Bala de coco é um doce comum em festas de criança

Inicio » Agronegócio » Bala de coco é um doce comum em festas de criança
13/10/2020 Por
Bala de coco é um doce comum em festas de criança

Para ter uma festa infantil completa, não pode faltar a bala de coco. Um dos doces brasileiros mais tradicionais é a bala de coco, que faz a alegria das crianças nas festas infantis, mas também é apreciada pelos adultos em geral como sobremesa.

Acima de tudo, a bala de coco é conhecida por ter um sabor bem doce que derrete facilmente na boca, podendo ser aquela mais simples, tradicional, ou recheada das mais diversas formas. Seu ingrediente básico é o leite originado da deliciosa fruta que é o coco, uma das mais abundantes no nosso país.

Bala de coco

O que é bala de coco?

Bala de coco é um doce brasileiro tradicional bastante utilizado nas festas de aniversário, usualmente enrolada em papéis coloridos.

Normalmente as pessoas interessadas compram o doce já pronto nos supermercados, mas nada se compara àquele sabor da bala de coco feita em casa com ingredientes frescos.

O coco no Brasil

Sobretudo, a preferência dos brasileiros por esse doce tão comum no dia a dia das pessoas mostra a importância do coco no cenário do mercado brasileiro.

Acerca de tal ponto, cumpre lembrar que o segmento de produção do emprego contribui muito para a economia do país. Isso porque é capaz de gerar aproximadamente 700 mil empregos, ocupando áreas de cerca de 230 mil hectares em basicamente todo o Brasil.

A produção é abundante, com cerca de dois bilhões de frutos, concentrando-se particularmente nas regiões Norte e Nordeste, nas faixas litorâneas.

Com efeito, tal abrangência tem reflexo claro no faturamento: o agronegócio chega a faturar a quantia de R$ 1,1 bilhão por ano. De acordo com a Embrapa, desde o final dos anos 90 houve um crescimento da produção e do cultivo do coco por meio de coqueiros híbridos e anões. A produção, em regra, visa a obtenção do coco verde para água de coco, e do coqueiro gigante para produção de coco seco.

Outrossim, um dos aspectos mais relevantes acerca do coco é a sua imensa possibilidade de utilização. O uso principal é, obviamente, a alimentação, com destaque para o óleo de coco muito presente na indústria alimentícia.

O óleo também é usado para produzir margarina, detergentes, cosméticos, sabão e velas. Além disso, a casca do fruto serve para a confecção de tapetes, chapéus, bancos, cordas, tapetes e encosto de veículos.

Se você tem paixão por esse doce e quer tentar fazer em casa, cabe destacar aqui algumas das mais deliciosas receitas de bala de coco.

Vamos então para a parte prática: veja abaixo como fazer bala de coco.

Bala de coco

Bala de coco caseira

A bala de coco caseira tradicional leva como ingredientes o leite de coco, açúcar branco refinado, vinagre e água. Essa receita de bala de coco, que é tida como a básica, acaba exigindo uma certa paciência, uma vez que é necessário esticar a massa a fim de obter o ponto mais correto.

As proporções são as seguintes:

  • 200 ml de leite de coco integral;
  • 200ml de água;
  • 1 kilo de açúcar refinado;
  • 1 colher de sopa de vinagre.

Para fazer a receita, é necessário misturar bem os ingredientes em uma panela funda. Após, coloque a panela sob fogo baixo sem mexer, o que impede a bala de açucarar.

Espere até que as beiradas fiquem mais amareladas. Para fazer o teste, pegue um pouco da massa e jogue num recipiente com água fria – deverá formar uma bola pequena firme. Ao mesmo tempo, unte uma superfície limpa e seca de mármore ou inox com manteiga.

Quando a massa estiver pronta, despeje-a sobre a superfície untada e aguarde até que esteja um pouco mais fria. Em seguida, passe manteiga também nas mãos, retire a massa da pedra e comece a esticá-la pelos cantos, fazendo torções a fim de formar uma espécie de cordão.

Faça isso até que a mistura esteja clara e sem grudar. Corte as balinhas de coco e deixe-as secar.

O resultado são balas incrivelmente deliciosas e que derretem na boca!

Bala de coco baiana

Uma variação bastante conhecida é a bala de coco baiana, também conhecida como bala de coco caramelizada ou bala de coco com leite condensado.

Essas são aquelas famosas balas vendidas nos semáforos, caixas de restaurantes e confeitarias especializadas. Sua característica predominante é o fato de ser envolta por uma casca caramelada, dura e crocante por fora, com o recheio de coco mais mole e macio.

A receita dessa bala de coco diferenciada também é simples. São utilizados apenas três ingredientes para fazer o recheio de coco e mais três para fazer a calda de caramelo que serve como cobertura da balinha.

Bala de coco

Como fazer a bala de coco caramelizada?

Ingredientes do recheio:

  • 1 lata de leite condensado;
  • 100 g de coco ralado sem açúcar;
  • 1 colher de sobremesa de manteiga;

Ingredientes da cobertura:

  • 3 colheres de sopa de vinagre de álcool;
  • 3 colheres de sopa de água;
  • 1 xícara de chá de açúcar refinado.

Para preparar a bala, junte todos os ingredientes do recheio em uma panela, misturando sob fogo médio. Misture até que a massa desgrude do fundo da panela.

Assim que chegar no ponto, desligue o fogo e transfira a mistura para outro recipiente, onde deverá esfriar. Quando estiver frio, enrole um pouco da bala com as mãos, fazendo uma espécie de brigadeiro.

Em seguida, para fazer a calda, é só juntar o vinagre e o açúcar em uma panela. Deixe no fogo baixo até o ponto de fervura, sem mexer, o que evita a calda de açucarar.

Quando tudo estiver preparado, use um garfo para passar cada bala no formato de brigadeiro diretamente na calda, e logo após reserve-as em um tabuleiro de alumínio devidamente untado.

Depois, espere secar por aproximadamente trinta minutos. Para facilitar, as balas são geralmente embrulhadas com papel celofane ou embalagem de plástico.

Viu só? A bala de coco faz parte da história do brasileiro. Além disso, é um doce delicioso que agrada a todos e, com um pouco de paciência, é fácil de fazer em casa. Dá até para produzir algumas balinhas caseiras para vender no trabalho ou na faculdade e, assim, fazer uma renda extra. Não deixe de provar!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo