Carrinho de mão garante maior eficiência no transporte de cargas

Inicio » Agricultura » Carrinho de mão garante maior eficiência no transporte de cargas
25/03/2019 Por
Carrinho de mão garante maior eficiência no transporte de cargas

As inúmeras finalidades do carrinho de mão

Muito presente e habitual em pequenas, médias e grandes construções, o carrinho de mão serve como transporte de carga e auxilia os trabalhadores. Eles são optados justamente por trazerem benefícios e facilidade a rotina de trabalho.

O carrinho de mão é um tipo de transporte muito eficiente e adequado no deslocamento de materiais, seja para construção ou atividades agrícolas. No entanto, suas diversas formas de utilização foram aprimoradas com o passar dos anos.

Carrinho de mão em construção

O que é carrinho de mão?

Carrinho de mão é o nome dado a uma espécie de transporte usado para carregar pesos, areia ou terra em alguns tipos de construções. Ele é movido pela energia humana, ou seja, é empurrado pelo homem para que o transporte seja realizado. Alguns agricultores também utilizam este meio de transporte para deslocar algumas cargas pesadas, principalmente em jardins e fazendas. Sua estrutura consiste em dois braços (apoios), uma roda e, próximo à roda, o centro de gravidade.

Na região do Nordeste brasileiro ele é chamado de carro de mão. Já nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, é conhecido como cariola ou carriola.

Funções do carrinho de mão

O carrinho de mão tem funções muito eficientes quando o assunto é transporte e deslocamento de cargas. Sua contribuição em atividades construtivas e agrícolas se deu de forma específica.

O carrinho de mão para carga auxilia os trabalhadores na hora de deslocar uma carga de um lugar para outro. Isto é feito de forma segura, mais prática e eficiente, principalmente pelo fato de equilibrar todo o peso carregado em si.

Sendo assim, as principais funções são:

  • Depositar materiais;
  • Descarregar materiais;
  • Misturar materiais (no caso das construções).

História do carrinho de mão

A invenção do carrinho de mão aconteceu entre os séculos I e II. Foi durante o período de dinastia Han na China, pelo chinês Zhug Liang (primeiro ministro do Reino de Shu Han).

Liang pertencia ao exército e o invento do carrinho ajudaria nas tarefas realizadas pelas tropas. Suas vantagens eram relacionadas com a maior possibilidade de carregamento de mantimentos e também deslocamento de feridos ou trincheiras móveis, usadas para proteger os soldados durante as batalhas nos campos.

Aproximadamente em 231 d.C. Liang deu o nome de “boi de madeira” ao carrinho, que continha alças/braços convertidas para a frente, permitindo que o transporte fosse carregado e auxiliado por mais de uma pessoa.

No entanto, no ano de 118 d.C. em Sichuan (China), alguns túmulos foram encontrados com pinturas de homens fazendo uso dos carrinhos de mão.

Além de ter sido inventado para ser usado nas atividades das tropas, o carrinho passou ser comumente utilizado em outros segmentos, como, por exemplo, nas atividades de agricultura chinesa. Por conta de toda a mobilidade possibilitada, as atividades agrícolas da Europa eram menos desenvolvidas do que na China. O carro de mão tinha como características duas alças traseiras e duas rodas.

Durante o século XVI, alguns turistas e viajantes notaram que havia uma diferença no carro de mão chinês. Ele possuía uma espécie de vela, semelhante aquela encontrada em barcos, para que o condutor do transporte colocasse menos esforço sobre ele.

Já em alguns países europeus, como a Grécia, o carrinho de mão foi implantado no século V. Sua principal utilização por meio dos gregos era transportar as cargas durante algumas construções. Na Inglaterra o carrinho também possuía a mesma utilidade, no entanto eram construções voltadas para o rei.

No século XIII, franceses passaram a representar o uso do veículo em algumas representações artísticas. Portanto, neste mesmo século a utilização passou a ser balanceada entre as minas e a utilização agrícola.

Diferenças na evolução do carrinho de mão

A principal diferença entre o carrinho de mão utilizado atualmente para o primeiro modelo criado está no ponto em que a roda é fixada sobre ele.

A roda nos carrinhos chineses eram postas no centro deles, sendo envolvidas por uma moldura. Isso permitia que o peso fosse distribuído de forma igualitária, facilitando o deslocamento por parte do condutor. Alguns modelos eram capazes de transportarem cerca de seis passageiros.

Já o modelo atual comporta uma roda fixada em uma das extremidades do carrinho, geralmente nas pontas, exigindo que mais esforço seja feito ao ser deslocado. No entanto, mesmo com essa diferença, o modelo de design atual do carro de mão, mais baixo que o antigo, permite que ele seja eficiente para viagens mais curtas. Além disso, também é muito útil para o carregamento de materiais.

Tipos de carrinho de mão

Existem no mercado alguns modelos de carrinho que facilitam o trabalho durante as construções ou atividades. Sendo assim, os modelos habitualmente utilizados são:

  • Carrinho como caçamba plástica: é o modelo mais simples e que possui menor valor no mercado. É adequado principalmente para o uso em pequenas obras e em atividades realizadas nos jardins. Além disso, também pode ser escolhido para uso em obras rápidas, que não se  faz necessário o uso de equipamentos mais reforçados.
  • Carrinho como caçamba de aço (reforçado): é o modelo mais recomendado para obras em nível médio que necessitam de um deslocamento mais ágil de materiais nos canteiros. Assim, por ser confeccionado em aço, ele possui uma durabilidade maior e garante mais segurança quando comparado ao primeiro modelo. Além disso, sua resistência e capacidade de carga também são maiores.
  • Carrinho Girica com duas rodas: é o modelo mais recomendado para o uso em canteiros, com obras grandes e médias. Por ser construído de aço, também garante uma capacidade de carga maior. Tem formato semelhante a uma espécie de caçamba funda. Dessa forma, possuindo duas rodas ele garante maior segurança e estabilidade, podendo ser guindado para outras pavimentações.

Possibilidades de uso do carrinho de mão

Carrinho de mão em decoração

Além da forma convencional de utilização do carrinho, como em construções e no transporte de cargas, ele possui flexibilidade para ser usado de diferentes modos.

Uma forma nova de uso do carrinho consiste na utilização voltada para paisagismo e decoração. Algumas pessoas o utilizam como objeto de decoração, colocando-o para servir como vaso de flores. Ou seja, são colocadas terras e algumas mudas de plantas e flores geralmente utilizadas na decoração de casas, para dar um visual mais sofisticado.

Portanto, as diversas maneiras criativas de se aproveitar um carrinho de mão antigo também estão relacionadas com a possibilidade de reciclagem. Dessa forma, proporcionam um novo objetivo, reconstrução e finalidade a ele.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo