltração de nutrientes minerais nas folhas para serem absorvidos e levados ao resto do corpo vegetal. Além das folhas, os troncos, galhos jovens ou crescidos e varas também podem receber a aplicação de nutrientes por meio de pulverizações; esse processo é conhecido como adubação caulinar.
São encontrados dois tipos de adubação foliar:

  • Adubação foliar complementar: utilizada no cultivo de repolho e mamão, por exemplo, serve para complementar e aumentar a quantidade de determinados nutrientes já oferecidos pelo solo e pela água.
  • Adubação foliar de correção: visa corrigir deficiências nutricionais durante o crescimento das plantas; se há ausência de vitaminas durante a etapa de florescimento e frutos, por exemplo.

As vantagens na aplicação de adubo foliar são caracterizadas por:

  • Favorável adaptação climática: na falta de luz solar, as raízes não são intensas, ou seja, os nutrientes aplicados no solo se tornam insignificantes. É necessário que haja um estímulo para dar continuidade ao crescimento das plantas em qualquer temperatura.
  • Sustentabilidade: por realizar aplicação diretamente nas plantas, a fertilização foliar reduz a poluição aquática, apresenta doses menores do que as aplicadas no solo, age de maneira mais eficiente e ecológica.
  • Auxilia rapidamente nos diagnósticos de falhas no crescimento
  • Fácil distribuição igualitária de nutrientes
  • Ação imediata na correção de deficiências

Junto disso, a adubação de cobertura reforça o solo de plantio e supre as reservas já consumidas pelo cultivo anterior; contribuindo para a formação, floração, frutificação e maior capacidade de proteção contra pragas.

Adubação foliar

Cuidados com a adubação foliar

Em plantios de soja, feijão e milho, por exemplo, as técnicas agrícolas utilizadas necessitam do auxílio de máquinas como tratores e adubadeiras para que haja aplicação de adubo ao lado das plantas; pode ser feita manualmente em pequenos cultivos.

Para início de cultivo e uso de adubos, deve-se ter conhecimento das quantias necessárias de aplicação em cada produto. Isso porque a adubação em excesso pode prejudicar o solo e toda a plantação.

Em hortaliças, por exemplo, é recomendado que não seja aplicado nenhum tipo de adubo que acelere seu processo. Assim, o cultivo cresce livre de doenças e seguindo seu ciclo de maneira saudável e natural, além de não atrapalhar os lucros do agricultor.

A adubação foliar para alface causa impactos positivos ao produto e seu agricultor. A utilização correta de adubos pode fazer com que o alface cresça até três vezes mais que o normal.

A adubação foliar no Brasil vem tendo constante crescimento junto com a tecnologia agrícola. Entretanto, a melhor maneira de se obter bons cultivos e produtos para consumo e venda continua sendo manter a consciência; sempre com base nas necessidades naturais das plantas escolhidas para cultivo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo