BPL garante boas condições de atividades realizadas em laboratórios

Inicio » Agronegócio » BPL garante boas condições de atividades realizadas em laboratórios
06/06/2019 Por
BPL garante boas condições de atividades realizadas em laboratórios

BPL, seus objetivos e princípios

A BPL (boas práticas de laboratório) age em função da segurança do meio ambiente, dos animais, dos vegetais e da saúde humana. Fazer uso desta medida é vantajoso uma vez que ela pode livrar campos e laboratórios de agentes prejudiciais que impactam as atividades e pesquisas futuras.

Sendo assim, a BPL é composta por objetivos e princípios que norteiam as atividades. Os procedimentos realizados são feitos em prol da segurança ambiental e humana. Além do mais, há um jeito certo de implantá-la e de fazer sua monitoração.

BPL - Boas práticas de laboratório

O que são Boas Práticas de Laboratório?

As boas práticas de laboratório (sigla BPL) consistem em um conjunto de regulamentos que se referem à organização e as condições sob as quais estudos realizados em laboratórios e em campo são planejados, feitos, monitorados, relatados e registrados.

Ou seja, em outras palavras, a BPL é um sistema de qualidade usado para analisar a rotina dos procedimentos realizados em laboratórios. Ela assegura a confiabilidade dos resultados conseguidos através das pesquisas ou testes realizados. Outra definição mais ampla, se refere à BPL como a utilização correta e segura de métodos e substâncias que prejudicam o meio ambiente ou a saúde humana.

O seu principal princípio é estabelecer os padrões mínimos para um laboratório funcionar adequada e eficientemente, visando os animais, o homem, os vegetais e a natureza.

Objetivos das boas práticas em laboratório

  • Proporcionar o aumento do nível de qualidade do trabalho realizado no ambiente de laboratório
  • Promover a confiabilidade nos resultados conseguidos em experimentos e testes realizados;
  • Viabilizar a eficácia dos reagentes, kits, substâncias e produtos utilizados;
  • Instituir um sistema de controle de qualidade interlaboratorial e estabelecer laboratórios de referência;
  • Aprimorar a qualificação dos auxiliares e técnicos de laboratório;
  • Igualar as práticas de laboratório, com o intuito de garantir a reprodutibilidade dos resultados obtidos.

Implantação das boas práticas de laboratório – Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é quem estabelece as normas para que a implantação da BPL seja feita.

Para os serviços voltadas para a engenharia clínica, é fundamental promover a funcionalidade dos equipamentos, analisar as formas de descontaminação e desinfecção de peças que ficam em contato com as entranhas do paciente e legitimar todo o procedimento.

A validação dos processos realizados deve contar com a análise do engenheiro clínico. Ele vai verificar as variáveis de funcionamento, diagnosticar possíveis erros e recomendar manutenção preventiva ou corretiva.

BPL - Boas práticas de laboratório

Boas práticas de laboratório – Biossegurança

O monitoramento da efetividade da BPL começa assim que suas atividades são inseridas. Este procedimento será realizado através de indicadores de produtividade.

Os laboratórios de análises clínicas, por exemplo, podem trabalhar com número de solicitações e de pedidos atendidos ou não. Além do mais, é possível que seja feita avaliação das principais dificuldades, assim como os reparos dos convênios, a perda de produção por defeito nos equipamentos utilizados, entre outros.

Dessa forma, fica mais fácil para identificar os pontos negativos. E além disso, agir em função da produtividade e melhorar os serviços diferenciais.

Sendo assim, ligado à biossegurança, a BPL tem como objetivo orientar as principais atividade realizadas nos serviços de saúde, através de estratégias que visam diminuir o risco de exposição aos agentes prejudiciais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo