Chocolate amargo é um dos mais saudáveis; quanto mais cacau, melhor

Inicio » Agronegócio » Chocolate amargo é um dos mais saudáveis; quanto mais cacau, melhor
07/06/2020 Por
Chocolate amargo é um dos mais saudáveis; quanto mais cacau, melhor

Chocolate amargo ajuda na perda de peso

Uma porção de chocolate amargo por dia pode não só ser boa para o coração, mas também para melhorar a função cerebral, aliviar o estresse e diminuir o risco de diabetes.

Sem dúvida, o chocolate amargo se destaca desde a profundidade do sabor até as notas sutis e efeitos saudáveis no organismo. A seguir, você conhecerá um pouco mais sobre os benefícios e diferenciais desse chocolate!

Chocolate amargo

O que é chocolate amargo?

Chocolate amargo é uma variedade do chocolate derivado do cacau. A variedade amarga é preparada a partir dos grãos torrados do cacau. Segundo as normas, para ser considerado chocolate amargo, deve ser usado, no mínimo, 35% de cacau.

Seu sabor é marcado pela ausência de leite, bem como pelo característico baixo teor de açúcar. Além disso, sua utilização pode ser empregada no preparo de bolachas, bolos e sobremesas.

Com o aumento no consumo dessa variedade, as definições do que é chocolate ganharam contornos novos. Pela definição comercial, atualmente, o chocolate amargo deve contar com cerca de 70% de cacau na sua composição.

Dessa maneira, o chocolate se assimila ao sabor de origem asteca, onde era conhecido como xocolatl, ou seja, “água de gosto amargo”. Essa bebida, inventada pelos astecas, foi a precursora da popular combinação de açúcar e cacau que conhecemos hoje.

Como armazenar chocolate amargo?

Você já colocou uma barra de chocolate na geladeira ou no freezer? Se sim, você deve ter notado que ele desenvolveu uma fina camada esbranquiçada. De fato, isso pode ser chamado de “floração do açúcar”.

Isso não significa que o chocolate está estragado. Na verdade, o que ocorre nesse caso é que a manteiga de cacau – ou a gordura dentro do chocolate – sobe lentamente à superfície. Por isso, é recomendado armazenar os chocolates amargos em um lugar mais fresco, seco e arejado.

Chocolate amargo engorda?

Uma dúvida comum, sobretudo entre os chocólatras de plantão, é se o chocolate amargo engorda. Os chocolates amargos contêm fitonutrientes chamados flavonoides, que são produtos químicos vegetais que atuam como antioxidantes e podem desempenhar um papel na prevenção do câncer, na saúde do coração e na perda de peso.

De fato, o chocolate já foi considerado um prazer culposo. Contudo, de acordo com pesquisas recentes, os benefícios dos chocolates amargos para a saúde são comprovados.

Para ajudar a perder peso, sua melhor aposta é escolher uma barra com 70% de cacau ou mais. Afinal, barras com porcentagens mais baixas de cacau têm mais adição de açúcar e gorduras não saudáveis.

Claro, desde que seja consumido com moderação. Ou seja, se você adicionar uma barra inteira de chocolate amargo às suas calorias diárias, sem queimar as calorias, isso adicionará teor calórico à sua dieta e você ganhará peso ao longo do tempo.

Chocolate amargo

Afinal, embora a variedade amarga seja uma escolha melhor do que o chocolate ao leite, ele ainda é chocolate. Isto significa, portanto, que é rico em calorias e gordura saturada.

Assim, para evitar o ganho de peso, é recomendado comer não mais do que 1 grama da variedade amarga por dia.

Benefícios do chocolate amargo

De fato, o cacau está repleto de inúmeros antioxidantes. Na verdade, mais do que o chá verde ou o vinho tinto! Ou seja: quanto mais amargo for o chocolate, mais antioxidantes você obterá.

Chocolate é bom para a saúde cardíaca

Sem dúvida, um dos maiores benefícios do chocolate amargo é o papel que ele pode desempenhar na saúde cardiovascular. Por exemplo, uma metanálise de oito estudos sobre o consumo de chocolates amargos e as doenças cardiovasculares foi publicada em 2015.

A metanálise descobriu que as pessoas que ingeriam uma porção diária adequada de chocolate amargo tinham um risco menor de sofrer de doenças cardíacas e derrame.

Chocolate melhora o humor

Estudos demonstram que consumir chocolates amargos pode beneficiar seu cérebro. Afinal, a pesquisa mostrou que o chocolate estimula a atividade neural em áreas do cérebro associadas ao prazer e à recompensa, o que diminui o estresse e melhora o humor.

Chocolate combate a diabetes

De fato, comer chocolate todos os dias não parece a melhor maneira de prevenir a diabetes. Contudo, estudos mostram que quantidades saudáveis ​​da variedade rica em cacau pode realmente melhorar a maneira como o corpo metaboliza a glicose.

Chocolate pode ser aliado da perda de peso

Comer chocolate todos os dias provavelmente parece ser a última maneira de perder peso, certo? Entretanto, pesquisas sugerem também que a variedade amarga pode ter um papel no controle do apetite. Isto, por sua vez, pode ajudar na perda de peso.

Em suma, comer um pouco de chocolate amargo antes ou depois das refeições desencadeia hormônios que sinalizam para o cérebro que você está cheio. Obviamente, comer mais do que a quantidade recomendada por dia pode inutilizar qualquer possível perda de peso.

Chocolate amargo

Chocolate auxilia na prevenção do câncer

Há evidências de que o chocolate possui propriedades que podem combater o câncer. Embora limitadas, as pesquisas pertinentes ao assunto são crescentes. Afinal, os antioxidantes protegem nossas células dos danos causados ​​pelos radicais livres, ou seja, das moléculas instáveis ​​de oxigênio consideradas responsáveis ​​pelo envelhecimento e pelas doenças.

Chocolate é bom para a pele

Há também uma lista de vitaminas e minerais dos quais os chocolates amargos estão cheios como, por exemplo, o cobre, o ferro e o magnésio, apenas para citar alguns. Assim, esses tipos de chocolate acabam sendo benéficos também para a pele.

O manganês, por exemplo, apoia a produção de colágeno, uma proteína que ajuda a manter a pele jovem e saudável. Outros minerais, como o cálcio, ajudam a reparar e renovar a pele, o que é muito importante. Afinal, nosso corpo pode liberar até 40.000 células da pele por dia!

Vários estudos anteriores também descobriram que os altos níveis de antioxidantes na variedade amarga podem proteger a pele dos poderosos raios ultravioleta (UV) emitidos pelo sol.

Receitas com chocolate amargo

O consumo moderado de receitas com chocolate amargo, como visto acima, pode fazer bem à saúde.

O chocolate amargo pode compor muitas receitas deliciosas, uma vez que vai bem com frutas, nozes e castanhas. Experimente!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo