Antúrio é flor tradicional no paisagismo e tem cultivo descomplicado

Inicio » Agricultura » Antúrio é flor tradicional no paisagismo e tem cultivo descomplicado
27/09/2019 Por
Antúrio é flor tradicional no paisagismo e tem cultivo descomplicado

Antúrio faz sucesso na decoração de interiores e jardins externos

Antúrio, na verdade, é um nome genérico para designar uma imensa família de flores com mais de 600 espécies. Fez muito sucesso no passado e depois ficou um período em desuso, mas agora volta com tudo novamente.

E o gosto dos paisagistas por antúrio se explica devido ao seu formato que lembra muita a versão idealizada do coração e sua cor vermelha pulsante que se destaca muito nos ambientes. No entanto, é preciso ter alguns cuidados quanto ao local a se implementar a flor, pois ela tem substâncias tóxicas que podem fazer mal se em contato por longo tempo.

Antúrio

O que é antúrio?

Antúrio é uma planta que pertence às espécies do gênero Anthurium que, por sua vez, pertence à família Araceae.

A parte vermelha tem formato que lembra um coração, o que é um belo atrativo para decoradores utilizá-las em projetos internos e também externos.

A planta é baixa, atingindo no máximo 1 metro de altura, mas é comum que atinja somente 30 centímetros na grande maioria das vezes.

As folhas longas e de verde vivaz formam um excelente contraste com a parte vermelha da planta, que muita gente pensa se tratar da flor do antúrio. Mas é um erro. Esse trecho da planta é, na verdade, uma inflorescência. A flor, de fato, são os pontos esbranquiçados da haste amarela. A parte vermelha é chamada de bráctea.

Mas lembremos das mais de 600 espécies. Apesar de a versão mais famosa ser a do “coração vermelho”, existem espécies que trazem tons de rosa, branco, laranja e até preto.

A planta antúrio é nativa da faixa sul do continente Americano, originou-se na Venezuela e Colômbia, mas hoje pode ser encontrada desde o sul do México até a região norte do país de Diego Maradona – ou de Lionel Messi, se você for mais jovem. Sim, Argentina.

Mas, atenção: por apresentar oxalato de cálcio, o antúrio é considerado uma planta tóxica. O contato direto com a espécie pode provocar irritação, queimação, náuseas e até inchaço. Por isso, não é recomendado deixá-la próxima de animais e crianças.

Significados de antúrio

O nome “antúria” vem do grego anthos e significa “flor”. Um significado nada especial, convenhamos. Mas não se resume a isso. O seu formato diferenciado e suas cores marcantes geram associações que lhe rendem vários significados.

As suas cores costumam trazer mais vida e energia ao local. Por conta disso, o antúrio é visto como um grande símbolo de hospitalidade. Por ser delicado e ao mesmo tempo exótico, o antúrio é também visto como um símbolo de luxo.

Seu formato de coraçãozinho lhe proporciona o título de flor do amor.

Outras associações feitas ao antúrio:

  • Fortuna;
  • Autoridade;
  • Confiança;
  • Iluminação.

Outra curiosidade interessante é que quando uma noiva utiliza essa flor em seu buquê, passa a ser vista como símbolo de sexualidade ardente.

Antúrio

Tipos de antúrio

Vale mencionar rapidamente algumas características daquele que provavelmente é o segundo mais famoso da classe dos Anthurium, o antúrio branco.

Chega a ter 60 centímetros. Seu diferencial realmente são as brácteas que são brancas. Mas existem diversas variedades que passam por processos de melhoramentos genéticos. Para esse tipo de antúrio, as temperaturas quentes e tropicais são as ideais. Não, ele não gosta nem um pouco do frio.

Vale citar , ainda, entre os tipos de antúrio que fazem sucesso entre os amantes da flor:

  • antúrio preto
  • antúrio amarelo
  • antúrio roxo
  • antúrio verde

Como plantar antúrio?

Já que estamos falando de temperatura e clima, é uma boa ponte para falarmos sobre as condições de cultivo. Como plantar antúrio?

De antemão, afirmamos sem pestanejar que não se trata de um trabalho complexo. No entanto, é preciso ter paciência tanto em termos de resultados, pois o tempo de florescimento da planta pode chegar até 3 anos, como em termos de cuidados diários, pois é uma planta que necessita ser regada com certa frequência.

Além disso, o antúrio também precisa ser colocado em locais específicos para crescer de maneira sadia. No tocante ao solo, o antúrio cresce bem se plantado diretamente na terra, no vaso ou mesmo em canteiros.

No entanto, o lugar escolhido não pode receber muita incidência de sol direta, pois o antúrio é sensível à luz solar. O ideal é que fique em um ambiente à meia sombra, ou seja, um ambiente que receba, sim, a luz do sol, desde que não seja frequente e inflexivelmente.

A terra de plantio tem que ser rica com compostos orgânicos. A mistura deve ser homogênea de vegetal, terra comum e fibras de coco.

Para regar, recomenda-se usar a água da chuva para evitar que as plantas sejam contaminadas pelo cloro presente na água de torneira. E o ato de regar deve ser frequente, especialmente no verão ou períodos de ondas de calor.

Mas o quanto seria esse regar? A frequência indicada para regar o antúrio de modo que se desenvolva de forma saudável é três vezes na semana nas épocas de calor. Já nas de frio, recomenda-se que regue apenas duas vezes por semana.

É importante que a cada três meses, ou a cada semestre, o adubo seja reforçado. Isso será vital para que resista à época que o plantio se torna mais frágil, o inverno, suportando temperaturas de no mínimo 13 ºC, e também consiga suportar épocas muito quentes, com máxima de até 26 ºC.

Antúrio

Cuidados com o antúrio

O florescimento do antúrio pode levar até 3 anos para ocorrer. No entanto, se mesmo passado esse período isso ainda não tiver ocorrido, uma ação simples pode resolver.

Experimente mudá-la de lugar de modo que receba mais luz solar. O ideal é fazer o teste em um lugar em que a planta receba por pelo menos doze horas os raios solares diretamente.

Os que ficam ansiosos para ver a bela florescência, certamente terão que ser pacientes. Mesmo decorridos os três anos iniciais e após primeira floração, é comum que o formato mais famoso da planta não surja de pronto.

É natural que o que surja primeiro no antúrio seja a folhagem. Com o tempo, a planta passa a desenvolver as brácteas vistosas. Contudo, não perca de vista que a folhagem também tem aspecto formoso, portanto, forma um visual interessante e chamativo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo