Capim limão é nativo da Ásia e muito comum no Brasil

Inicio » Agricultura » Capim limão é nativo da Ásia e muito comum no Brasil
27/09/2020 Por
Capim limão é nativo da Ásia e muito comum no Brasil

Também conhecido como erva do príncipe ou capim santo, a planta capim limão possui propriedades medicinais muito úteis. A planta é originária da Ásia e possui diversas propriedades medicinais, além de aroma que agrada a maioria do seu público consumidor. Apesar de possuir nome semelhante a erva cidreira, essa é uma planta diferente do capim cidreira Melissa officinalis.

Da mesma forma, o capim limão também é muito conhecido por outros diversos nomes e pode ser facilmente confundido com gramíneas quando cultivado no campo. Recentemente, descobertas indicam que os seus diversos compostos são capazes até mesmo de combater a bactéria causadora da gastrite.

Capim limão

O que é capim limão?

Capim limão é uma planta que possui propriedades medicinais, pertencentes ao gênero Cymbopogon e à família das Poaceas. É uma planta com folha  lanceolada, a qual é utilizada para fazer chá.

Para entender o que é capim limão, devemos compreender que as plantas eram normalmente utilizadas, desde o início da vida do homem na Terra, por suas propriedades e efeitos que elas têm sobre o organismo.

A partir dessa planta é produzido o chá, que tem efeitos conhecidos para alívio de dores no estômago. As suas propriedades medicinais não são o único interesse na planta. O aroma que esta possui é apreciado por muitos e pode ser utilizado em incensos e aromatizadores de ambiente.

Suas folhas lembram as da citronela, que também possui aroma peculiar, a qual inclusive é utilizada como repelente para insetos. No entanto, a citronela possui porte muito maior e o capim limão é uma planta de tamanho pequeno. Sua espécie é a Citratus e o seu nome científico é Cymbopogon citratus.

O óleo da planta é extraído e utilizado em doses homeopáticas por apreciadores de chás e ervas naturais para tratamento de doenças. Apesar do nome, o capim cidreira e o de limão são plantas diferentes, sendo que o primeiro é de um gênero diferente, mais parecido com a hortelã e o boldo.

Portanto, não existem diferentes tipos de capim limão, e sim plantas distintas com aromas semelhantes. Essa planta também possui benefícios para a saúde, no entanto, são ações distintas.

Como consumir capim limão?

O chá feito com essa popular e saborosa planta pode ser consumido de diversas formas. Há muitas receitas que indicam o seu preparo associado a outros produtos naturais e que possuem propriedades medicinais como, por exemplo, o chá de capim limão com gengibre.

Também para aumentar o frescor proporcionado por sua utilização, pode ser feito o chá e adicionado o suco de limão, o qual também ajuda com o alívio de sensações de má digestão ou gastrite.

Capim limão

Como fazer chá de capim limão?

Para dominar a arte do preparo e saber como fazer o chá dessa planta, primeiramente, deve-se ferver a água até a temperatura de 100 graus Celsius e deixar resfriar até uma temperatura de 80 graus. Nesse momento, devem ser adicionadas as folhas (partidas em partes menores), deixando descansar por cerca de 15 minutos.

O chá pode ser reaquecido sem levantar fervura. Depois, você deve separar a água das folhas antes do consumo.

Para ser consumido com gengibre, deve ser adicionado um pedaço da raiz à água, a qual deverá ficar em infusão por pelo menos 15 minutos.

O sabor do chá ganha destaque e recomenda-se que seja adicionado apenas mel para adoçar, evitando o consumo de açúcar.

Esse chá possui propriedades antibióticas e que auxiliam no combate à gripe e infecções, ao mesmo tempo em que protege a digestão. Do mesmo modo, é um grande aliado para fortalecer o sistema imunológico.

Outra forma bem conhecida de consumo da planta no sul do Brasil é em compostos de erva mate, utilizadas para o preparo da famosa bebida chimarrão.

Óleo de capim limão

O óleo de capim limão é composto por substâncias orgânicas. Foram descobertas, recentemente, as suas propriedades de combate à Helicobacter pylori, a bactéria que é capaz de causar a doença conhecida por gastrite.

Essa doença caracteriza-se pela dor forte no estômago e por anteceder a formação de úlceras estomacais. Ela consiste na inflamação das mucosas que estão presentes nas paredes internas do estômago. Pode ser desencadeada por meio da contração dessa bactéria ou por origem de distúrbio nervoso.

Essas são as principais aplicações de para que serve capim limão. Não há contraindicações para o consumo desse chá por gestantes, logo, o capim limão na gravidez pode auxiliar com os frequentes enjoos das gestantes e ainda diminuir o inchaço dos pés e pernas.

Os benefícios de capim limão são diversos. O chá da planta emagrece, pois anestesia o estômago com sua ação analgésica, oferecendo sensação de saciedade por muito mais tempo. O capim limão emagrece também por auxiliar na melhora do metabolismo e funcionamento do intestino. O chá é muito indicado para quem deseja emagrecer com saúde e de forma natural.

Capim limão

Como plantar capim limão?

A planta deve ser cultivada à sombra, porém, também tolera a grande incidência de raios solares.

A erva se desenvolve muito bem em regiões tropicais. Além disso, as suas florescências consistem na produção de panículas. Essa planta também possui propriedades antitérmicas, analgésicas, calmantes e antidepressivas, o que faz com que seja muito completa e benéfica para a saúde em geral.

O óleo essencial de sua inflorescência também pode ser utilizado como alternativa ao óleo extraído da citronela. A planta também é fonte de nutrientes e aumenta a imunidade do indivíduo que a consome, reduzindo a sua exposição a gripes, resfriados e principalmente doenças respiratórias.

Ela ainda ajuda a regular o sono e manter os níveis de colesterol e açúcares no sangue sob controle, bem como pode ser um forte estimulante à lactação.

Para plantar adequadamente, portanto, deve ser seguida a orientação de profissionais especializados a respeito do solo que está disponível, a drenagem e a sua exposição à luz.

Vale mencionar também que, do mesmo modo, o capim limão deve ser disposto em solos bem drenados, em vista que não possui caule e suas folhas são longas, possuindo apenas uma nervura central. Assim, fica claro que todos os cuidados devem ser observados para garantir um cultivo bem sucedido.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo