Carboidrato é composto molecular essencial para funcionamento do corpo

Inicio » Agronegócio » Carboidrato é composto molecular essencial para funcionamento do corpo
23/09/2019 Por
Carboidrato é composto molecular essencial para funcionamento do corpo

O carboidrato é um composto molecular feito de apenas três elementos: carbono, hidrogênio e oxigênio

No que diz respeito ao corpo, os alimentos são feitos de vários nutrientes e um grande número de substâncias que não têm valor nutritivo. Os nutrientes são os materiais que o corpo precisa para se construir e permanecer em boas condições de funcionamento. Alguns desses nutrientes, principalmente carboidrato, gordura e proteínas, fornecem energia.

O nutriente carboidrato é considerado essencial, o que significa que seu corpo precisa dele para a função ideal, mas não pode produzi-lo por conta própria. Desse modo, os carboidratos digeríveis são os nutrientes mais fáceis de decompor em energia, então seu corpo confia neles como seu principal combustível.

carboidrato

O que é carboidrato?

Carboidrato é um tipo de nutriente composto por moléculas feitas de carbono, hidrogênio e oxigênio, em uma proporção de aproximadamente um átomo de carbono a uma molécula de água. Essa composição dá nome aos carboidratos: eles são compostos de carbono (carbo-) mais água (-hidrato).

Todos os carboidratos contêm carbono, hidrogênio e oxigênio. Esses elementos se reúnem em diferentes arranjos para formar unidades únicas ou duplas conhecidas como açúcares, assim como unidades mais longas conhecidas como amidos ou unidades indigestas conhecidas como fibras.

Da mesma forma, o carboidrato combina entre si formando polímeros ou cadeias.

Tipos de carboidratos

Há dois tipos de carboidratos:

  • Simples;
  • Complexos.

Os cientistas distinguem carboidratos como sendo carboidratos simples (açúcares), esses contendo um ou dois anéis nas cadeias de moléculas (monossacarídeos ou dissacarídeos).

Os carboidratos complexos, por sua vez, contêm com muitos anéis (polissacarídeos). Além disso, carboidratos complexos podem ser digeríveis (amidos) ou indigestíveis (fibras ou volumosos), dependendo de como esses anéis são ligados.

Glicose, sacarose, frutose, maltose e lactose são açúcares comuns. O corpo pode ocultar todos esses açúcares diretamente em energia, ou pode usá-los para produzir gorduras.

Sendo assim, a cadeia pode ser:

  • Ramificada, de maneira que a molécula se pareça com uma árvore cheia de galhos;
  • Não ramificada, onde a molécula se apresenta com uma linha reta.

Amidos feitos de centenas – até milhares – de moléculas de glicose são os polissacarídeos digestíveis mais comuns na dieta. Eles também são a principal fonte de energia na dieta humana. Grãos, feijões e algumas frutas e legumes são fontes ricas em amido.

carboidrato

Carboidratos simples e complexos

Os carboidratos podem ser descritos de duas formas, como simples e complexos.

Carboidratos complexos são alimentos ricos em fibras e amido, demorando mais tempo para digerir antes de usar glicose como energia. Eles contêm importantes vitaminas, minerais e antioxidantes.

A energia de liberação lenta para o corpo é fornecida com consumo. Grãos integrais, feijões, quinoa, legumes, aveia e arroz integral são excelentes fontes de carboidratos complexos e saudáveis.

Já os carboidratos simples são alimentos que contêm açúcares naturais facilmente digeridos pelo corpo e fornecem energia rápida. Frutas, alguns vegetais, leite e laticínios são ricas fontes de carboidratos simples.

Carboidratos simples também são encontrados em alimentos processados e refinados, como refrigerante, açúcar branco e doces, que devem ser evitados. Embora frutas, vegetais e leite sejam considerados um carboidrato simples, eles contêm nutrientes, fibras e proteínas essenciais e agem mais como carboidratos complexos quando digeridos.

Para que serve o carboidrato?

A essa altura, você deve estar curioso para saber para que serve o carboidrato, não é mesmo?

Açúcares e amidos podem passar por várias reações químicas para produzir glicose, uma unidade de açúcar única e a moeda energética do seu corpo. Vários órgãos, incluindo o cérebro e os músculos, precisam de um suprimento constante de glicose. Isso porque precisam deles para funcionar da melhor maneira possível, depois que você terminar de comer.

Para atender a essas necessidades, seu corpo armazena carboidratos em excesso no fígado e músculos na forma de glicogênio. Portanto, a fibra, que é um carboidrato não digerível, age como uma vassoura, ajudando a varrer os resíduos e manter a saúde do intestino.

carboidrato

Alimentos com carboidratos

Para uma dieta balanceada, o primeiro passo é descobrir quais são os principais alimentos com carboidratos. Entretanto, isso pode ser desafiador.

Algumas pessoas não percebem que o leite, por exemplo, contém carboidratos. Elas acham que é um alimento proteico, ou seja, rico em proteínas.

Outros não percebem que as frutas contêm carboidratos ou que alimentos integrais, como arroz integral, não são alimentos livres de carboidratos.

Dessa maneira, aqui estão grupos de alimentos onde você encontrará mais carboidratos:

  • Laticínios como leite, iogurte e sorvete;
  • Frutas inteiras e suco de frutas;
  • Grãos como pão, arroz, bolachas e cereais;
  • Leguminosas como feijão e outras proteínas de origem vegetal;
  • Amido de legumes como batata e milho;
  • Doces açucarados como refrigerantes, doces industrializados, biscoitos, entre outras sobremesas.

Carboidratos ruins devem ser evitados

Evite carboidratos ruins, com falta de valor nutritivo, contribuindo para um corpo insalubre. Os carboidratos ruins incluem produtos alimentares excessivamente processados e desnutridos que revestem a maioria das prateleiras dos supermercados.

Cuidado com os rótulos de alimentos sofisticados que prometem baixo teor de gordura, com baixas calorias e sem adição de açúcar. Infelizmente, carboidratos ruins como esses chegaram ao cenário fitness disfarçados de produtos saudáveis.

É importante se familiarizar com o reconhecimento de um carboidrato ruim e eliminá-lo de sua dieta. Os alimentos embalados devem ter poucos ingredientes e um prazo de validade curto para serem considerados uma compra mais saudável.

Eliminar carboidratos processados, como pão branco, doces e refrigerantes, é uma ótima maneira de evitar carboidratos ruins.

Recomenda-se evitar a seguinte lista de carboidratos ruins para melhorar a saúde:

  • Bebidas açucaradas como refrigerantes, bebidas com adição de açúcar e águas gaseificadas;
  • Sucos de caixinha, pois a maioria é recheada com açúcar e conservantes;
  • Pão branco, pois é um produto refinado sem valor nutricional;
  • Alimentos processados que carecem de valor nutricional e são cheios de conservantes;
  • Sorvete, doce e chocolate ao leite não possuem valor nutricional, além de serem ricos em açúcares e conservantes.

Precisamos de carboidratos para a saúde, mas eles devem ser o tipo certo de carboidrato. Seguir uma dieta bem equilibrada que inclua carboidratos não processados e dormir o suficiente, assim como fazer atividade física, é mais provável que leve a uma boa saúde e um peso corporal adequado do que focar em eliminar um nutriente específico.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo