Cagaita é fruta do Cerrado comum em estados como Goiás e Piauí

Inicio » Agricultura » Cagaita é fruta do Cerrado comum em estados como Goiás e Piauí
13/09/2019 Por
Cagaita é fruta do Cerrado comum em estados como Goiás e Piauí

A cagaita é a fruta do cagaiteiro, árvore típica do Cerrado e uma importante fonte de proteínas, glicídios, niacina e vitaminas C e B

A cagaita (cujo nome científico é Eugenia dysenterica) integra a família das Myrtaceae. Trata-se de uma fruta nativa do Cerrado brasileiro, comumente encontrada nos estados da Bahia, de Minas Gerais e de Goiás.

A árvore da cagaita apresente um porte mediano, podendo chegar aos 10 m de altura. Durante sua floração, emite abundantes flores esbranquiçadas e bastante perfumadas.

Cagaita

O que é cagaita?

Cagaita é uma fruta que apresenta casca amarela e verde, além de cerca de 4 sementes internas. Todavia, a família à qual pertence é a mesma dos eucaliptos e da jabuticaba, enquanto a uvaia é uma espécie de “parente” próxima.

Cagaita do Cerrado (nomenclatura pela qual também é bastante conhecida) gera frutas bem pequenas, com cerca de três centímetros de diâmetro, possuindo um acentuado sabor ácido.

O cultivo da cagaita

A fruta cagaita é uma planta de crescimento lento nos dois primeiros anos de seu cultivo. No entanto, de modo positivo, adapta-se muito bem a diversas condições climáticas, em uma faixa que pode variar entre 18 e 36 graus. Além disso, também é capaz de resistir a geadas de até 3 graus negativos.

Para que as frutas da árvore comecem a aparecer, é necessário que a mesma tenha 4 ou 7 anos. O momento de frutificação irá variar de acordo com o clima do local, bem como as boas práticas do agricultor.

Em linhas gerais, a árvore da cagaita frutifica entre outubro e novembro. Quando florido, a cagaiteiro é muito bonita. Além disso, suas flores têm grande potencial apícola.

Cagaita

Propriedades da cagaita

Entre as mais importantes propriedades da cagaita, destacam-se:

  • O auxílio na perda de peso. De fato, o chá produzido a partir das folhas de cagaita contribui significativamente em processos de emagrecimento;
  • A presença de vitaminas do complexo B, fundamentais na reparação, respiração e manutenção celular;
  • A função diurética, elemento relevante para melhorar e evitar os inchaços abdominais;
  • Altas concentrações de ferro, magnésio e cálcio, minerais imprescindíveis para o correto funcionamento do organismo humano;
  • As atividades antifúngicas, responsáveis pelo combate a enfermidades ocasionadas por fungos.

Benefícios da cagaita

Surpreendentemente, há incontáveis benefícios da cagaita para quem a consome regularmente.

Cagaita

Controle biológico de verminoses

O extrato fabricado com as folhas de cagaita representa um potente moluscicida, exterminando os hospedeiros intermediários da esquistossomose (comumente chamada de “barriga d’água”), problema especialmente grave entre as crianças pequenas que residem em regiões periféricas e áreas economicamente menos desenvolvidas.

Potencial apícola

As flores da cagaita apresentam um enorme potencial apícola, isto é, elas são capazes de produzir matérias-primas em quantidade suficiente para a polinização, dando origem a produtos alimentícios de grande valor econômico e nutricional, como o mel.

Prevenção do diabetes

A relação entre o diabetes e a cagaita merece atenção especial, uma vez que essa doença pode atingir até mesmo os adolescentes e as crianças com pouca idade. A despeito do fato de que o mais indicado seria evitar o excessivo consumo de açucares, o consumo da fruta cagaita tem mostrado ser uma forte aliada nos tratamentos contra essa patologia.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo