Arroba é uma unidade de peso que corresponde a quase 15kg

Inicio » Pecuária » Arroba é uma unidade de peso que corresponde a quase 15kg
16/09/2019 Por
Arroba é uma unidade de peso que corresponde a quase 15kg

Apesar da implementação do Sistema Internacional de Unidades, a arroba ainda é utilizada no mercado de agronegócio

Para os nãos iniciados na agropecuária, essa antiga unidade de medida, arroba, pode ser confundida com o símbolo que se universalizou com a internet, “@”. Mas são assuntos distintos. O mais famoso é um código linguístico muito utilizado no meio digital. O segundo é uma unidade de medida de valores variados conforme a cultura de cada região.

E mesmo para os iniciados na pecuária, portanto, cientes sobre o que se refere o termo arroba no mundo agro, pode haver confusão se não estiverem acostumados a fazer os cálculos e as medições corretas.

arroba

O que é arroba?

Arroba é uma unidade de medida de massas antiga que estudiosos apontam ter origem árabe. O peso da arroba varia conforme a cultura em que se é utilizada. Na Arábia Saudita, por exemplo, uma arroba representa 11,3398 quilogramas.

Em algumas regiões da Espanha, que utiliza esse sistema para medição de líquidos, como o vinho, uma arroba representa 16,3293 quilogramas.

E quanto vale uma arroba no Brasil?

A arroba, tanto em Portugal como no Brasil, é padronizada. Equivale a 14,688 quilogramas, mas, para fins práticos, se arredonda para quinze. Portanto, o peso de uma arroba no Brasil é 15 quilos.

Como calcular arroba de boi?

Esse sistema de medidas de massa permanece presente no Brasil no que se refere a pesagem da carcaça dos bovinos.

Essa é uma informação vital para entender como é feito o cálculo de arroba dos bois. Essa unidade de peso se refere a carne e os ossos, ou seja, ao peso da ossada não do animal vivo.

Esse detalhe costuma causar muita confusão na hora de fazer o cálculo e os valores a ser recebidos. O peso em quilogramas é usado para o animal vivo, enquanto a arroba é usada para o peso da parte mais comercializável do boi depois de abatido.

Para que o assunto fique bem claro, é bom ter o entendimento do que é uma carcaça, o seja, quais partes do corpo do boi ela compreende.

Carcaça

Na média, o peso da carcaça representa 50% do peso do boi vivo, podendo chegar a 52%, dependendo da criação e do momento do abate. Essa parte do boi é a mais requisitada comercialmente, pois os outros 50% do animal são o couro, o sebo, o sangue e outros miúdos.

Por isso, para se fazer uma projeção do lucro a se obter com o boi, tenta-se calcular o peso de sua carcaça, qual seja, seu peso em arrobas.

Essa parte valiosa do bovino representa a soma da carne com o osso, descontando partes como as entranhas, cabeça, couro, entre outras.

Calculando a arroba da carcaça

É importante ter ciência dos números corretos a se utilizar na hora de fazer o cálculo.

Para descobrir as arrobas de uma carcaça, o primeiro passo é fazer o cálculo do peso total do animal.

Ao ter esse número, divida-o por 30. Grave bem essa informação, pois é comum pecuaristas utilizarem a soma que uma arroba representa, 15, no lugar do 30.

Divida o peso total por 30 e então você terá o peso em arrobas da carcaça do boi. Para converter esse número em quilogramas, basta multiplicar por 15.

Veja um exemplo de cálculo.

  • Peso total do animal: 510 kg
  • Dividido por 30: 17 arrobas
  • Multiplicado por 15: 255 kg

Percebe que esse número representa a metade do peso total do boi conforme apontado acima? Faça a soma simples: 255 + 255 = 510.

arroba

Rendimento

Vale ressaltar que o rendimento da carne do boi considera uma série de fatores, desde o manejamento do corte da carne até as condições de criação do gado.

Alguns desses fatores incluem:

  • Condição corporal;
  • Sexo;
  • Raça;
  • Cobertura de gordura;
  • Nutrição;
  • Peso vivo no momento do abate.

Preço da arroba do boi

Como fazer para descobrir quanto valendo uma arroba do boi? Não é uma informação complicada de se obter se tiver acesso à internet e pesquisar a cotação do peso da arroba no momento.

A saber, no momento de publicação deste post, a arroba do boi, em setembro de 2019, se encontra em R$ 155,50 (para pagamento à vista) e R$ 157,50 (para pagamento à prazo, 30 dias).

Mas a questão é como fazer o cálculo para projetar o lucro com a quantidade de arrobas bovinas que se tem. Novamente, precisamos apenas de uma conta simples.

Ao fazer o cálculo de arrobas do boi dividindo o número total do animal enquanto vivo por 30, multiplique o resultado pelo preço de momento da unidade.

Veja o exemplo abaixo:

  • O peso total do boi: 300 kg
  • Dividido por 30: 10 arrobas
  • Multiplicado pelo valor da arroba: 155,50 x 10 = R$ 1.555

Portanto, a projeção de lucro com o abate de um boi de 300 kg totais hoje é de R$ 1.555.

Processo de engorda antes do abate

Selecionamos algumas dicas sobre o processo de engorda (ganho de arroba do gado) antes do abate para melhorar os rendimentos de seu gado.

Procure fazer uma seleção dos animais para engorda. Informações como estrutura corporal, potencial genético para ganho de peso diário e rendimento da carcaça são úteis.

Fêmeas são menos eficientes para engordar, enquanto machos castrados apresentam maior tendência de engorda. No entanto, proporcionam mais problemas como distúrbios derivados do confinamento devido à libido e dificuldade de comércio, pois a carne do animal castrado é mais escurecida.

As instalações devem ser duráveis e funcionais. Reservar espaços para setor de engorda, cochos para alimentação, cochos para sal, bebedouros, cercas, porteiras e corredores para trânsito de maquinário é importante.

arroba

A ração deve conter todos os nutrientes necessários para facilitar o processo de engorda. Se ocorrer de um dos nutrientes estar em falta, por menor que seja a quantidade exigida na alimentação diária, poderá comprometer toda a dieta, o esforço de seleção e confinamento de bovinos para o processo de engorda.

Uma boa ração para tal finalidade deve conter alimentos energéticos, volumosos, suplementos minerais e vitamínicos. Além, é claro, de aditivos concentrados.

A água é outro recurso que não pode ser deixado à margem, pois é importante para o metabolismo dos animais. Por isso, deve ser abundante e sempre disponível.

Os produtores de gado têm a tendência de manter o animal terminado, isto é, depois de alcançar o seu peso final, medido e bem acabado. Pretende-se, assim, maximizar os lucros.

No entanto, se esquecem que manter esses animais gera custos que podem se demonstrar maiores do que o lucro ou simplesmente reduzir muito os ganhos.

O melhor é vender o animal assim que este tiver alcançado a maior pesagem possível em arroba.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo