Buriti é uma espécie brasileira conhecida como árvore da vida

Inicio » Agricultura » Buriti é uma espécie brasileira conhecida como árvore da vida
25/06/2019 Por
Buriti é uma espécie brasileira conhecida como árvore da vida

Buriti é uma palmeira nativa com mil e uma utilidades

O buriti é uma palmeira encontrada em vários lugares do Brasil, especialmente na região do Cerrado e da Amazônia. Curiosamente, é uma árvore que tem gênero: há o buriti macho e o buriti fêmea. A fêmea produz frutos saborosos, mas o macho dá origem apenas a cachos que viram flores.

O buriti tem uma produção intensa de frutos. De acordo com dados da Embrapa, cada palmeira gera de cinco a sete cachos anualmente, cada um com cerca de 500 frutos.

Buriti

O que é buriti?

O buriti é uma árvore tipicamente brasileira, também conhecida como miriti, muriti ou palmeira-dos-brejos. Com o nome científico de mauritia flexuosa, é chamada de árvore da vida pelos povos indígenas. Isso porque ela atende grande parte das necessidades do ser humano, já que é uma fonte de nutrição, moradia e tem propriedades medicinais.

A origem do buriti é a Amazônia, mas é muito encontrada no Cerrado e no Pantanal. Normalmente, pode chegar a 30 metros de altura e ter o caule com 50 cm de diâmetro. É uma árvore de um crescimento lento. Para se ter uma ideia, uma espécie com mais de 10 metros pode ter por volta de 100 anos.

O bioma do buriti é no Cerrado, em áreas alagáveis, pantanosas e nos brejos, por assim dizer. Ou em locais que tenham essas características.

Dessa maneira, a casca do buriti acabou se tornando dura como uma proteção natural contra os predadores.

Uma árvore centenária

A árvore buriti possui frutos muito saborosos que, além de rico em nutrientes, ainda tem valor medicinal. Ela também pode ser conhecida como buriti doce e buriti mauritia.

Além do fruto, também pode ser retirado do seu broto terminal um tipo de palmito que é comestível, mas ainda pouco conhecido na gastronomia.

Normalmente, as folhas do buriti têm formato de leque e as suas frutas são parecidas com um coco com escamas de cor castanho-avermelhada, medindo aproximadamente 4 cm a 7 centímetros de comprimento.

A expectativa de vida de uma árvore de buriti é de impressionantes 400 anos.

Como plantar buriti?

Como já foi dito, existe planta buriti macho e fêmea, sendo que o primeiro produz cachos que dão flores enquanto só o segundo  tem flores que viram frutos. Entretanto, é preciso esperar um ano para que os frutos estejam maduros para a colheita, o que costuma acontecer nos meses de dezembro e fevereiro.

Mesmo assim, o buriti floresce quase o ano inteiro, mas principalmente nos meses de abril e agosto.

A plantação de buriti é feita por sementes, que perdem o poder germinativo em algumas semanas. Entretanto, a germinação ocorre em 75 dias.

As sementes devem ser retiradas dos frutos que caem da árvore ou recolhidas do chão. Dessa forma, os frutos podem ser utilizados para a semeadura sem a retirada da polpa.

A colheita do fruto, em suma, costuma ser trabalhosa. É preciso recolher os frutos maduros do chão e, além disso, cortar os cachos do pé antes dos frutos caírem.

Benefícios do buriti

O buriti é uma planta com inúmeros benefício. Os frutos têm efeito antioxidante, ou seja, agem contra o envelhecimento das células. Além disso, são ricos em cálcio, proteínas, ferro, potássio, carboidratos e vitaminas (sobretudo B e C). Por essas propriedades, é uma excelente fonte de energia.

A fruta pode ser consumida in natura, mas também é muito usada na forma de polpa para a fabricação de sucos e doces. Embora não haja plantações da palmeira em todos os estados, é possível encontrar facilmente a polpa em feiras e supermercados por todo o país.

O fruto também é matéria prima para óleos medicinais com ação vermífuga e cicatrizante. São usados também pela indústria de cosméticos, já que têm propriedades hidratantes.

A madeira, por sua vez, é utilizada no artesanato e na fabricação de móveis, por exemplo.

Veja a seguir outros benefícios do buriti:

  • Previne o envelhecimento e doenças como o câncer, por possuir caroteno;
  • Aumenta a saciedade;
  • Ajuda no funcionamento do intestino, por causa das fibras;
  • Tem ação vermífuga e antibacteriana;
  • Funciona como hidratante e fortificante dos cabelos e pele;
  • Suaviza a pele, por isso é usado em tratamentos dermatológicos.

A riqueza do óleo de buriti

O óleo de buriti tem alto valor medicinal, atuando cicatrizante e vermífugo, além de ter muitas propriedades hidratantes para os cabelos e a pele. Portanto, ele é muito usado em produtos de beleza, como cremes, protetores solares, sabonetes e xampus.

Além disso, o óleo de buriti vem se tornando uma opção de matéria-prima na produção de biodiesel, além de ser usado na confecção de vinhos. Por apresentar uma forte coloração vermelha, o óleo serve também como corante natural com alto valor nutritivo.

Rico em betacaroteno em sua composição, atua também como esfoliante natural. O óleo pode ser aplicado puro no rosto ou misturado em hidratantes para uso corporal. Consequentemente, ele aumenta a elasticidade da pele ao prevenir o ressecamento. E ainda alivia queimaduras, auxiliando na cicatrização.

Sua função nos cabelos é como fortalecedor e hidratante, ajudando nos fios danificados, restaurando a fibra capilar, eliminando pontas duplas e controlando o frizz.

Buriti

Curiosidade sobre o buriti

No Nordeste, a árvore de buriti é usada para fazer peças de diversas utilidades. O talo, por exemplo, serve para fazer cestas e cabos de vassoura, as tiras são usadas na fabricação de tapetes, esteiras, bolsas, peneiras, toalhas de mesa, entre outros. Em alguns lugares, as raízes do buriti são usadas para fins medicinais.

Quando Brasília foi construída, a palmeira foi escolhida como símbolo da cidade. E em 1959, foi plantada uma muda na frente da sede do Governo do Distrito Federal, onde foi inaugurada a Praça do Buriti.

Outra curiosidade é em relação ao óleo, que pode ser extraído tanto da casca da árvore quanto dos seus frutos.

Outras utilidades do buriti

Além de todos os seus benefícios é possível utilizar todas as suas outras partes na obtenção de palmitos, seiva e madeira.

Das suas folhas pode ser retirada uma fibra que é muito utilizada na confecção de bolsas, tapetes, redes, chapéus, entre outros. E da seiva pode ser extraída a sacarose, um tipo de adoçante.

Além disso, a madeira da palmeira pode ser utilizada em áreas externas da casa, e as suas amêndoas podem ser usadas para confecção de pequenas esculturas.

O buriti, enfim, é considerado uma das plantas mais importantes do Brasil por causa da sua multidisciplinaridade de uso e produtividade.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo