Cevada destaca vantagens para a saúde e o mercado agro

Inicio » Agricultura » Cevada destaca vantagens para a saúde e o mercado agro
11/04/2019 Por
Cevada destaca vantagens para a saúde e o mercado agro

A cevada contém diferentes propriedades que trazem benefícios à vida humana e dos animais

A cevada é um cereal que popularizou-se, principalmente, em função da produção de cerveja. Porém, por conter altas taxas de vitaminas, o seu uso tornou-se muito importante para a qualidade de vida, seja ela humana ou animal.

Cultivar cevada pode trazer rentabilidade para o agricultor, fazendo com que mais investimentos possam ser aplicados no setor. Isso porque o cereal é altamente lucrativo e pode ser usado em diferentes tipos de produto, embora seu uso principal e mais conhecido seja direcionado para a fabricação de cerveja. 

A cevada no campo, durante o seu processo

O que é cevada?

Cevada é um dos tipos de cereais que mais tem propriedades importantes para os animais e os seres humanos. Sua popularidade na indústria de bebidas alcoólicas é alta e, no entanto, o cereal também pode ser incluído em outros muitos produtos e pratos, como sopa e salada, por exemplo.

O consumo do cereal pode ser benéfico para pessoas que buscam qualidade de vida. Contando com diferentes tipos de vitaminas, ele pode trazer alterações positivas ao corpo, entre elas:

  • Equilíbrio do organismo: Por conta das vitamina, A, B e C, consumir o cereal pode fazer com que o organismo melhore em sua digestão. Com isso, é possível que o corpo fique mais disposto, incentivando a prática de esportes, por exemplo.
  • Desenvolvimento dos neurônios: Na fase do desenvolvimento infantil, a cevada pode ser um ótimo aliado. O alimento ajuda principalmente no desenvolvimento dos neurônios, ajudando diretamente no raciocínio lógico.
  • Previne infeções: As fibras presentes no grão ajudam a evitar infecções alimentares, agindo como uma espécie de proteção para o intestino.
  • Evita doença nos ossos: De modo geral, todas as vitaminas presentes na cevada protegem a estrutura corporal. Com isso, elas acabam ajudando diretamente na prevenção de doenças como osteoporose – enfraquecimento dos ossos do corpo.

Os benefícios da cevada também podem ser aplicados para melhorias relacionadas a estética, fazendo parte da composição de produtos que estimulam o crescimento do cabelo, o brilho dos fios e o fortalecimento das unhas.

A cevada crescendo no campo, com boa cor

A cevada no Brasil

A cevada  é um cereal bastante cultivado no Brasil e comercializado, principalmente, para a produção da cevada de cerveja. Sua popularização teve início justamente por conta dessa indústria, que viu valor no produto e passou a utilizá-lo nas composições.

Por ter um melhor desenvolvimento em regiões onde o clima é fresco, o plantio de cevada popularizou-se no Estado do Rio Grande do Sul; fazendo com que o estado se tornasse um dos principais produtores do cereal em todo o mundo.

O cultivo dos cereais não maltados pode ser importante para os diferentes tipos de agricultores, uma vez que, além de trazer ótima rentabilidade, ele também pode ajudar no fortalecimento do solo, o tornando mais saudável para as próximas produções.

O cereal é extremamente frágil e, por isso, seu cultivo deve ser evitado em períodos de chuva; permitindo que a sua germinação aconteça normalmente. Caso a chuva ocorra e o cultivo de cevada seja afetado, os impactos serão negativos nas negociações com os compradores, uma vez que o alimento se torna inútil para a indústria de bebidas.

Todavia, quando a chuva atrapalha a sua produção, os cereais afetados são redirecionados para a produção de ração animal. Nesse caso, ele é usado principalmente no desenvolvimento de alimentos mais baratos e considerados de menor qualidade; embora as rações feitas com esse tipo de cevada ainda tenham taxas altas das vitaminas importantes para o desenvolvimento do animal.

A produção de cevada

Mesmo sendo altamente benéfica para a saúde, boa parte da cevada produzida no Brasil tem como destino a indústria de bebidas alcoólicas. No entanto, a produção do cereal no país ainda não é feita em larga escala; ou seja, ainda não é o suficiente para toda a demanda. Com isso, empresas precisam importar o cereal para que a produção da bebida possa ter continuidade dentro do país. 

Atualmente, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, é uma das principais responsáveis pelo incentivo à plantação de cevada no Brasil. Isso porque, segundo informações de 2016, mais de 90% da produção do cereal no país tinha relação com o programa de melhoramento genético liderado pela entidade. 

Dentro da produção de cerveja, existe um determinado nível de qualidade da cevada exigido pela indústria. Por isso, a Embrapa criou o programa para  ajudar no atingimento dos resultados necessário para o seu uso.

A germinação da cevada é feita de modo controlado pela maltaria, e essa etapa é responsável por torrar ou secar o cereal, tornando-o adequando para a composição da bebida. 

Diferença entre trigo e cevada

O trigo é um dos cereais com maior índice de consumo em todo o mundo, junto de outros como o arroz e o milho. Todavia, a cevada é conhecida por ter ainda mais propriedades nutritivas que o trigo; sendo considerada ainda mais benéfica para a saúde.

No Brasil, o trigo é popular na indústria alimentícia; diferentemente da cevada, que é mais voltada para a produção de cerveja. Embora os dois cereais sejam utilizados constantemente na composição de bebidas alcoólicas, a diferença entre trigo e cevada é perceptível no paladar de quem consome a bebida.

Enquanto a cevada traz um sabor relativamente amargo para a cerveja – caindo no gosto dos aficionados pela bebida; o trigo costuma ser usado em cervejas para quem prefere uma bebida mais leve – e não, necessariamente, amantes de cerveja. 

A cevada em cor clara, se desenvolvendo durante o período de clima fresco

Curiosidades sobre a cevada

  1. O cereal pode ajudar diretamente no controle do apetite. Dessa forma, pessoas que estejam passando por dietas, irão se sentir saciadas após consumir a cevada.
  2. É possível fazer café de cevada, e ele pode ser bastante benéfico para o organismo; ainda tendo a vantagem de não possuir cafeína.
  3. A cevada pode ser um auxiliar para quem busca evolução muscular por meio de exercícios. Isso porque o grão ajuda no ganho de massa magra.

Embora o seu uso possa ser feito de maneiras variadas e as suas propriedades possam ser aproveitadas de diferentes formas, é claro que a cevada é um cereal de grande importância; tanto para o mercado de produtos com o cereal na composição como para quem busca os seus benefícios.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo