Alecrim é uma erva de aroma característico muito usada como condimento

Inicio » Agricultura » Alecrim é uma erva de aroma característico muito usada como condimento
26/08/2019 Por
Alecrim é uma erva de aroma característico muito usada como condimento

Como planta aromática ou planta medicinal, o alecrim tornou-se conhecido em todo o mundo

Uma espécie de planta originária da Península Ibérica, bem como popular em todo o mundo, o alecrim tem sido usado desde a antiguidade na medicina tradicional, uma vez que possui muitas propriedades que, historicamente, lhe foram atribuídas.

De todas, suas aplicações externas são as mais usadas. No entanto, o interesse que o alecrim aromático desperta hoje está no potente efeito antioxidante de alguns de seus componentes.

alecrim

O que é alecrim?

Alecrim é uma planta aromática conhecida e utilizada desde a antiguidade como condimento e para fins medicinais. Faraós egípcios tinham um buquê de alecrim no túmulo para perfumar sua jornada ao país dos mortos.

Gregos e romanos consideravam-no um símbolo de regeneração. Os árabes foram capazes de repelir pragas e faziam dele parte de seus jardins. No Renascimento, foi usado para fazer a famosa água da rainha da Hungria. Sem contar que também foi queimado em hospitais franceses para combater epidemias.

Hoje é usado como planta digestiva e, externamente, como um rubefaciente. Contudo, existem estudos que demonstram outras propriedades terapêuticas que podem ser interessantes.

O Alecrim Dourado

O Alecrim Dourado, ao contrário do que alguns podem pensar, não é uma espécie de planta. Esse é o título de uma tradicional música portuguesa. Em geral, a música é cantada por crianças de todas as idades.

“Alecrim, Alecrim Dourado que nasceu no campo sem ser semeado.
Alecrim, Alecrim Dourado que nasceu no campo sem ser semeado.

Foi meu amor que me disse assim, que a flor do campo era o alecrim.
Foi meu amor que me disse assim, que a flor do campo era o alecrim…”

A erva na cozinha

Como planta aromática, é possível fazer receitas em casa que contenham esse ingrediente. Você vai se surpreender com um prato original, porém, mais incrementado para comer no dia a dia.

O alecrim tem seu aroma forte que permeia a culinária com personalidade e sabor. Podemos encontrá-lo moído, em folhas ou seco, sendo usando sozinho ou com diversas outras especiarias.

É utilizado especialmente em pratos salgados, assim como cozidos, assados, pães e, até mesmo, acrescentando-o a sobremesas.

Ele combina maravilhosamente com carnes suculentas como cordeiro ou lombo.  Também orna com:

  • Verduras como berinjela, feijão e repolho;
  • Saladas;
  • Molhos;
  • Queijos;
  • Entre outros.

O alecrim também pode ser um ótimo substituto para o sal.

alecrim

Benefícios do alecrim planta

Um dos principais benefícios encontrados na planta é o auxílio aos problemas reumáticos e circulatórios. Usado em forma infusão ou decocção, prepara-se com ele banhos hiperemiantes e estimulantes.

A erva tem sido tradicionalmente considerada um tônico geral que favorece a circulação do sangue. Por isso, é utilizado em casos de diminuição da irrigação periférica e hipotensão.

É também frequentemente procurada em casos de estresse e até depressão leve. Tal ação se dá graças ao efeito tonificante do sistema nervoso atribuído a ele.

Uso externo do alecrim

No Brasil, a essência traz os benefícios do alecrim geralmente aplicados topicamente na forma de:

  • Óleos dérmicos;
  • Pomadas;
  • Álcool de alecrim.

Todas essas formulações servem para realizar fricções com efeito analgésico e aliviar reumatismos musculares e articulares. Além disso, à essência são atribuídas propriedades estimulantes do crescimento capilar, razão pela qual está envolvida na formulação de tônicos.

A medicina popular aplica a decocção da planta em compressas para a cicatrização de feridas e para tratar o eczema. Esta mesma decocção é usada como um antiparasitário.

Por outro lado, os benefícios do alecrim trazem a ação conservante e antioxidante natural na indústria alimentar. Essa ação particularmente potente é atribuída à presença de rosmanol, carnosol e outros diterpenos, com propriedades antioxidantes comprovadas.

A planta também é utilizada como condimento, assim como ingrediente na fabricação de licores, mas sem deixar de citar a utilização na fabricação de sabonetes, desodorantes, cosméticos, perfumes, entre outros.

chá de alecrim tem sido utilizado em diversas cerimônias religiosas, assim como também tem efeitos na condução do tratamento de doenças variadas por conta de sua propriedade antioxidante.

Estudos mostram que a ingestão desta erva ajuda a melhorar os problemas no cérebro, fígado e coração.

O chá de alecrim

O consumo de alecrim tem sua recomendação feita para indivíduos com:

  • Dor de cabeça;
  • Problema digestivo;
  • Luta constante contra várias infecções;
  • Luta contra a doença de Alzheimer.

Isso ocorre pois suas inúmeras propriedades ajudam na circulação do sangue cerebral. É o que estimula, assim, os campos da memória e concentração.

O chá de alecrim faz perder peso?

O chá é um diurético; isso quer dizer que ele remove o excesso de água do corpo, além de combater a ansiedade. Isso faz com que o indivíduo não procure conforto nos alimentos.

A bebida tem um efeito saciante, pois proporciona tranquilidade para que se coma menos. Além do mais, regula a função intestinal, ajudando a perder peso para melhorar a saúde.

Receita simples do chá de alecrim

Ingredientes:

  • 1 colher de folhas de alecrim;
  • 1 litro d’água.

Modo de preparar:

  1. Deixe a água ferver;
  2. Em seguida, retire do fogo e acrescente na água as folhas da erva, permitindo que o chá descanse;
  3. Depois de frio, coe e beba.

Idealmente, tome aproximadamente 3 xícaras diárias, mas depois das refeições. Tendo um sabor marcante e forte, alguns consumidores preferem misturar chá com outras ervas, como:

  • Erva-cidreira;
  • Camomila;
  • Hortelã;
  • Erva-doce.

Para os que preferem adoçar, é recomendado que o faça com mel.

Receita de palito de polenta com parmesão e alecrim

Ingredientes:

  • 500 ml de caldo de carne (pode ser feito com outro caldo, bem como com água);
  • 5 gramas de alecrim fresco picado;
  • 125 gramas de fubá;
  • 100 gramas de queijo parmesão;
  • ½ colher de sal.

alecrim

Modo de preparar:

  1. Coloque o caldo para aquecer em uma panela. Enquanto isso, desfolhe os ramos e pique-os. Mas, faça isso de modo que nenhuma folha inteira seja encontrada ao se provar a polenta;
  2. Corte o queijo parmesão em pedaços menores e moa no processador de alimentos. Você também pode ralar com um ralador fino;
  3. Quando o caldo começar a ferver, despeje o fubá, adicionando o alecrim e o sal a gosto. A quantidade vai variar dependendo do caldo usado;
  4. Abaixe o fogo e mexa a polenta com uma colher de pau ou espátula. Acrescente o queijo parmesão e continue cozinhando, mexendo por cinco ou seis minutos;
  5. Despeje o fubá em um molde quadrado ou retangular, com o qual você pode obter as tiras de polenta. Alise a superfície e deixe esfriar até a temperatura ambiente;
  6. Quando a polenta estiver fria, despeje em uma bancada limpa e corte em palitos. Em seguida, prepare uma panela para tostá-los até ficar crocante;
  7. Sirva em bandejas ou em recipientes adequados, pois assim, além do sabor, apresentará um lindo aperitivo aos seus convidados.

Sendo em forma de condimento ou planta medicinal, o alecrim é uma erva necessária em lares de todo o mundo.

2 Replies to “Alecrim é uma erva de aroma característico muito usada como condimento”

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo