Bovinocultura é a técnica de criação de gado leiteiro e de corte

Inicio » Pecuária » Bovinocultura é a técnica de criação de gado leiteiro e de corte
28/06/2019 Por
Bovinocultura é a técnica de criação de gado leiteiro e de corte

A bovinocultura compreende diversas atividades dentro da pecuária, como o trato com os animais e os cuidados com a produção

O produtor rural pode traçar alguns objetivos e planos dentro em relação à bovinocultura. O primeiro deles é escolher o ramo da criação: se será para a produção de leite ou de carne.

A bovinocultura abrange diversos pontos de uma criação de gado, desde a compra e manutenção do plantel, reprodução dos animais, engorda e período do abate.

Bovinocultura

O que é bovinocultura?

Bovinocultura é o termo utilizado para definir a criação de gado, independente da finalidade que terão estes animais ou os seus produtos. O termo, basicamente, se refere à criação de gado e todas as atividades que envolvem esta criação, como manejo, reprodução, cuidados veterinários, etc.

Esta ciência, então, pode ser dividida de algumas formas, já que a produção de bovinos é bastante ampla no território brasileiro. Assim, os principais segmentos estudados e praticados dentro da bovinocultura no Brasil, são:

  • Bovinocultura de corte
  • Bovinocultura de leite

A bovinocultura, então, está inserida dentro das atividades econômicas da pecuária. Assim, a ciência que estuda e viabiliza esta atividade é a zootecnia. A função de corte e a de leite são, portanto, os dois principais ramos da criação de gado que existem.

A bovinocultura de corte no Brasil

Também chamada de pecuária de corte, esta é uma das atividades mais importantes para a economia dentro do agronegócio brasileiro. Dentro deste ramo, então, o gado é criado com o objetivo de produzir carne para a comercialização e o consumo.

Assim, alguns dos produtos que têm origem na bovinocultura de corte, são:

  • Carne
  • Couro
  • Ossos
  • Estrume
  • Vísceras

Ou seja, a criação de gado de corte dá origem ao produto principal, que é a carne propriamente dita. Contudo, também disponibiliza no mercado diversas outras opções de produtos, derivados de sua criação.

Bovinocultura

Raças mais utilizadas dentro da pecuária de corte

Muitos tipos diferentes de gado podem ser utilizados para a produção de carne. Contudo, as raças mais conhecidas dentro da pecuária, são:

  • Nelore
  • Simental
  • Charolês
  • Devon
  • Senepol
  • Canchim
  • Gir
  • Guzerá
  • Aberdeen Angus
  • Sindi

A criação de gado leiteiro no Brasil

Também chamada de pecuária de leite, ou ainda bovinocultura leiteira, esta área visa a criação de gado com o objetivo de comercializar o leite. Ou seja, o produto primário dentro da criação deve ser a produção de leite, assim como seus derivados.

Bovinocultura

Assim, as principais raças utilizadas para a produção leiteira, são as seguintes:

  • Gado Holandês: é umas das mais conhecidas no mundo. Possui um grande potencial produtivo, sua pelagem é branca com manchas pretas, ou vermelhas.
  • Jersey: é uma raça mais rústica, portanto, de adaptação mais fácil aos diferentes tipos de clima. Sua pelagem é marrom, ou parda, e o leite que produz tem alto teor de gordura e proteína.
  • Pardo Suíço: também é utilizada na produção de carne, contudo, apresenta melhores resultados em sua função leiteira. São vacas rústicas e com bastante longevidade.
  • Girolando: é o cruzamento entre as raças Gir e Holandês. Devido à sua combinação genética, são animais rústicos e com alta produtividade.

Alguns produtores até podem utilizar as mesmas raças na produção de corte e leite. Entretanto, cada raça apresenta características específicas, como produtividade leiteira, adaptação ao campo, teor de produção de carne.

Por isso, dentro da bovinocultura é aconselhável que se utiliza as raças que apresentam as melhores predisposições para cada tipo de criação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo