Bife acebolado é um clássico em todos os cantos do país

Inicio » Agronegócio » Bife acebolado é um clássico em todos os cantos do país
16/08/2020 Por
Bife acebolado é um clássico em todos os cantos do país

Considerado extremamente tradicional no Brasil, o bife acebolado é de grande valor para todos os bares e restaurantes do Brasil. Esta refeição simples é uma das mais procuradas, independente de dia da semana ou horário. Ele está no cardápio simples mais lembrado pelas pessoas no dia a dia, principalmente quando se pensa em uma combinação com arroz, feijão e batatas fritas.

Por isso, é uma grande preocupação tornar o bife acebolado cada vez mais saboroso para aqueles que vão consumir. Você pode escolher uma grande variedade de tipos de carne para a composição do prato, optando pelos bifes mais magros até a presença dos mais pesados. O importante é deixar o resultado com aquele cheiro irresistível, capaz de atrair qualquer pessoa!

Bife acebolado

O que é bife acebolado?

Bife acebolado é um dos pratos mais simples e tipicamente brasileiros que você pode aprender. Consiste em um corte de carne bovino frito juntamente a uma porção de cebolas, pegando um gosto especial para ser servido na sequência. Mas é muito importante ser extremamente sutil neste preparo, evitando que o bife queime e acabe ficando muito duro para o consumo.

Esta receita preza por uma crosta extremamente bonita e crocante, mas que não esteja queimada. A cor fica praticamente marrom, trazendo um sabor totalmente diferenciado e suculento. As cebolas assumem uma cor mais próxima do marrom também, trazendo um gosto especial se também estiverem fritas ao ponto. Portanto, acertar a mão é fundamental para obter uma verdadeira obra de arte.

Combinando também com uma salada, este prato pode trazer uma série de opções de cortes de carnes. Os mais comuns a serem utilizados são patinho, coxão mole, bombom de alcatra, fraldinha ou filé mignon, capazes de trazer excelente qualidade ao prato final. Se você prefere um resultado mais gorduroso, é possível aproveitar a maminha, a picanha ou o contra filé.

Bife acebolado na economia

O bife acebolado assume um protagonismo importante quando o assunto é a economia. O ano de 2019 mostra bem este cenário, pois trata-se de um período recorde para a exportação de carne bovina no Brasil. De acordo com dados divulgados pela ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne), foram 1,8 milhão de toneladas vendidas para outros países nestes 12 meses.

Em relação ao lucro, pode-se afirmar que a carne bovina também alcançou índices impressionantes. Foram mais de 7,4 bilhões de dólares de faturamento na indústria, batendo todos os recordes registrados.

Um dos fatores que mais auxiliaram neste crescimento de cerca de 10% além da previsão diz respeito ao interesse chinês, que habilitou uma série de frigoríficos durante o ano para reservar estas compras.

Só no mês de dezembro, as expectativas são de que o Brasil tenha vendido cerca de 186 mil toneladas, o que é um número impressionante pensando em um recorte de 30 dias. Este seria o maior volume do ano, o que atrai as expectativas para o volume que pode ser exportado nos anos de 2020 e 2021.

Mas o outro componente da receita também não está abaixo das expectativas. No ano de 2018, a cebola chegou a ser vendida em montante de 12,8 mil toneladas para outros países, atraindo grandes lucros para o mercado nacional. O número representa a alta do setor, pois foi o maior volume em um recorte de 4 anos.

Em 2017, por exemplo, o número de toneladas vendidas era de 2,5 mil, o que demonstra um rápido e forte crescimento.

Bife acebolado

Receita de bife acebolado

Antes de você descobrir como fazer bife acebolado, asseguramos de que não se trata de uma receita complicada. São poucos os ingredientes, que chamam a atenção pela simplicidade e pela rapidez que você pode consegui-los. Por isso, esta receita se tornou uma das mais aderidas ao dia a dia do brasileiro, que raramente reservará muitas horas do dia para cozinhar.

Entre os ingredientes para preparar uma porção, destacamos um bife grosso, que tenha 3 ou 4 centímetros. Entre as carnes que poderão absorver um sabor melhor, destacamos o contra filé, a picanha ou o filé de costela. Mas lembramos que esta não é uma questão problemática, pois o prato fica incrível com qualquer combinação.

Para acompanhar, você deve ter como temperos imprescindíveis a pimenta do reino e o sal. Mas também é possível adicionar outros temperos de acordo com a sua preferência. Separe, também, uma xícara de água filtrada, óleo ou azeite, uma frigideira e meia cebola cortada em rodelas finas.

Esta é uma receita de bife acebolado comum, mas existem muitos modos de preparar este prato. Existe o bife acebolado com maionese, bife acebolado com molho, bife acebolado com batata, bife acebolado com pimentão e uma série de outras variações.

Bife acebolado

Modo de preparo do bife acebolado

Descongele o bife por pelo menos uma hora antes de iniciar o preparo. O bife acebolado pode não sair conforme o esperado caso ainda existam partes duras por conta do gelo. Antes de qualquer coisa, tempere esta carne com sal, pimenta e o que mais desejar, mas não deixe que o item descanse por muito tempo.

É hora de aproveitar a frigideira de ferro já quente, em fogo alto, por mais ou menos 5 minutos. Você pode colocar um pouco de azeite para deixar o sabor ainda mais aprofundado.

No entanto, vale destacar que, no caso do óleo, você deve usar apenas uma pitada. É normal que a carne solte um pouco de água, o que vai auxiliar na hora da fritura.

Após colocar o bife na frigideira, você deve esperar que o lado virado para cima comece a suar. Este é um sinal de que você deve começar a virar o bife, esperando intervalos de dois minutos para a fritura de ambos os lados.

Com a carne pronta, você deve separa-la em uma travessa para dar andamento ao outro ingrediente da receita.

Coloque a cebola em rodelas na frigideira em fogo baixo e comece a mexer tudo com uma colher de pau. Aos poucos, ela vai murchando e assumindo uma cor mais parecida com o castanho. Cuidado com o caramelo que será formado, pois é muito comum que ele fique grudado na panela. Na sequência, jogue um pouco de água para cozinhar, mexendo bastante até que a cebola fique mole.

A finalização do bife acebolado é extremamente simples. Basta distribuir esta cebola amolecida por cima das carnes e servir. De forma simples, você poderá encantar quem está esperando por esta refeição!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo