Brinco de princesa é flor símbolo do Rio Grande do Sul

Inicio » Meio Ambiente » Brinco de princesa é flor símbolo do Rio Grande do Sul
14/10/2019 Por
Brinco de princesa é flor símbolo do Rio Grande do Sul

Flor brinco de princesa é conhecida por sua beleza e por contar com cerca de 200 variedades diferentes

A flor brinco de princesa é considerada como o símbolo do Rio Grande do Sul. Seu nome científico é Fuchsia hybrida. A variedade tem mais de 12 mil espécies, sendo que cerca de 200 delas são encontradas apenas na América do Sul.

O brinco de princesa chegou à Inglaterra por meio do século XVII e ganhou o mundo a partir dos jardins ingleses. A flor ainda é conhecida por agrado, fúcsia e lágrima.

brinco de princesaO que é a flor brinco de princesa?

A flor brinco de princesa é resultado de melhoramentos genéticos de espécies vindas das Cordilheiras dos Andes, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, além de Santa Catarina.  Aliás, o hibridismo dela é ainda mais intenso em flores obtidas principalmente na Serra do Mar.

A flor brinco de princesa possui pétalas e sépalas de cores e formas diferentes, e foram essas características que levaram a fama internacional. Ela atrai os beija flores como seus principais polinizadores.

Características da espécie ornamental

O nome científico da flor brinco de princesa – Fuchsia hybridavem de duas características da planta: sua coloração fúcsia intensa e o fato de ser híbrida de espécies sul-americanas. Inclusive, o cruzamento entre diferentes espécies responde pelas variedades desta flor encontrada na natureza.

A brinco de princesa é uma espécie perene que pode chegar a um ou dois metros de altura. Suas folhas também podem ter tamanhos distintos, variando entre 1 e 25 centímetros. A árvore brinco de princesa tem ainda ramagens independentes, apesar de constarem variações com plantas mais eretas ou pendentes.

brinco de princesa

As sementes são bem pequenas e aparecem em grande quantidade, favorecendo a polinização. As suas flores têm beleza singular com formato de cálice virado para baixo. Vistosas, as cores mais frequentemente encontradas são rosa, azul, violeta, vermelho e, também, o brinco de princesa branco, aparecendo combinações diferentes e sem mesclas.

Dependendo de onde brotam, florescem o ano todo ou, especialmente, nas estações da primavera e verão. A brinco de princesa é uma das favoritas dos paisagistas, por isso, são muito usadas na montagem de jardins. Afinal, não é a toa que seu nome significa “elegância, superioridade, elevação e nobreza”.

Como plantar brinco de princesa?

A propagação da flor  se dá por sementes ou por estaquia na ponta dos ramos. Como já mencionado anteriormente, encontra no beija-flor o seu principal polinizador. No entanto, para ter a planta em casa, basta seguir algumas dicas:

  • Essa planta aprecia o frio, por isso, são mais frequentes em locais de climas mais amenos, como o sul do Brasil.
  • Se o intuito é plantá-la em regiões tropicais, dê preferência à espaços de meia-sombra, desde que sejam bem iluminados para manter sua aparência.
  • Evite a incidência direta da luz solar, mantendo a temperatura entre 10º e 22ºC.
  • Outro cuidado importante em relação a flor é o plantio em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica. É importante manter o solo sempre drenado, evitando que as suas raízes fiquem encharcadas e apodreçam.

É bom destacar, também, que a planta requer irrigação frequente no verão; enquanto, no inverno, demanda adubação para impulsionar o florescimento.

brinco de princesa

Cuidados no plantio da flor

Além de técnicas de plantio, é indispensável saber como cuidar do brinco de princesa. Caso a flor seja cultivada em vasos, seus ramos devem ser podados pela metade após o florescimento. E quanto à adubação, qual é o período certo?

No começo da primavera e outono, o procedimento é necessário para estimular a floração. Do mesmo modo, deve-se adubar no início do verão, logo após o florescimento.

Com o propósito de melhorar a porosidade do solo, ainda é necessária fazer a sua adubação mensal. Adubar a flor resulta no aumento da quantidade de nutrientes importantes, como por exemplo,  cálcio, fósforo, potássio, manganês e nitrogênio.

A propagação do brinco de princesa é feita por estacas ou sementes e o melhor período para seu plantio é durante a transição entre primavera e outono.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo