Plantas ornamentais embelezam espaços e impulsionam o paisagismo

Inicio » Agricultura » Plantas ornamentais embelezam espaços e impulsionam o paisagismo
24/07/2019 Por
Plantas ornamentais embelezam espaços e impulsionam o paisagismo

Variedade de plantas ornamentais teve a descoberta do continente americano como fato impulsionador

O cultivo e combinações de plantas ornamentais alcançou pico tão grande de vendas em dado momento que formou-se um comércio paralelo, tráfico de flores. Tamanha demanda provocou enorme desequilíbrio levando muitas das flores à extinção ou reduzindo bastante de número.

Por essa razão, muitas das plantas ornamentais se tornaram raríssimas e, apesar dessa devastação, a procura continua intensa e o tráfico em igual escala. Mas a seleção de plantas ornamentais remete a épocas bem antigas. Isso porque a descoberta do continente americano e a exploração no continente asiático proporcionaram novas adições de flores; que enriqueceram consideravelmente as variações de plantas ornamentais.

Plantas ornamentais

O que são plantas ornamentais?

Plantas ornamentais são usadas especificamente para decoração de ambientes. Não se trata de tipos pertencentes a uma determinada espécie de plantas e muito menos espécies industrializadas produzidas por uma marca. Qualquer tipo de flor pode ser incluída no grupo das ornamentais, desde que atenda o principal critério para se classificar uma como tal: a beleza.

A planta sendo considerada formosa é cultivada unicamente para, quando crescer, decorar um ambiente interno ou externo. Esses ambientes podem ser, evidentemente, cômodos de residência, jardins, canteiros, entre outros.

Selecioná-las e diferenciá-las não é tão simples, porque nem todos os modelos das espécies consideradas belas nascem com o mesmo aspecto, sendo necessário fazer uma seleção.

O uso das flores de aspecto mais charmoso para decoração estimulou que experiências fossem feitas ao longo do tempo para se encontrar espécies ainda mais belas e que chamassem a atenção dos decoradores e donas de casa.

Essas experiências, então, consistiram em fazer misturas de espécies de plantas, ocasionando, assim, o surgimento de novos tipos de plantas ornamentais.

O cultivo das plantas ornamentais

Essas plantas são cultivadas em fazendas, viveiros e estufas e são comercializadas por lojas especializadas e floriculturas.

Nas estufas, as plantas ornamentais vivem em um sistema de ventilação para poderem suportar as altas temperaturas das estações quentes. Também contam com um sistema de irrigação para proporcionar a umidade ambiental.

As plantas devem ser cultivadas de modo a se adaptar ao ambiente que vão viver. Isto porque há tipos de plantas ornamentais que são mais indicadas para regiões específicas, como áreas secas, com sombras. Entretanto, há outras que são aromáticas e para uso medicinal.

Tipos de plantas ornamentais

Acima apontamos que qualquer tipo de planta poder ser considerada planta ornamental desde que atenda o critério de beleza. Mas, afinal, quais são os tipos enquadrados nessa categoria pelos especialistas? Quais são os exemplos de plantas ornamentais?

A seguir, vamos falar sobre as mais conhecidas.

Nomes de plantas ornamentais

Essas plantas podem ser usadas conjuntamente a folhagens e são vários os tipos classificados como ornamentais. Vamos citar, então, alguns dos principais nomes de plantas ornamentais em ordem alfabética.

Plantas ornamentais

Com a letra A

  • Açucena;
  • Alecrim;
  • Alpínia;
  • Antúrio;
  • Astromélia;
  • Azaléia.

Com a letra B

  • Begônia;
  • Bulbine;
  • Beijo-de-frade;
  • Beri-silvestre;
  • Brinco-de-princesa;
  • Botão-de-ouro.

Com a letra C

  • Camomila;
  • Crisântemo;
  • Caatinga;
  • Caeté;
  • Camélia;
  • Chiquita-bacana.

Com a letra D

  • Dedaleira;
  • Dicorisandra;
  • Dália.

Com a letra E

  • Espirradeira;
  • Estrela-do-egito.

Com a letra F

  • Flor-de-coral;
  • Frésia;
  • Flor-borboleta.

Com a letra G

  • Gloriosa;
  • Gerânio;
  • Giesta;
  • Girassol.

Com a letra J

  • Jacobina;
  • Jacinto.

Com a letra L

  • Lavanda;
  • Lobélia-Azul;
  • Lupino.

Com a letra M

  • Margarida;
  • Moreia;
  • Maravilha.

Com a letra P

  • Peônia;
  • Poinsétia.

Com a letra R

  • Rosa;
  • Rainha-da-noite;
  • Ruélia-Azul.

Com a letra S

  • Semânia;
  • Sedum-vistoso;
  • Sininho.

Com a letra T

  • Tango;
  • Tritônia;
  • Trapoeraba.

Com a letra V

  • Violeta;
  • Verônica.

Plantas ornamentais para vasos

É possível achar plantas ornamentais para vasos em uma infinidade de lugares. Além das plantas que você pode cultivar em casa, também há as opções daquelas que são vendidas já com o vaso, “prontas” para embelezar os ambientes. Estas, por sua vez, apesar de serem uma solução mais prática, costumam custar um pouco mais.

Em primeiro lugar, você acaba investindo em algo que demandou mais cuidados e materiais. Em segundo lugar, o que também conta na definição do valor é o tamanho e a espécie escolhida.

A opção mais econômica, e mais trabalhosa, é adquirir um vaso, a terra e a semente da planta que pretende cultivar e fazer todos os preparativos para o plantio.

As plantas ornamentais no Brasil mais indicadas para serem cuidadas em vasos são as seguintes:

  • Alfazema;
  • Dracena;
  • Cacto;
  • Buxinho bolas;
  • Chifres-de-veado;
  • Bambu mossô.

Plantas ornamentais artificiais

As plantas ornamentais artificiais são espécies muito utilizadas para o paisagismo de ambientes internos e externos. São coloridas, vistosas, perfumadas e muitas recebem texturas distintas.

São recomendáveis aquelas que não crescem desordenadamente dentro de espaços pequenos, pois a manutenção é muito complicada em tais lugares. Assim, vale o mesmo quanto a plantas que apresentam raízes agressivas. Claro, nem precisamos falar das plantas venenosas.

Cuidados com as plantas ornamentais

Para boa preservação da saúde, do bom aspecto dessas plantas de uso decorativo, é necessário tomar alguns cuidados.

Não é recomendável que esse tipo de planta receba diretamente em sua estrutura a luz do sol, porque são sensíveis e podem se deteriorar rapidamente com esse contato que lhe são nocivas. Mas um bom sistema de proteção, de vedação, costuma dar conta do recado. Mantê-las em locais internos, então, é o suficiente.

Também deve-se cuidar para que o ar onde essas plantas estiverem inseridas se renovem constantemente, pois elas necessitam de ar límpido para se manterem saudáveis, o que é uma dificuldade nas grandes cidades. Por isso, se faz mais necessário o uso de estufas.

Plantas ornamentais

A variação de temperatura, principalmente em épocas calorentas, é prejudicial às ornamentais. Tal variação, então, não deve ocorrer com a umidade ao redor do plantio, porque pode sofrer diversas consequências, muitas delas irreversíveis.

Por isso, essas plantas são conservadas em estufas onde recebem diariamente todos os cuidados para impedir seu deterioramento. Há um sistema de irrigação para garantir a umidade desejada e um sistema de refrigeração para impedir desgastes nas épocas com temperaturas mais elevadas.

Mas vale ressaltar que cada espécie exige cuidados específicos. Entretanto, de modo geral, os principais cuidados a se tomar em relação às plantas ornamentais artificiais são esses. Assim, com atenção e zelo, qualquer espécie ornamental será capaz de embelezar os ambientes.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo