Chá é uma bebida milenar preparada com folhas, flores e plantas

Inicio » Agronegócio » Chá é uma bebida milenar preparada com folhas, flores e plantas
20/09/2020 Por
Chá é uma bebida milenar preparada com folhas, flores e plantas

Chá é a bebida mais consumida no mundo depois da água e do café. Isso mesmo: são 3 milhões de xícaras de chá consumidas por minuto em todo o mundo, número que coloca essa milenar bebida como a mais consumida depois da água e do café. O Brasil contribui de maneira modesta para esse consumo: a média anual de cada brasileiro é de apenas 10 xícaras. Isso demonstra que há um grande mercado a se explorar em nosso território.

Se a cultura de consumo de chá no Brasil não é tão notável quanto em outros países, a produção e consumo de erva-mate no país compensa. O mercado interno da erva movimenta anualmente cerca de 100 mil toneladas, boa parte concentrada no estado do Rio Grande do Sul cujo consumo no chimarrão é um símbolo da cultura gaúcha.

chá

O que é chá?

Chá é uma infusão de folhas, flores e raízes de plantas normalmente preparadas em água fervente. A infusão proporciona ao líquido sabores, texturas e nutrientes benéficos à saúde humana, assim como a extração e adição de propriedades danosas para a saúde.

Por isso, é importante sempre ter conhecimentos sobre o ingrediente a se utilizar para diminuir riscos e aproveitar melhor as qualidades medicinais de cada espécie.

A origem da bebida remonta há milênios, segundo a historiografia existente sobre, por volta de 2.737 a.C., mais precisamente. A região apontada fica na atual China, nas florestas das províncias de Sichuan e Yunnan. Teria sido descoberta pelo imperador Shen Nong, cujo governo se notabilizara pela promoção de pesquisas científicas, iniciativas sanitárias e investimento cultural.

É creditado a esse importante governante da história da China a responsabilidade por disseminar o consumo de chá no gigante asiático e enraizá-lo na cultura local. Não por menos que a China, até hoje, é o país que mais consome chá no mundo e também o maior produtor mundial.

Tipos de chá

Sem dúvida, um dos motivos da popularização da bebida em escala global são os sabores muito agradáveis ao paladar, mas outros aspectos com certeza colaboraram para que a procura se mantivesse em uma constante ao longo de milênios. Esses aspectos são a leveza da bebida, o fato do chá geralmente ser pouco calórico e, principalmente, as diversas qualidades medicinais.

Tanto que um dos principais critérios para a escolha da erva são os tipos de benefícios à saúde que proporciona. Muitos desses benefícios têm comprovação científica e muitas vezes se mostram soluções mais eficazes do que remédios de origem industrial, por isso a procura e consumo de chás costuma ser grande, principalmente em países com serviços precários de assistência médica.

Chás, em razão da diversidade de elementos atrativos, são classificados de acordo com qualidades específicas: chás doces, chás amargos, chá emagrecedor e chás medicinais.

Conheça com mais detalhes alguns representantes dessas categorias abaixo.

chá

Chá de hibisco

Proveniente da Hibiscus sabdariffa, nome científico da planta conhecida popularmente como “vinagreira”, é um chá indicado para quem busca perder peso. Isto porque esse chá é famoso por não conter calorias. Além disso, também pode ser enquadrado no grupo de chás medicinais, pois durante séculos é usado para tratar e prevenir doenças.

Alguns benefícios à saúde proporcionados pelo chá de hibisco:

  • Controle da pressão arterial;
  • Controle do colesterol;
  • Colabora para a perda de peso;
  • Melhora a saúde do fígado;
  • Evita retenção de líquidos;
  • Entre outros benefícios.

Chá de canela

Esse chá faz parte da família dos chás medicinais, pois um dos benefícios de seu consumo é aliviar os sintomas de cólicas menstruais e diminuir o fluxo menstrual. Há especulações de que o chá de canela seria eficaz para estimular a menstruação quando esta se encontra atrasada, no entanto, não há evidências científicas que comprovem esse estímulo diretamente no útero.

É preciso cuidado para não consumir a bebida em excesso, pois pode ser prejudicial ao fígado. Contudo, não há contraindicações de seu consumo durante o período de gravidez.

Chá de camomila

Um tipo de chá doce e que proporciona benefícios medicinais é o chá de camomila. Derivado da Matricaria recutita, nome científico para a popular camomila ou “magarça”, entre outros nomes conhecidos, o chá, além de ser muito agradável ao paladar, também tem efeito de deixar os seus consumidores calminhos, calminhos…

Isto porque as suas propriedades têm efeitos relaxantes, ajudam a combater o estresse, auxiliam no tratamento de ansiedade e de problemas de estômago, além de outras séries de benefícios à saúde. Sem dúvida, é um dos chás mais populares e de largo consumo no Brasil.

Acresce que a erva pode ser ministrada em água fervente misturada com outros tipos de vegetais como erva doce e hortelã.

chá

Chás no Brasil

A história dessa bebida no Brasil tem várias facetas.

Os conhecimentos sobre os benefícios do chá só puderam sobreviver ao tempo graças às tribos indígenas que exploravam a natureza e repassavam seus conhecimentos às gerações seguintes. Por isso, há muitas receitas e teorias ainda sem comprovação científica que se mantêm vivas até hoje, mesmo sem exposição na mídia, pois sobrevivem do famoso “boca a boca”.

Contudo, sem dúvida, a história do chá no Brasil recebeu um belo incremento com a chegada da corte de Dom João VI ao Brasil, em 1808, ao trazer em suas embarcações algumas sementes de ervas que vieram se popularizar, na forma de chá, anos mais tarde.

O período de maior popularização do consumo de chá se deu na primeira metade do século XX, nos anos 1930.

Apesar de não ser uma bebida tão tradicional e frequente nas mesas dos brasileiros, em comparação com outros países, em especial a China, o consumo da bebida vem crescendo no país nos últimos anos.

Dados de mercado apontam, por exemplo, que o consumo de chá pronto teve um salto de 71% entre os brasileiros no período 2016 e 2017. Essa alta é maior, por exemplo, que o consumo de iogurte.

Essa alta tem explicação no fato do brasileiro estar se preocupando mais com a saúde, com a qualidade do produto e não necessariamente com o preço, ainda que se mantenha um critério relevante.

Considerando essa tendência e o vasto mercado a se explorar, começando a descobrir os benefícios do chá, certamente é uma produção que merece estudos sérios para se fazer investimentos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo