Agrossilvipastoril é sistema que combina a criação de animais e plantas

Inicio » Agronegócio » Agrossilvipastoril é sistema que combina a criação de animais e plantas
28/06/2019 Por
Agrossilvipastoril é sistema que combina a criação de animais e plantas

A técnica utilizada no agrossilvipastoril permite a criação de rebanhos, cultivares agrícolas e árvores em um mesmo ambiente

O agrossilvipastoril faz parte de uma ciência utilizada em propriedades rurais, com o objetivo de tornar a atividade agrícola mais sustentável.

O sistema agrossilvipastoril promove o melhor aproveitamento das áreas, qualidade do solo, além de oferecer mais conforto e bem-estar para os animais.

Agrossilvipastoril

O que é agrossilvipastoril?

Agrossilvipastoril é um sistema de criação baseado na combinação da cultura agrícola e a criação do gado. Sendo assim, a produção em uma propriedade que utiliza o sistema agrossilvipastoril possui um manejo diferenciado.

Esta forma de criação possibilita a conservação do meio ambiente atrelado ao aumento da produção animal. Ela visa o maior conforto dos animais, aumento de produtividade e preservação das áreas que fazem parte da propriedade.

O sistema, portanto, faz parte da agrossilvicultura: uma técnica ampla que engloba este e outros sistemas. O ponto primordial para esta técnica, então, é a combinação de diversas espécies em um único sistema de cultivo e criação.

Como funciona a técnica da agrossilvicultura?

A técnica também é chamada de sistema agroflorestal e, assim, ela tem como objetivo a produção sustentável de uma propriedade. É uma ciência relativamente nova, nasceu na década de 70.

As principais influências para esta técnica são baseadas na agricultura, zootecnia, manejo do solo e silvicultura. Ou seja, ela busca a melhor produtividade dos animais e plantas que são cultivados ao mesmo tempo em uma propriedade rural.

agrossilvipastoril

A técnica apresenta algumas vantagens em relação aos sistemas tradicionais de cultivo. São elas:

  • Água e nutrientes do solo: a convivência entre seres de diferentes espécies em um mesmo ambiente melhor a qualidade e usos da água, além de garantir mais nutrientes para o solo.
  • Fertilidade do solo: a matéria orgânica produzida pelos animais pode ser reutilizada no espaço, fertilizando as plantas que são cultivadas.
  • Controle de ervas daninhas.
  • Maior disponibilidade de adubo verde.

Tipos de agrossistemas

Existem mais tipos de agrossistemas que fazem parte da ciência da agrossilvicultura. De maneira geral, então, todos eles incluem as árvores, os animais e os cultivares. Contudo, apresentam algumas diferenças entre si. Confira quais os sistemas mais utilizados:

  • Agrossilvipastoril: é quando as árvores são cultivadas juntamente com os animais e a plantação. Além de tornar a propriedade mais sustentável, um de seus objetivos é auxiliar na fixação do homem do campo. Amplia, portanto, as suas oportunidades de trabalho.
  • Silviagrícola: é quando as árvores são cultivadas junto com as culturas anuais. Por exemplo: o plantio de árvores em faixas, e a cultura é cultivada entre estas faixas.
  • Silvipastoril: o sistema silvipastoril associa a criação de gado com a plantação de árvores. Um dos objetivos deste sistema é potencializar a produção animal, além de realizar a produção frutífera ou de madeira. Também é possível realizar pastagens atreladas a áreas de reflorestamento.

agrossilvipastoril

Conheça as vantagens do sistema

A técnica apresenta muitas vantagens em relação aos métodos tradicionais de criação. Um deles, então, é a própria conservação da propriedade através do manejo do solo. Assim, também é constatada mais qualidade de vida para os rebanhos, que convivem com as plantas e usufruem de seus benefícios.

O agrossilvipastoril, portanto, pode ser realizado em qualquer propriedade, independente de sua área. Vale ressaltar que o sistema também permite fontes de renda extras para o produtor rural, o que facilita a sua permanência no campo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo