Mercado de biscoito faturou quase 27 bilhões em 2018

Inicio » Agronegócio » Mercado de biscoito faturou quase 27 bilhões em 2018
20/09/2020 Por
Mercado de biscoito faturou quase 27 bilhões em 2018

Existe uma grande variedade de biscoitos no mercado, e apesar das crises que acometeram a economia, a venda do produto se manteve firme e teve grande rentabilidade. Apesar de o biscoito mais vendido no ano de 2018 ter sido o recheado, o público ainda demonstra grande preferência por bolachas de água e sal, entre outras bolachas doces. O faturamento da indústria de massas alimentícias teve um aumento do número de vendas em relação ao ano anterior.

O biscoito produzido artesanalmente também é muito apreciado pelos consumidores, e são artigos fabricados com temáticas natalinas, entre outros. No Brasil, a Associação Brasileira de Biscoitos, a ABIMAPI, tem percebido mudanças dos hábitos de consumidores, o que pode influenciar diretamente nesse aumento de consumo.

biscoito

O que é biscoito?

Biscoito é um alimento fabricado a partir de farinha, água ou leite, sal ou açúcar, entre outros ingredientes, de acordo com os diferentes tipos de biscoito.

Os biscoitos podem ser utilizados para produção de outras receitas como sobremesas, sendo a mais conhecida o pavê, feito com bolacha maria.

Apesar da variação dos termos na língua portuguesa, o emprego das palavras biscoito ou bolacha estão corretos. A diferença entre os termos concentra-se mais em questões regionais e de variações linguísticas do idioma. A base de preparação de ambos é a mesma e, por este motivo, segundo a Agência de Vigilância Sanitária, as palavras bolacha e biscoito podem ser sinônimos para um mesmo produto.

Entretanto, a principal característica do biscoito é que ele deve ser um alimento mais seco, com pouco teor de umidade, o que proporciona maior durabilidade ao alimento. O termo “bolacha” faz menção ao formato do biscoito, enquanto este faz menção ao seu cozimento e modo de preparo. Logo, a bolacha é sinônimo de biscoito, contudo, convencionou-se para a categoria nomear em suas embalagens a palavra biscoito.

Nem todo biscoito é saudável. Muitos deles podem conter altas taxas de açúcares e sódio, devendo ter o seu consumo moderado, bem como são fonte de alimentação com altos valores calóricos.

O biscoito saudável pode ser aquele que contém grãos e pouca gordura em sua fabricação, fornecendo sabor mais natural. Podem ser feitos com farinha de aveia e não necessariamente farinha de trigo. Deste modo, possuem melhores valores nutritivos que influenciam na qualidade da alimentação de seus consumidores.

Como fazer biscoito?

Algumas receitas ensinam como fazer biscoito e estes podem ser biscoito de polvilho, biscoito amanteigado, biscoito de aveia, biscoito de maizena, entre outros. Da mesma forma, é possível encontrar facilmente na internet receita de biscoito recheado ou ainda biscoito de Natal para fabricação caseira.

Os biscoitos de Natal costumam ser enfeitados com açúcar e pasta americana, assumindo formas interativas e com muito bom gosto, substituindo doces que levam chocolates e gorduras, e deste modo são opções mais saudáveis para consumo. Também podem ser uma bela opção de presentes e lembrancinhas na data festiva.

biscoito

Características de cada receita de biscoito

Cada biscoito possui uma maneira de fazer. Alguns recebem quantidades maiores de açúcar, bem como muda a textura da massa, a qual será assada.

Sendo assim, é preciso seguir à risca as medidas e o modo de preparo dos biscoitos de modo a garantir que estes tenham o sabor desejado. Também é muito importante evitar que passe do ponto ao assar, o que pode formar biscoitos queimados e com sabor amargo.

Receita do biscoito de polvilho

O biscoito de polvilho é um alimento típico brasileiro. Ele é feito com farinha de polvilho azedo.

  • 2 xícaras de polvilho azedo;
  • 120 ml de leite integral;
  • 110 ml de óleo;
  • 120 ml de água;
  • 1 ovo;
  • 10 gramas de sal.

Deve-se misturar os ingredientes secos até que fiquem uniformes. Após, deve-se acrescentar o leite  e o óleo e aquecer aos poucos, misturando sempre para a diluição, até que alcance a fervura. Reserve até esfriar. Dessa forma, ainda morno, acrescente o ovo mexido e misture bem, acrescentando a água aos poucos. Divida em porções e leve ao forno por cerca de 30 minutos.

Receita de biscoito amanteigado

Esses biscoitos são os favoritos para o lanche da tarde, docinhos e muito saborosos, além de macios. Para fazê-los, você vai precisar de:

  • 1 xícara de farinha de trigo;
  • ¼ de xícara de açúcar;
  • 75 gramas de manteiga.

Caso seja de sua preferência, é possível acrescentar a essência de baunilha para dar um sabor mais profundo e aromatizado à receita.

Você deve untar a forma com manteiga e farinha. Ao juntar os ingredientes, você deve misturá-los bem com as mãos, de modo a formar uma massa homogênea. Deixe a massa descansar por 15 minutos. Asse em pequenas porções em forno pré-aquecido a 180 graus por 25 minutos.

biscoito

Biscoito na agroindústria

De acordo com a ABIMAPI, o mercado internacional também tem sido bem lucrativo para as empresas fabricantes deste alimento. O Brasil é um grande exportador de produtos dessa natureza para países como os Estados Unidos, Paraguai Uruguai e Argentina.

A Associação também inclui em seus dados a comercialização de massas e bolos pela indústria, os quais também têm sido lucrativos. No Brasil, houve crescimento na venda de produtos e massas de preparo instantâneo e, segundo o órgão, o consumidor vai menos ao supermercado e escolhe produtos com maior exigência.

A indústria faturou, no ano de 2018, quase 27 bilhões com o comércio de biscoitos, sendo vendido em grandes proporções o item na versão recheada.

O surgimento de novas marcas no mercado também proporcionou esse aumento nas vendas, e os cookies têm ganhado protagonismo nesse mercado. Entretanto, são alimentos ricos em carboidratos, os quais devem ser consumidos sem exagero e tampouco devem ser incluídos diariamente na dieta alimentar de crianças.

O biscoito integral pode conter um pouco mais de valores nutritivos para a dieta por conter grãos que normalmente não são consumidos em pães e bolos. Entretanto, as farinhas utilizadas continuam contendo os mesmos carboidratos que precisam ser controlados quando consumidos, além da quantidade de açúcares e gorduras.

Deste modo, podem ser preferidos também os biscoitos que utilizam farinhas integrais ou mesmo de aveia. Assim, a opção de biscoito feito de aveia é muito interessante para pessoas com doença celíaca e alergênicos ao glúten.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo