CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada)

Inicio » Agronegócio » CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada)
28/09/2020 Por
CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada)

Com atuação na Universidade de São Paulo (USP), o CEPEA é um grupo que desenvolve pesquisas em economia do Brasil com grupo multidisciplinar. Envolvendo profissionais de diversas áreas, incluindo agrônomos e economistas, o grupo CEPEA reúne cerca de 150 pessoas. Suas pesquisas são em torno de temas de economia e administração para o desenvolvimento de diversas áreas, também de atividades de agricultura.

A realização de pesquisas para a sustentabilidade do agronegócio no CEPEA é muito relevante para os produtores rurais e que atuam no comércio de produtos, tanto no mercado interno quanto de exportação. Deste modo é possível encontrar alternativas mais viáveis e que promovem movimentação da economia regional.

CEPEA

O que é CEPEA?

CEPEA é a sigla do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, sendo parte do departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Situado em Piracicaba, faz parte da USP, dando origem a um grupo de pesquisas vinculado ao CNPQ.

O que é CEPEA de fato? O centro de estudos pesquisa os temas ligados ao meio rural, correlacionando aos setores econômicos que fazem o agronegócio ser impulsionado. Desta forma, observa muitas das culturas e sua rentabilidade, fornecendo informações úteis para os produtores.

Alguns setores do CEPEA que podem ser consultados são o CEPEA Arroz e o CEPEA Bezerro. Veja mais detalhes em seguida.

CEPEA Arroz

O campo destinado na página CEPEA arroz oferece tabelas atualizadas de preços e variação semanal no mercado para comércio do arroz com casca.

Sabemos que o cultivo do arroz é um dos mais importantes para o sul do Brasil, o qual faz cultivo de arroz irrigado. Deste modo, as tabelas fornecidas podem ajudar o produtor a planejar a venda pós colheita e conseguir o melhor preço. Esses dados são estimados por meio de pesquisas realizadas no departamento.

CEPEA Bezerro

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada realiza a estimativa do preço de comércio de bezerro. Estas pesquisas do CEPEA bezerro são voltadas para a região de Mato Grosso do Sul, estimando também os pesos médios dos animais a serem comercializados.

Isso pode ser fundamental para compradores e criadores de gado conseguirem o melhor preço para a criação de rebanhos. Estima-se que no mês de janeiro de 2020 o peso médio de bezerros tenha atingido mais de 200 kg, custando em média R$ 1.540,00, o melhor custo benefício encontrado no período para compra de gado de corte.

Assim, como estes dados, é possível encontrar também outros produtos a partir de pesquisa das palavras-chave, como CEPEA café, CEPEA etanol, CEPEA leite, CEPEA mandioca e CEPEA milho.

CEPEA

ESALQ CEPEA

A ESALQ CEPEA fornece dados atualizados muito importantes para a comercialização de diversos produtos brasileiros, tanto para serem absorvidos pela indústria quanto para aumento dos ganhos de produtores rurais. Quanto à exportação, por outro lado, o grupo elabora mensalmente índices para identificação do desempenho das exportações do agronegócio.

Essas pesquisas realizadas pelo CEPEA contam com o auxílio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, realizando, assim, o levantamento do PIB das produções de diversos segmentos como a pecuária de corte e leite.

CEPEA no agronegócio

O CEPEA realiza a contribuição dos setores da economia promovida pelo agronegócio que possuem diversos aspectos que contribuem para o seu desenvolvimento sustentável. Desde avaliações de políticas e sua efetividade, o centro de pesquisas da ESALQ visa identificar meios de promover melhorias nos processos produtivos agrícolas.

Apesar de fornecer dados que podem ser baseados para o comércio de produtos agrícolas, as estimativas ainda podem possuir grande desvio padrão da prática. Contudo, a atuação do grupo visa aproximar-se da prática e da aplicação econômica em diversos setores de desenvolvimento no país. Para isso, conta com uma equipe de diferentes profissionais que atuam nas mais diversas áreas.

Principais culturas que movimentam a economia no Brasil

Além da agropecuária, a criação especificamente de gado de corte e gado leiteiro enfrenta muitos desafios no mercado brasileiro. Desde exigências para a criação de gado de corte, até a fiscalização de frigoríficos para o comércio de produtos bovinos, devem ser regulamentados de acordo com as legislações brasileiras e exteriores vigentes.

A produção de leite também possui a necessidade de infraestrutura para adequar os produtos ao padrão exigido pela indústria alimentícia. Outrossim, esses procedimentos previstos em lei, como a pasteurização, são importantes por diversas questões de segurança alimentar.

Desta forma, profissionais que são especialistas nas áreas de produção agropecuária, aliados a especialistas da área de economia, podem atuar juntos para promover melhorias de produção e comércio no mercado exterior.

Assim, o grupo CEPEA atua no sentido de promover o desenvolvimento sustentável de diversas atividades no meio rural. Para isso eles utilizam de pesquisas e técnicas de comparação dos custos produtivos e dos preços de venda de produtos agrícolas, em vista de alertar sobre os riscos de má gestão do mercado para o produtor rural.

Nesse sentido, a produção de culturas como o arroz e soja, os quais movimentam fortemente a economia, principalmente de algumas regiões brasileiras, podem receber orientações tanto a respeito de técnicas mais rentáveis de cultivo, quanto ao armazenamento e posterior comércio de grãos. Isso, com certeza, ajuda a estimular a movimentação de uma economia positiva.

CEPEA

Aspectos de pesquisa que podem fazer a diferença na produção

Para a produção leiteira, por exemplo, a alimentação do gado e das matrizes pode fazer grande diferença na quantidade de produção de leite, tanto quanto a raça dos animais. O cultivo de pastagens e forrageiras e a sua disponibilização na época certa fazem com que as vacas possam se alimentar melhor. Dessa forma, essas dicas são dadas pelos institutos de pesquisa aos agricultores de modo a promover maior rentabilidade para o agronegócio.

Bem como são analisados os aspectos do leite como o total de gorduras e proteínas, agregando à alimentação do gado forragens que aumentem o valor nutricional do leite, por exemplo, podem ser realizadas pesquisas que vão instruir a respeito do melhor aproveitamento do leite e de inovações no processo de produção.

Da mesma forma, sugestões feitas pelo CEPEA como o plantio de arroz pré germinado em alguns lugares têm sido a solução para evitar a adição de defensivos agrícolas, desenvolvendo princípios de plantações orgânicas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo