Biotecnologia é fundamental para o desenvolvimento sustentável

Inicio » Agronegócio » Biotecnologia é fundamental para o desenvolvimento sustentável
26/06/2019 Por
Biotecnologia é fundamental para o desenvolvimento sustentável

Biotecnologia auxilia em áreas de saúde, agricultura e na preservação do planeta

A biotecnologia é o estudo dos organismos geneticamente modificados, através da tecnologia com finalidade produtiva. Isso se dá por meio de pesquisas e vários testes para atingir o objetivo desejado.

As aplicações da biotecnologia estão relacionadas com as diversas áreas, com destaque para a área da medicina, meio ambiente, agricultura, entre outras.

Biotecnologia

O que é biotecnologia?

Biotecnologia é, em suma, um conjunto de técnicas que envolvem a manipulação de organismos vivos para a modificação de produtos.

Dessa maneira, a definição de biotecnologia, entre as inúmeras que ela apresenta, pode ser a de um conjunto multidisciplinar de conhecimentos que visa o desenvolvimento de métodos associados a seres vivos, e resolvem determinados problemas.

Contudo, o conceito do termo vem da palavra “bio” que significa vida, de “tecnos” que significa técnica, e de “logos” que significa conhecimento. A origem da biotecnologia vem da Grécia. Sendo assim, o significado de biotecnologia é a ciência que estuda a engenharia genética dos alimentos.

Alguns exemplos de biotecnologia são:

  • Clonagem de células e tecidos proporcionando a clonagem de órgãos, como rins, corações, fígados, entre outros;
  • Alimentos transgênicos;
  • Organismos transgênico que recebem em seu DNA, genes de outro DNA de uma outra espécie;
  • DNA;
  • Produção de medicamentos e vacinas;
  • Produção de biocombustíveis.

A biotecnologia promove benefícios em vários campos. Veja a seguir alguns exemplos do uso da biotecnologia.

Biotecnologia na saúde

O seu uso nessa área se baseia no fornecimento de medicamentos ou para suprir a falta de moléculas, como a insulina, por exemplo, ajudando na saúde de várias pessoas.

Ela aproveita os recursos da natureza e a composição genética dos seres humanos para fazer pesquisas que visem:

  • Reduzir as taxas de doenças infecciosas;
  • Utilizar órgãos de animais em transplantes corretamente manipulados;
  • Minimizar os riscos à saúde;
  • Combater doenças graves;
  • Ajudar na produção de medicamentos e vacinas;
  • Ajudar a tratar doenças como o câncer;
  • Auxiliar na produção de anticorpos em laboratório para pacientes com deficiência no sistema imunológico;
  • Fazer testes com células-tronco para tratamentos.

Além disso, a biotecnologia proporciona os avanços na saúde com terapias celulares com uso de moléculas, uso de células-tronco para o combate de doenças, e criação de vacinas.

Biotecnologia

Biotecnologia na agricultura

A biotecnologia na agricultura atua na produção de sementes e plantas transgênicas que demandam poucas quantidades de agrotóxicos para se desenvolverem, ajudando em:

  • Proporcionar uma melhora na genética das plantas;
  • Auxiliar na produção de insumos;
  • Ajudar no processamento de alimentos transgênicos.

Por sua vez, a biotecnologia na pecuária, proporciona um aumento de testes para medicamentos, na criação de embriões e de animais modificados.

Biotecnologia na agropecuária

A biotecnologia na agropecuária ajuda no aumento de produtividade na área cultivada e na expansão dessa área.

Ela é responsável, por exemplo, pela produção de elementos agrícolas, como sementes imunes às pragas e adaptadas ao solo e clima, que vão fazer com que as plantas tenham mais desenvolvimento.

Área da indústria

Na área industrial, a biotecnologia auxilia na fabricação de combustíveis renováveis a partir de resíduos agrícolas, como sementes e o bagaço de cana.

Alguns biocombustíveis que podem ser citados são o etanol e o biodiesel de origem agrícola produzido no Brasil. Além disso, ela é utilizada na fabricação de álcoois, acetonas e enzimas, e atuam nas fibras sintéticas.

Área do meio ambiente

Nessa área, ela ajuda no controle ou melhora da degradação feita pelo homem, ou seja, no tratamento de águas poluídas, dejetos de empresas, entre outras consequências dos atos feitos pelo homem.

A biotecnologia ainda atua na prevenção contra as espécies, acompanhando as etapas de extinção, e gerando novas espécies através do cruzamento.

Tipos de biotecnologia

Existe um número cada vez maior de tipos de biotecnologia. No entanto, os mais mais comuns são: biotecnologia da medicina, moderna e tradicional.

Biotecnologia na Medicina

A biotecnologia na medicina é usada:

  • No auxílio dos órgãos de animais para transplantes;
  • Na fabricação de vacinas, insulina e medicamentos;
  • Na clonagem reprodutiva e terapêutica;
  • No uso de células-tronco para doenças degenerativas.

Biotecnologia Tradicional

Também conhecida como biotecnologia clássica, essa é aquele tipo de biotecnologia que existe desde o início dos tempos quando começou a ser utilizada pelos primeiros profissionais dessa área, que empregavam micro-organismo em alguns processos.

Em 1970, a biotecnologia tradicional era uma disciplina somente usada em engenharia química e microbiologia. E em 1971, com a criação do termo biotecnologia começou a mudar algumas coisas.

Ela focava na preparação de matéria-prima a ser usada em micro-organismo como um tipo de fonte, no processo de fermentação do material em biorreatores para obter o material desejado, e na purificação do material final.

Biotecnologia Moderna

A biotecnologia moderna engloba as áreas de aplicações biológicas em saúde e biomedicina, na tecnologia experimental, na agricultura, indústria, biologia, química orgânica, entre outras.

Em todas essas áreas, ela se baseia nos benefícios da tecnologia para auxiliar na conservação dos alimentos em qualquer clima, na fabricação de medicamentos através de estudos de organismos animais e vegetais.

A importância da biotecnologia

A biotecnologia, portanto, é muito importante para o desenvolvimento sustentável através dos seus métodos e pesquisas.

As vantagens da biotecnologia são, por exemplo:

  • Diminui a utilização de pesticidas;
  • Redução na quantidade de energia necessária para produzir alimentos;
  • As colheitas têm uma maior resistência e rendimento;
  • São usados produtos menos nocivos ao meio ambiente;
  • Alimentos mais nutritivos;
  • Diminuição da fome no mundo;
  • Redução de doenças contagiosas;
  • Fabricação de produtos biodegradáveis para reduzir a poluição.

Biotecnologia

Objetivo da biotecnologia

O objetivo principal dessa ciência é sobretudo usar a tecnologia a favor da natureza e de todos os seres vivos, através de estudos que possam ajudá-los a viverem melhor. Para isso, são necessários profissionais qualificados e que querem trabalhar com o intuito de ajudar a tornar o mundo mais sustentável.

Para que essa área possa ser seguida, por meio de uma profissão, não é necessário cursar uma faculdade de biotecnologia. Um profissional de biotecnologia pode ser formado em áreas diversas, como a biologia, a medicina e a engenharia, por exemplo.

Isso ocorre porque a biotecnologia é multidisciplinar, ou, seja, não é necessária uma formação específica nessa área para usar as suas técnicas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo