Biodiversidade significa riqueza e variedade na natureza

Inicio » Meio Ambiente » Biodiversidade significa riqueza e variedade na natureza
24/06/2019 Por
Biodiversidade significa riqueza e variedade na natureza

A biodiversidade, a sua importância e a sua preservação

A biodiversidade é algo muito importante para a vida de todos os seres vivos, principalmente dos homens. A biodiversidade engloba todas as espécies de animais, plantas, microorganismos que existem no meio ambiente e, ajudam para que todos possam viver. Ou seja, a biodiversidade se trata da diversidade de vida que existe no mundo.

Sobre a biodiversidade, uma curiosidade: as áreas tropicais concentram a maior quantidade de espécies tanto vegetais como animais do planeta. No Brasil, por exemplo, estão presentes 2/3 das espécies vivas existentes na Terra. Isso significa que vivemos na região de maior biodiversidade do mundo.

Biodiversidade

O que é biodiversidade?

Biodiversidade significa a riqueza e a variedade do mundo natural, ou seja, tudo que está na natureza, como as plantas, os animais e os microorganismos.

O conceito vem do termo e junção da palavra “diversidade” e “biologia”, criado em 1985 e passado a ser utilizada em 1986 mundialmente como referência à vida no planeta e a sua preservação ambiental. Todos eles fornecem alimentos, remédios e matérias-primas que são consumidos pelo ser humano.

Como exemplos de biodiversidade temos cinco reinos:

  • Monera: que são as bactérias e seres unicelulares que são decompositores;
  • Protistas: protozoários e algas unicelulares, na maioria aquáticos;
  • Fungi: que são os fundos, podendo ser uni ou pluricelulares;
  • Animalia: que são os animais, tanto os invertebrados como os vertebrados;
  • Plantae: que são as plantas e algas pluricelulares.

As características da biodiversidade

As características principais da biodiversidade são:

  • Englobar uma diversidade de seres de todas as espécies e habitats;
  • Manter o equilíbrio do planeta;
  • Manter a economia do planeta;
  • Fazer crescer o desenvolvimento sustentável;
  • Proporcionar os recursos para que todos os seres possam viver.

Para que serve a biodiversidade?

Basicamente, serve para manter o equilíbrio do planeta através da preservação ambiental, na qual a existência de uma espécie afeta em outras. Por isso, a falta de uma espécie pode fazer com que outra acabe deixando de existir, pois uma depende da outra, como um ciclo.

Dessa maneira, a importância da biodiversidade está em garantir o equilíbrio das espécies em todo o mundo, fornecendo:

  • Provisões: dando os elementos básicos para a vida, como alimentação, água, medicamentos, entre outros.
  • Regular o meio ambiente: manter a qualidade do ar, purificar a água, regular as condições climáticas, e proteger o solo contra doenças e pragas.
  • Cultura: com a biodiversidade pode-se ter cultura, história e arte, enriquecendo o conhecimento;
  • Economia: sem a biodiversidade a economia do planeta fica sem foco e cai drasticamente, porque ela representa uma porcentagem muito grande para o desenvolvimento do planeta.

Biodiversidade

Quais os tipos de biodiversidade?

O principais tipos de biodiversidade são os seguintes:

  • Diversidade Genética: variedade do material genético;
  • Diversidade Específica: variedade de espécies de animais e de vegetais;
  • Diversidade Ecossistêmica – quantidade de ecossistemas diferente de uma região;
  • Diversidade Bioquímica: compostos produzidos pelos organismos;
  • Diversidade Cultural: diferentes culturas humanas;
  • Diversidade de Hábitats: diferentes lugares onde os animais habitam;
  • Diversidade Local:  pode ser a variedade local, regional ou global;
  • Diversidade Estrutural: variação entre as estruturas de um hábitat;
  • Diversidade Paisagística: variação entre as paisagens;
  • Diversidade de Recursos: diferentes recursos biológicos dentro de uma cadeia alimentar.

A biodiversidade brasileira

A biodiversidade no Brasil é uma das maiores e mais diversificadas do mundo, contando com a sua flora e fauna. Isso ocorreu devido a extensão territorial brasileira e aos diversos tipos de climas existente no país.

Além disso, muitas das espécies brasileiras são de importância econômica mundial, como o abacaxi, a castanha do Pará, a mandioca, o amendoim, e o caju.

O Brasil também abriga os povos indígenas com um vasto conhecimento tradicional sobre a natureza, que são uma riqueza imensa para o país. Porém, apesar de toda a riqueza brasileira, a maioria das atividades econômicas nacionais baseia-se em espécies exóticas, como a cana-de-açúcar, o café, o arroz, entre outros.

Para aproveitar mais a biodiversidade do Brasil, estão sendo feitas várias pesquisas por estudiosos da área para garantir esse aproveitamento.

Biodiversidade e ecologia

A ecologia estuda as relações dos seres vivos e seus habitats, entendendo o funcionamento de toda a natureza. Através dela, é possível visualizar como as espécies interagem entre si e, compreender os motivos porque determinada espécie vive em certa região.

A partir do instante que é possível entender as necessidades das espécies, se pode analisar quais as atividades que influenciam e, até mesmo afetam, o habitat em que vivem.

Tanto a biodiversidade e ecossistema, como a ecologia devem andar juntas para um maior equilíbrio da natureza e dos animais, e um futuro sustentável.

Preservação da biodiversidade

Atualmente, a perda da biodiversidade é um problema que está afetando todos os seres. Portanto, há consequências graves com a diminuição da variedade de espécies do planeta. Isso porque, quando uma espécie entra em extinção coloca em risco várias outras.

O próprio homem é um dos principais responsáveis por deixar a biodiversidade ameaçada, devido a procura pelo crescimento de forma que afete o meio ambiente.

Biodiversidade

Dessa forma, a poluição, a expansão urbana e industrial e o uso excessivo de recursos naturais acabam destruindo muitos ecossistemas. Além disso, é um agravante a utilização dos habitats naturais de maneira indevida.

Para tentar preservar a biodiversidade, na Eco-92, no Rio de Janeiro, líderes mundiais concordaram na necessidade de criar alguma estratégia para o desenvolvimento sustentável.

Com isso, surgiu a CDB (Convenção sobre Diversidade Biológica), com os seguintes objetivos:

  • O uso sustentável dos componentes da diversidade biológica;
  • Partilhar de maneira justa os benefícios resultantes do uso dos recursos genéticos;
  • A conservação da diversidade biológica;
  • Expansão da cobertura de áreas protegidas para o desenvolvimento da biodiversidade, como proteção de bacias hidrográficas, caça e pesca sustentáveis, educação ambiental, recreação ao ar livre, entre outros;

Através dessa convenção foi fixada uma segurança quanto a importância da biodiversidade. Além disso, ficou definido que muitos países estão engajados para a sua preservação.

Porém, é preciso que todas as pessoas tenham a consciência dessa importância e comecem a fazer cada um a sua parte. Afinal, sem a biodiversidade não é possível que nenhum ser vivo possa ser preservado e nem mesmo a espécie humana no futuro, se isso não for mudado o quanto antes. Mantendo sempre o foco no desenvolvimento sustentável.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo