Adubação verde incentiva a produtividade do agronegócio

Home » Agronegócio » Adubação verde incentiva a produtividade do agronegócio
19/02/2019 by
Adubação verde incentiva a produtividade do agronegócio

A adubação verde é considerada um grande auxiliar do ecossistema

Muito ecológica, a prática de adubação verde possui diversas vantagens, tanto para o meio ambiente quanto para o produtor.

Como forma de reduzir gastos, a adubação verde se torna alternativa de cultivadores pelo fato de reduzir custos com insumos e ser agroecológica. Esse tipo de adubação possibilita o enriquecimento da terra e, por isso, sua produção é significativamente maior.

campo extenso de adubação verde

O que é adubação verde?

Adubação verde é uma prática realizada por muitos agricultores como forma de fertilização do solo. Isso é feito por meio do cultivo de algumas plantas como leguminosas, gramíneas e crucíferas. As plantas permitem que o solo seja adubado, dando espaço para a plantação de alimentos orgânicos.

Após determinado período da plantação, a vegetação é cortada e deixada sobre o solo para que sua decomposição seja capaz de gerar um adubo 100% natural.

Entre as maiores vantagens da prática estão o forte enriquecimento da matéria orgânica e seus nutrientes, em especial o nitrogênio. Comumente, é utilizada em cultivos de grande porte como Sistemas Agroflorestais e também os de pequeno porte, como é o caso da agricultura caseira.

Também conhecido como plantio verde ou sideração, a adubação verde é utilizada para cultivo de alimentos sem a utilização de agrotóxicos ou qualquer tipo de fertilizante químico. Ela é considerada uma alternativa de cultivo saudável e ecológico.

Por ser sustentável, a procura pela composição de plantio de adubação verde é cada vez maior entre os agricultores. Isso porque não é necessária muita matéria prima para produzir alimentos de altíssima qualidade – o que torna este mercado bastante vantajoso. No entanto, a importância de se pensar em um plantio verde vai além de uma terra fértil.

Adubação verde – Vantagens e desvantagens

A adubação verde é uma forma de cultivo livre de agroquímicos e agentes prejudiciais à saúde do consumidor. Ela auxilia na proteção do meio ambiente por ser ecologicamente correta; e não prejudica o solo, a fauna, flora ou os animais ao redor.

Por aproveitar a decomposição de plantas ricas em nutrientes, aumenta significativamente o armazenamento de água no solo. Ela também consegue facilitar uma espécie de reciclagem dos plantios, abrindo espaço para uma maior fertilidade e produtividade nos cultivos futuros.

Por interagir diretamente com os vermes nematóides, consegue ajudar a prevenir diferentes tipos de pragas nas plantações. Além disso, esse tipo de adubação também recupera áreas degradadas, pois facilita a formação de solos incrivelmente mais férteis. Portanto, ela melhora a produtividade agrícola

folhas usadas na plantação de uma adubação verde

Embora pareça ter apenas vantagens, a adubação verde também destaca uma desvantagem considerável para o produtor. Isso porque o seu custo de implantação é bastante alto, já que exige plantas específicas e um nível de cuidados bastante superior. Isso sem contar que , se não há planejamento, o prejuízo pode ser maior que o lucro.

Portanto, para que o planejamento não seja uma preocupação, é importante se atentar à quais implementos agrícolas serão utilizados e por qual período de tempo. Outro ponto importante é ministrar qual a estação em que essa produção tomará forma.

O fator meteorológico pode ser um grande auxiliar em sua adubação verde, tanto nas germinação como nos níveis de produtividade.

Agro20 | Portal Vida No Campo