Bucha é uma planta tropical que exige condições especiais de cultivo

Inicio » Agricultura » Bucha é uma planta tropical que exige condições especiais de cultivo
10/09/2019 Por
Bucha é uma planta tropical que exige condições especiais de cultivo

Cultivo de bucha é fácil e pode ser realizado em casa

Bucha vegetal, conhecida também como cabacinha, buchinha e buchinha do norte, é como é chamado o fruto originário da trepadeira Luffa cylindrica.

De acesso fácil, a bucha pode ser encontrada nas prateleiras dos mais diversos armazéns, feiras livres, farmácias e supermercados. Contudo, o que a maioria desconhece é que o cultivo da buchinha é simples e rentável, podendo ser realizado até mesmo em casa.

bucha

O que é bucha?

Bucha é uma trepadeira alta pertencente à família das cucurbitáceas, sendo assim classificada no gênero Luffa. Algumas variedades de buchinha podem superar a marca de um metro e meio de altura.

Nativa das regiões tropicais do “Velho Mundo”, a bucha também atende pelos nomes de:

  • Bucha vegetal;
  • Mamalongo;
  • Gombô grande;
  • Quingombo grande;
  • Bucha dos paulistas;
  • Fruta dos paulistas;
  • Esfregão ;
  • Bucha de parreira;
  • Fruta cocta;
  • Bucha de cerca;
  • Bucha dos pescadores;
  • Spongo (em Esperanto);
  • Pashte (na Guatemala);
  • Susemi (na Coreia);
  • Paste (em El Salvador);
  • Loufa (na França);
  • Musú (na República Dominicana).

Benefícios da bucha

Ideal e amplamente utilizada com fins estéticos, domésticos e de higiene pessoal, a buchinha vegetal conta com propriedades e benefícios que vão muito além da limpeza da pele e lavagem da louça.

As sementes, frutos e folhas deste vegetal são recomendados para fins medicinais. De fato, o vegetal pode ser utilizado na prevenção e tratamento de males como bronquite, sinusite, rinite, hemorragia e asma.

Além disso, devido à sua ação expectorante, provoca o alívio da dor de cabeça, falta de ar e outros desconfortos ocasionados pela incidência de problemas respiratórios. Nesse aspecto, o vegetal serve como soro, sendo usado para umedecer e lavar as vias respiratórias e narinas.

Em contrapartida, sua ingestão é contraindicada, sendo desaconselhada por profissionais.

bucha

Tipos de bucha

Em linhas gerais, pode-se dizer que existem dois tipos de bucha: a vegetal e a de banho.

Bucha vegetal

A bucha vegetal, como é chamada, é considerada uma planta subespontânea. Em suma, a planta é cultivada em diversas regiões tropicais em razão dos seus brotos, frutos comestíveis e usos medicinais.

A bucha, enquanto uma trepadeira de verão anual, pertence à família das cucurbitáceas (sendo, desse modo, prima da abóbora, do pepino e da melancia). Contudo, a planta é mais conhecida por fornecer uma esponja de consistência fibrosa, fabricada por meio de seus frutos e utilizada em limpezas gerais e higienes pessoais.

Bucha de banho

A popularmente chamada bucha de banho é especialmente cultivada através das fibras proporcionadas pelo fruto seco. Isto é, quando prensada, cortada ou inteira, a buchinha pode ser convertida à forma de esponja para louça e banho, além de ser integrada no artesanato e em limpezas gerais.

Além disso, a buchinha prensada é largamente empregada em confecções de artefatos de limpeza, praia e banho, bem como esfregões, chapéus, luvas de massagem, dentre outros produtos.

De fato, a esponja derivada do vegetal vem sendo considerada uma alternativa ecologicamente correta para substituir o uso de esponja sintética. Afinal, a buchinha é inteiramente biodegradável, sendo inofensiva para o meio ambiente e não riscando a louça.

Sem dúvida, o uso vem demonstrando que sua consistência fibrosa é um esfoliante excelente para o corpo e para a pele do rosto. Por isso, a preferência pela bucha de origem vegetal é progressivamente estimulada.

Na indústria, por exemplo, as fibras da buchinha já estão sendo incorporadas na fabricação de isolamentos acústicos e filtros. Desse modo, além de ser social e politicamente correto, o mercado de buchas é também um incentivo para a agricultura familiar.

Como plantar bucha?

Além de todas as funções e benefícios, as buchinhas são, sem dúvida, um vegetal de cultivo fácil. Para iniciar seu próprio plantio em casa, você vai precisar de:

  • Três sementes de bucha (Luffa cylindrica);
  • Um vaso de tamanho grande, de estimadamente 50 x 50 centímetros;
  • Terra preta para o plantio;
  • Uma tesoura de jardinagem para realizar a poda.

Veja, agora, como plantar bucha:

  1. Primeiramente, deposite a terra dentro do vaso, preenchendo um pouco mais do que a metade;
  2. Uma vez feito isto, cave na terra um buraco com cerca de três centímetros e deposite as sementes de buchinha;
  3. Cubra as sementes com a terra que restou e use água para regar;
  4. Procure um lugar fresco e à luz do sol para posicionar o vaso. Afinal de contas, a buchinha é uma espécie de planta que necessita estar exposta ao sol para se desenvolver;
  5. É recomendado que o plantio da buchinha seja feito na primavera, estação do ano mais propícia ao bom crescimento do vegetal.

bucha

Cuidados com o vegetal

  • A bucha é uma espécie de planta que prefere e tem melhor adaptação nas estações quentes e no clima de calor;
  • É necessário que a rega seja feita semanalmente, usando uma moderada quantia de água. Não exagere na quantidade para não acabar encharcando o solo;
  • Demora cerca de um ano para os primeiros frutos alcançarem o ponto ideal para a colheita;
  • Um hectare de terra é capacitado a produzir, em média, mil e quinhentas dúzias, dependendo do cuidado e do capricho do produtor;
  • A buchinha possui poucos inimigos naturais, sendo fáceis de controlar, como as vaquinhas e os insetos percevejos.

Como saber a hora certa de colher as buchinhas?

A resposta é bastante simples. Em suma, a coloração da casca que envolve o fruto denunciará o ponto de colheita. Isto é, quando atinge o ponto ideal, a casca assume uma cor amarelada ou marrom.

Ao atingir o tom, a coleta deve ser feita abrindo a casca e batendo a bucha em uma superfície até que as sementes se soltem. No entanto, se não houver pressa, é recomendado que as buchinhas descansem em um lugar seco e fresco até as sementes se soltarem sozinhas.

Em seguida, as sementes podem ser guardadas para que o processo seja repetido.

Produção brasileira

Sem dúvida, o mercado brasileiro de buchas vegetais é bastante extenso e está aberto a industrializar as produções. A venda do produto é realizada por dúzias e classificada por tamanho, isto é, P, M e G.

A bucha grande é vendida por um valor aproximado que varia de R$23 a R$25. A média, por sua vez, custa em torno de R$15 a R$20, enquanto a pequena sai por R$10 a R$15.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo